Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Tubarões e raias são encontrados com anzóis e sem cauda devido à pesca em Noronha

Segundo uma instituição, deve existir um manejo adequado e ético desses animais quando capturados acidentalmente

RPet|Do R7

Projeto diz que pesca deve ser feita com manejo adequado e ético
Projeto diz que pesca deve ser feita com manejo adequado e ético Projeto diz que pesca deve ser feita com manejo adequado e ético

Um relatório enviado pelo Projeto Tubarões e Raias de Noronha, nesta sexta-feira (7), informou que têm sido frequentes os registros de animais encontrados com sinais de interação de pesca, ou seja, bichos com anzóis ou raias sem cauda, nos mares de Fernando de Noronha (PE). A instituição afirma que é inevitável que isso aconteça em ambientes onde a pesca é permitida com restrições, mas que deve existir um manejo adequado e ético desses animais quando capturados acidentalmente.

"Anzóis podem dificultar ou até mesmo impossibilitar as raias e os tubarões de se alimentarem. Dependendo do local, também pode atrapalhar a natação", diz o boletim divulgado.

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

O projeto menciona um estudo, publicado pela revista Science,que revelou declínios globais de 60% a 73% de cinco espécies comuns de tubarões de recife e concluiu que, onde há pobreza e falta de políticas de proteção, tubarões desaparecem e raias predominam.

"Felizmente, Noronha ganha destaque como uma região com baixo declínio nas populações de tubarões recifais residentes. No entanto, infelizmente, esse não é o mesmo cenário

Publicidade

encontrado em regiões costeiras do Brasil. A perda de tubarões traz diversos prejuízos para o ecossistema, incluindo para o ecoturismo e pesca local", informa a instituição.

Dia Mundial dos Oceanos: 7 espécies mais exóticas das águas

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.