Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Viva a Vida
Publicidade

China inaugura trem hipersônico que chega a 2.000 km por hora

Flipar

Flipar|Do R7

Não é de hoje que a China tem se destacado como um dos países que mais investem em tecnologia no mundo. Um novo exemplo disso é o trem flutuante que promete ligar todo o país e até a Ásia.
Não é de hoje que a China tem se destacado como um dos países que mais investem em tecnologia no mundo. Um novo exemplo disso é o trem flutuante que promete ligar todo o país e até a Ásia. Não é de hoje que a China tem se destacado como um dos países que mais investem em tecnologia no mundo. Um novo exemplo disso é o trem flutuante que promete ligar todo o país e até a Ásia. (Flipar)
A proposta chinesa é usar menos aviões, poluir menos e encurtar as distâncias entre as cidades, indo mais rápido de um ponto a outro do que o som.
A proposta chinesa é usar menos aviões, poluir menos e encurtar as distâncias entre as cidades, indo mais rápido de um ponto a outro do que o som. A proposta chinesa é usar menos aviões, poluir menos e encurtar as distâncias entre as cidades, indo mais rápido de um ponto a outro do que o som. (Flipar)
Segundo o site de tecnologia New Atlas, o transporte público poderia viajar a 2.000 km/h, mais rápido do que o som, que chega a
Segundo o site de tecnologia New Atlas, o transporte público poderia viajar a 2.000 km/h, mais rápido do que o som, que chega a Segundo o site de tecnologia New Atlas, o transporte público poderia viajar a 2.000 km/h, mais rápido do que o som, que chega a (Flipar)
Como efeito de comparação, o avião mais rápido para passageiros atualmente atinge de 885 a 933 km/h, ou seja, quase a metade da velocidade do novo transporte chinês.
Como efeito de comparação, o avião mais rápido para passageiros atualmente atinge de 885 a 933 km/h, ou seja, quase a metade da velocidade do novo transporte chinês. Como efeito de comparação, o avião mais rápido para passageiros atualmente atinge de 885 a 933 km/h, ou seja, quase a metade da velocidade do novo transporte chinês. (Flipar)
Se esse sistema fosse usado na Argentina, por exemplo, o trem poderia ir de Buenos Aires a Bariloche em apenas uma hora.
Se esse sistema fosse usado na Argentina, por exemplo, o trem poderia ir de Buenos Aires a Bariloche em apenas uma hora. Se esse sistema fosse usado na Argentina, por exemplo, o trem poderia ir de Buenos Aires a Bariloche em apenas uma hora. (Flipar)
No entanto, ainda não dá para sonhar: o trem hipersônico ainda passará por uma fase de testes nas cidades chinesas. No início, ele será usado apenas em algumas áreas pequenas do país asiático.
No entanto, ainda não dá para sonhar: o trem hipersônico ainda passará por uma fase de testes nas cidades chinesas. No início, ele será usado apenas em algumas áreas pequenas do país asiático. No entanto, ainda não dá para sonhar: o trem hipersônico ainda passará por uma fase de testes nas cidades chinesas. No início, ele será usado apenas em algumas áreas pequenas do país asiático. (Flipar)
O trem está sendo desenvolvido pela empresa T-Fight, com a ajuda da China Aerospace Science and Industry Corporation (Casic).
O trem está sendo desenvolvido pela empresa T-Fight, com a ajuda da China Aerospace Science and Industry Corporation (Casic). O trem está sendo desenvolvido pela empresa T-Fight, com a ajuda da China Aerospace Science and Industry Corporation (Casic). (Flipar)
Antes, a produção estava a cargo da Hyperloop, do empresário Elon Musk, mas a companhia fechou as portas em 2022.
Antes, a produção estava a cargo da Hyperloop, do empresário Elon Musk, mas a companhia fechou as portas em 2022. Antes, a produção estava a cargo da Hyperloop, do empresário Elon Musk, mas a companhia fechou as portas em 2022. (Flipar)
Depois disso, sem muita concorrência, os cientistas chineses avançaram, assumiram o projeto e mostraram ao mundo uma nova era no transporte. Veja como vai funcionar o trem hipersônico na prática!
Depois disso, sem muita concorrência, os cientistas chineses avançaram, assumiram o projeto e mostraram ao mundo uma nova era no transporte. Veja como vai funcionar o trem hipersônico na prática! Depois disso, sem muita concorrência, os cientistas chineses avançaram, assumiram o projeto e mostraram ao mundo uma nova era no transporte. Veja como vai funcionar o trem hipersônico na prática! (Flipar)
