Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Vestidos de noiva, robôs e até cachorro clonado são expostos em feira de pets na China

A abundância de artigos de luxo e sofisticados em exibição na Pet Fair Asia atestam o poder de compra de uma classe crescente de jovens tutores

RPet|

A Pet Fair Asia exibe vestido de noiva para cachorros
A Pet Fair Asia exibe vestido de noiva para cachorros A Pet Fair Asia exibe vestido de noiva para cachorros

Um vestido de festa dourado de 1,5 metro de comprimento brilha pelos corredores do Shanghai Exhibition Hall. Pelo preço modesto de US$13.700 (R$ 68.239, na cotação atual), seu cão pode ser o sortudo a ganhar a prenda da maior feira de pets da Ásia. A abundância de artigos de luxo e sofisticados em exibição na Pet Fair Asia atesta o poder de compra de uma classe crescente de jovens tutores na China. 

De robôs companheiros a dispositivos portáteis de monitoramento de saúde, o bem-estar animal é uma indústria lucrativa no país. E mesmo que todas as opções de cuidado falhem, na China existe a opção de clonar seu amado bichinho de estimação.

O número de tutores de animais disparou na China, chegando a quase 100 milhões em 2022. Os analistas atribuem esse crescimento às gerações mais jovens. Para a empresa de consultoria Deloitte, com sede em Londres, parte desse boom se deve a "uma mudança na visão da estrutura familiar e ao aumento da população solteira". 

Pessoas olham para um cachorro clonado usando uma placa que diz 'Eu sou um cachorro clone' na Pet Fair Asia
Pessoas olham para um cachorro clonado usando uma placa que diz 'Eu sou um cachorro clone' na Pet Fair Asia Pessoas olham para um cachorro clonado usando uma placa que diz 'Eu sou um cachorro clone' na Pet Fair Asia

Mas os tutores gastam muito dinheiro com sua família peluda. O vestido de US$ 13.700, acompanhado por uma tiara, é feito à mão e desenhado para um casamento canino, disse à AFP Sun Chao, gerente do stand do vestido.

Publicidade

Espera-se que o mercado de pets cresça 68% e alcance 811 bilhões de iuanes (US$ 112 bilhões ou R$ 557 bilhões) até 2025, de acordo com a iiMedia Research.

A Pet Fair Asia dura vários dias, e os seus organizadores garantem que a dimensão deste ano é sem precedentes, com mais de 2.000 expositores que vendem de tudo: de areia de tofu para gatos a snacks para rãs, passando por donuts e biscoitos para cães.

Publicidade

Alinhado à intensa cultura de trabalho da região, um item muito comum são os sistemas de vigilância, que permitem que os tutores monitorem seus bichos de forma remota. Um robô de US$ 169 (R$ 841) segue os animais pela casa, os alimenta, os entretém com um laser e reproduz a voz de seu tutor. Versões futuras do dispositivo usarão inteligência artificial para interpretar os movimentos do pet e reagir a eles. 

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

• Compartilhe esta notícia no Telegram

Mas a tecnologia também serve para superar a morte. No stand da empresa chinesa Sinogene, os visitantes se amontoam em torno de uma gaiola de terriers idênticos com o slogan: "Eu sou um cachorro clone". É uma das poucas empresas no mundo que oferecem serviços de clonagem de animais, permitindo que pets e tutores fiquem "juntos para sempre", como diz seu slogan. 

Publicidade

O custo da clonagem de um cachorro varia de US$ 30 mil a US$ 60 mil (R$ 149.000 a R$ 298.000), dependendo da raça.

VEJA TAMBÉM: Pet South America: as novidades do mercado e tudo da maior feira pet da América Latina

" gallery_id="64df8058416eb974f5000435" url_iframe_gallery="rpet.r7.com/vestidos-de-festa-robos-e-clones-em-feira-de-animais-de-estimacao-na-china-20082023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.