Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Pinscher: curiosidades sobre a raça dos cães famosos pelo jeitinho estressado, mas que são leais

'Se o tutor socializá-lo desde pequeno, ele vai tremer muito menos', explica especialista sobre uma das características desses cachorros

RPet|André Barbeiro*, do R7

Pinscher é uma raça que surgiu no século 19
Pinscher é uma raça que surgiu no século 19 Pinscher é uma raça que surgiu no século 19

Conhecidos por serem um pouco estressados e tremerem bastante, os cachorros da raça pinscher tiveram sua origem na Alemanha. Seu desenvolvimento se deu pelo cruzamento de alguns cães terrier, no século 19, e a raça foi reconhecida oficialmente em 1885. Na web, é comum viralizarem vídeos desses cachorros bravos com algumas brincadeiras de seus tutores.

Esther Halfon, veterinária integrativa, conta que os pinschers são cães de pequeno porte e com uma personalidade forte. "Ainda bem que são pequenos, senão a espécie humana estaria em extinção", brinca a profissional.

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Assine a newsletter R7 em Ponto

Publicidade

Ela explica que os cachorros da raça são muito leais, protetores, ativos e inteligentes e, por isso, precisam de bastante exercício físico. "No entanto, os pinschers também podem ser cães teimosos e temperamentais. É importante socializar o pinscher desde filhote para que ele aprenda a se comportar de forma adequada", aconselha.

Audição, faro e saúde

Fernando Lopes, comportamentalista e adestrador animal, afirma que o pinscher é o "pequeno cão grande, devido ao seu temperamento", e ressalta que a audição e o faro desses cachorros são muito bons. "Algumas pessoas até passaram a usá-lo como alarme. Porque ele consegue ouvir as pessoas mexendo na porteira e late para acordar os outros cães", comenta.

Publicidade
Segundo especialista, o pinscher tem a audição e o faro apurados
Segundo especialista, o pinscher tem a audição e o faro apurados Segundo especialista, o pinscher tem a audição e o faro apurados

Ele relaciona a boa audição dos pinschers com o fato de eles terem tremedeira constante. "Esse é um detalhe que é por conta desse faro e dessa audição apurada. Então, qualquer barulho faz eles tremerem. É por isso que, muitas vezes, falam que são agressivos, o mundo para eles significa uma ameaça. Se o tutor socializá-lo desde pequeno, ele vai tremer muito menos", sugere.

Por fim, ele diz que eles são ótimos cães de companhia, principalmente pelo seu tamanho, e que quase não têm problemas com a saúde. "Eles têm poucos problemas de pele, são muito resistentes a temperaturas e não têm muitas restrições para alimentação", finaliza.

VEJA TAMBÉM: Casal veste cachorra e filha sempre combinando, e looks viralizam nas redes; veja os mais fofos

" gallery_id="654e9580416eb9ec51001dec" url_iframe_gallery="rpet.r7.com/caes-da-raca-pinscher-17112023"]

* Sob a supervisão de Thaís Sant'Anna

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.