O trem T-Flight levita e não precisa de trilhos, mas sim magnetismo para se mover sem tocar em nada.
O trem T-Flight levita e não precisa de trilhos, mas sim magnetismo para se mover sem tocar em nada. O trem T-Flight levita e não precisa de trilhos, mas sim magnetismo para se mover sem tocar em nada. (Flipar)
Durante a primeira fase de testes, a Casic disse que ele chegou a 623 km/h, o que já o torna o veículo terrestre mais rápido do mundo.
Durante a primeira fase de testes, a Casic disse que ele chegou a 623 km/h, o que já o torna o veículo terrestre mais rápido do mundo. Durante a primeira fase de testes, a Casic disse que ele chegou a 623 km/h, o que já o torna o veículo terrestre mais rápido do mundo. (Flipar)
O veículo chinês inclusive já superou o trem-bala Maglev supercondutor do Japão, que viaja a cerca de 603 km/h.
O veículo chinês inclusive já superou o trem-bala Maglev supercondutor do Japão, que viaja a cerca de 603 km/h. O veículo chinês inclusive já superou o trem-bala Maglev supercondutor do Japão, que viaja a cerca de 603 km/h. (Flipar)
Em outra comparação, o Eurostar atinge 300 km/h e a maioria dos trens do Reino Unido opera a cerca de 200 km/h.
Em outra comparação, o Eurostar atinge 300 km/h e a maioria dos trens do Reino Unido opera a cerca de 200 km/h. Em outra comparação, o Eurostar atinge 300 km/h e a maioria dos trens do Reino Unido opera a cerca de 200 km/h. (Flipar)
O sistema usa tubos fechados com pouco ar dentro. Um teste com 2 km desse sistema na província de Shanxi deu certo e surpreendeu.
O sistema usa tubos fechados com pouco ar dentro. Um teste com 2 km desse sistema na província de Shanxi deu certo e surpreendeu. O sistema usa tubos fechados com pouco ar dentro. Um teste com 2 km desse sistema na província de Shanxi deu certo e surpreendeu. (Flipar)
Além disso, imãs no trilho empurram o trem para cima, fazendo ele flutuar e se mover para frente, meio que deslizando entre os trilhos em uma espécie de almofada de ar.
Além disso, imãs no trilho empurram o trem para cima, fazendo ele flutuar e se mover para frente, meio que deslizando entre os trilhos em uma espécie de almofada de ar. Além disso, imãs no trilho empurram o trem para cima, fazendo ele flutuar e se mover para frente, meio que deslizando entre os trilhos em uma espécie de almofada de ar. (Flipar)
O governo da China quer aumentar a área de testes para 60 quilômetros. Assim, o trem pode ir mais rápido do que o planejado, inclusive batendo a velocidade do som como era previsto.
O governo da China quer aumentar a área de testes para 60 quilômetros. Assim, o trem pode ir mais rápido do que o planejado, inclusive batendo a velocidade do som como era previsto. O governo da China quer aumentar a área de testes para 60 quilômetros. Assim, o trem pode ir mais rápido do que o planejado, inclusive batendo a velocidade do som como era previsto. (Flipar)
Flipar
Flipar Flipar (Flipar)
Segundo ele, a ideia é conectar as as zonas econômicas de Pequim (foto), Xangai, Chengdu, Guangzhou e Wuhan.
Segundo ele, a ideia é conectar as as zonas econômicas de Pequim (foto), Xangai, Chengdu, Guangzhou e Wuhan. Segundo ele, a ideia é conectar as as zonas econômicas de Pequim (foto), Xangai, Chengdu, Guangzhou e Wuhan. (Flipar)
Para os próximos anos, o intuito do governo chinês é integrar os diferentes países ao longo da Rota da Seda e do Cinturão na Ásia.
Para os próximos anos, o intuito do governo chinês é integrar os diferentes países ao longo da Rota da Seda e do Cinturão na Ásia. Para os próximos anos, o intuito do governo chinês é integrar os diferentes países ao longo da Rota da Seda e do Cinturão na Ásia. (Flipar)
Não está descartada uma linha de Metrô entre Wuhan e Pequim, por exemplo – uma distância de mais de 1055 km –, o que poderia reduzir o tempo de viagem de quatro horas para meia hora.
Não está descartada uma linha de Metrô entre Wuhan e Pequim, por exemplo – uma distância de mais de 1055 km –, o que poderia reduzir o tempo de viagem de quatro horas para meia hora. Não está descartada uma linha de Metrô entre Wuhan e Pequim, por exemplo – uma distância de mais de 1055 km –, o que poderia reduzir o tempo de viagem de quatro horas para meia hora. (Flipar)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.