Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Cenouras com moderação! Saiba os cuidados essenciais antes de adotar um coelho

Especialistas ensinam a alimentação correta e se os coelhos devem ou não passear na rua

RPet|Do R7

Existem ongs que fazem o contato entre o possível tutor e os coelhos em busca de um lar
Existem ongs que fazem o contato entre o possível tutor e os coelhos em busca de um lar Existem ongs que fazem o contato entre o possível tutor e os coelhos em busca de um lar

O Dia Internacional do Coelho, celebrado neste sábado (30) — a data sempre é comemorada no último sábado de setembro —, tem o intuito de promover a proteção dos coelhos selvagens e domésticos em todo o mundo. Apesar de não ser tão comum nos lares brasileiros, cada vez mais pessoas estão buscando esse animal como companhia. No entanto, assim como com cães e gatos, é fundamental agir com responsabilidade e adquirir o conhecimento necessário fazer um cuidado adequado.

No Brasil, existem instituições que auxiliam coelhos que foram abandonados ou vítimas de maus-tratos a encontrar um lar, como a "Adote um Coelho" e o "GAC" (Grupo de Apoio aos Coelhos). Geralmente, é realizada uma entrevista com o possível tutor e, em alguns casos, é feita uma visita técnica à sua casa para avaliar se a adoção será benéfica para o animal.

É essencial lembrar que os coelhos, assim como cães e gatos, merecem respeito e devem ter suas necessidades específicas atendidas. Por exemplo, ao contrário do que se costuma pensar, as cenouras devem ser oferecidas, mas de maneira controlada.

"São animais herbívoros e, ao contrário do que vemos nos filmes, coelhos não se alimentam apenas de cenouras. A base de sua dieta consiste, principalmente, em feno e capim, além de verduras de folhas verdes escuras. Frutas e legumes devem ser fornecidos com moderação", explica a médica-veterinária Beatriz Ricci Castelan.

Publicidade

"Os coelhos podem comer rações extrusadas de boa qualidade, mas devem compor apenas 20% de sua alimentação diária. É importante evitar petiscos, especialmente frutas e cenouras, devido ao alto teor de frutose, que pode causar fermentação e levar a problemas gastrointestinais", acrescenta Kamal Filho, coordenador do setor de animais silvestres da clínica Dr. Hato.

Animais muito inteligentes

Não é recomendado levar coelhos para passear
Não é recomendado levar coelhos para passear Não é recomendado levar coelhos para passear

Os coelhos são animais muito inteligentes, com uma expectativa de vida média de 8 a 12 anos. Assim como os cães, por exemplo, eles podem aprender truques com um bom adestrador. Além disso, podem ser treinados para fazer suas necessidades em um local específico, como caixas forradas de feno com o apoio adequado para os pés, evitando o contato com a urina.

Publicidade

"É de extrema importância não manter os coelhos em espaços restritos ou gaiolas. O ideal é que vivam em um ambiente amplo, devidamente adaptado, sem riscos elétricos e objetos que possam ser ingeridos, como sofás, almofadas, madeiras. Muitos tutores colocam uma gaiola no ambiente onde os coelhos vivem, não para aprisioná-los, mas onde eles farão suas necessidades", ilustra Kamal.

Roupinhas e passeios são recomendados?

Em relação a roupinhas e acessórios, não é recomendado o uso, uma vez que os coelhos têm pelo denso e fino. "O ideal é escová-los diariamente para remover o excesso de pelos, proporcionando um cuidado adequado", afirma Beatriz.

Publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Sobre passeios, Kamal desaconselha. "Os coelhos são presas naturais e, por isso, ficam alerta em busca de possíveis predadores quando estão fora de seu ambiente familiar. Quando mantidos em casa, relaxam porque sabem que o ambiente é seguro. Levá-los para passear em locais desconhecidos, com odores e sons diferentes, pode causar estresse e desencadear problemas de saúde", acrescenta.

Por fim, é importante ressaltar que os coelhos são diferentes dos cães e exigem pesquisa aprofundada sobre seu comportamento, alimentação e ambiente antes de adquirir um. Consultar um veterinário especializado é fundamental para garantir que seu companheiro receba o tratamento e a atenção adequados.

VEJA TAMBÉM: Ana Hickmann, Nicole Bahls, Virginia Fonseca e mais: famosos que são tutores de animais exóticos

" gallery_id="64f8dd7d1df97b6e71000057" url_iframe_gallery="rpet.r7.com/cenouras-com-moderacao-saiba-os-cuidados-essenciais-antes-de-adotar-um-coelho-29092023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.