Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 VIRTZ
Publicidade

Avô consegue abraçar seus netos pela primeira vez 8 anos após sofrer um derrame cerebral

Com um acessório desenvolvido para ajudar seu braço a ter movimento, Kevin Eubanks abraçou os pequenos e se emocionou muito; seu filho postou as imagens, que viralizaram

Virtz|Do R7

Homem se emocionou ao abraçar os netos anos depois de enfrentar um AVC
Homem se emocionou ao abraçar os netos anos depois de enfrentar um AVC Homem se emocionou ao abraçar os netos anos depois de enfrentar um AVC

O vídeo de um homem do Arkansas, nos Estados Unidos, abraçando seus dois netos pela primeira vez após muito tempo tocou o coração de muitos internautas.

Emily Sisco, professor-adjunto de terapia ocupacional da Universidade Arkansas State compartilhou o vídeo do momento emocionante em seu Facebook e o post logo viralizou. As imagens mostram o pai dele, Kevin Eubanks, chorando muito ao abraçar seus netos Cope, de 0 anos, e Rigney, de 6.

O braço esquerdo de Kevin ficou severamente prejudicado por causa de um derrame - mais conhecido atualmente como AVC, ou acidente vascular cerebral - que ele sofreu em 2014. Mas, em fevereiro deste ano, com a ajuda de um acessório criado especialmente para isso, o avô foi capaz de mover seu braço de uma forma que ele conseguisse abraçar seus netinhos.

‼️Warning: this video will most definitely make you cry! A couple weeks ago I challenged my OTA students to create a piece of adaptive equipment for my dad. They were able to watch a video of him completing his daily activities such as dressing, his bathroom routine, and how he prepares his meals. (Don’t worry, the bathroom activities were simulated, they didn’t have to see Kevin Eubanks drop drawers! 🤪) 🤳After watching the video, the students were then able to FaceTime him to get some further information such as his likes 🎣 and dislikes. 🤯 Today my students were able to present their pieces of equipment and let me tell you, I was blown away! The thought they put into each piece was so remarkable. They truly used their observation skills and clinical reasoning skills to help determine what would benefit my dad the most. 🫂 The first video I want to show you is a piece that is named ‘The Hugger’. One of the last statements my dad made when speaking with the students was how he really missed hugging people with both of his arms. He said he didn’t feel like it was the same anymore now that he couldn’t. I had one group that took this one small statement and RAN with it. 🏃‍♀️ 😍My dad now is able to do something that he never thought he would get to do again. ❤️And that my friends is Occupational Therapy. Taking what may seem is impossible and making it possible again. ❤️❤️❤️ Arkansas State University Department of Occupational Therapy

Posted by Emily Eubanks Sisco on Wednesday, February 2, 2022

Kevin, de 60 anos, disse que o momento foi muito emocionante, e que ele jamais imaginaria ser capaz de passar por isso há 8 anos. “Isso me pegou de surpresa e, como você pode imaginar, foi incrivelmente emocionante para mim, especialmente porque cresci numa família que adorava dar abraços, bem apertados, com os dois braços. E eu não conseguia fazer isso desde o meu derrame", contou ele ao Good Morning America.

“Eu fui abraçar meu segundo neto, Rigney, que nasceu depois do meu AVC. A noção de que eu estava abraçando o pequeno pela primeira vez, com os dois braços, me comoveu muito. E eu não consegui conter as lágrimas, apenas chorei, chorei e chorei."

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.