Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Pai de cachorro
Publicidade

Xixi e cocô no lugar certo: como evitar que a perna do seu sofá seja o banheiro do seu cachorro

Saiba como superar o maior medo dos tutores de primeira viagem

Pai de Cachorro|Celso Zucatelli e Celso Zucatelli

Tenha paciência que eles são muito inteligentes
Tenha paciência que eles são muito inteligentes Tenha paciência que eles são muito inteligentes (Imagem criada por IA/Freepik)

Meu editor de blogs me fez uma encomenda esta semana: queria saber minha experiência ensinando meus cães a fazer as necessidades no lugar certo. Eu comecei contando pra ele que minha vida foi bem fácil neste quesito porque eu usei os tapetes higiênicos descartáveis desde a chegada do Paçoca em casa. E ele sempre fez no lugar certo, a não ser em momentos de protesto, para chamar nossa atenção.

O que aconteceu com a chegada dos outros foi uma imitação natural do “líder”. Todos seguiram o exemplo dele e rapidamente começaram a fazer no tapetinho.

Como eu disse, os protestos são marcantes, literalmente. A chegada de um irmão novo, algumas vezes, fez o mais velho protestar e fazer xixi fora do lugar, mas foram eventos isolados. O Paçoca também rasgava os tapetinhos quando a gente saía e deixava ele sozinho em casa, sempre para chamar a nossa atenção. Mas isso é fase e passa.

Neste exato momento, aliás, estamos vivendo esta situação em casa. O Cafezinho ainda sente ciúmes do Hambúrguer, o mais novo. E, de vez em quando, faz xixi fora do tapete. Quando a gente vê na hora, enxuga o xixi com o próprio tapetinho e leva ele até lá para se sentir o cheiro e entender que aquele é o lugar.

Publicidade

E foi esta fórmula que usamos com todos, usando o próprio tapetinho para enxugar o xixi para que eles entendam que aquele é o lugar certo. Aqui funcionou perfeitamente.

No começo, quando chegam os novos filhos, espalhamos mais tapetinhos pela casa para que eles tenham mais opções de “banheiro”. Quando eles pegam o jeito, vamos diminuindo até que fiquem os locais desejados.

Publicidade

Outra coisa importante é afastar o lugar do xixi do local de alimentação. Assim como a gente, eles não querem comer no banheiro.

Lembre-se sempre que a grama é um lugar procurado pelos cães para o xixi, não por acaso. Como absorve o líquido, não faz uma poça onde eles molhariam as patas. Então, durante o período de adaptação, retire os tapetes tradicionais da sua casa até que ele se acostume com o lugar certo e ache que aquilo é grama.

Publicidade

E todas estas dicas servem também para quem usa jornal ou tapetes laváveis, só que com um pouco mais de paciência porque os tapetes higiênicos normalmente têm odores específicos para atrair os cães.

O mais importante: não brigue com eles quando fizerem errado. Alguns especialistas dizem que ignorar quando eles fazem fora do lugar é o melhor, porque se o objetivo for chamar a atenção, você já mostra que não deu certo. Agora uma coisa funciona: fazer muita festa quando eles fizerem no lugar certo. Pode até dar um petisco. Trabalhar com o acerto é muito mais eficiente do que com o erro.

Educar os filhões é sempre mais fácil. Cães adultos não castrados terão um pouco mais de dificuldade e vão marcar território. Você pode usar um cone ao lado do tapete. E, depois da castração, o treinamento é o mesmo dos filhotes.

Depois que eles aprenderem, lembre-se de sempre trocar os tapetinhos ou jornais frequentemente porque eles se não vai no chão mesmo. Tenha paciência que eles são muito inteligentes e, com amor, você com certeza vai acertar.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.