Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Viva a Vida
Publicidade

China revela imagens da nova estação espacial Tiangong

Flipar

Flipar|Do R7

A China divulgou fotos em alta qualidade da estação espacial Tiangong concluída.
A China divulgou fotos em alta qualidade da estação espacial Tiangong concluída. A China divulgou fotos em alta qualidade da estação espacial Tiangong concluída.
Os membros da missão Shenzhou-16 capturaram essas novas imagens durante sua jornada de retorno à Terra.
Os membros da missão Shenzhou-16 capturaram essas novas imagens durante sua jornada de retorno à Terra. Os membros da missão Shenzhou-16 capturaram essas novas imagens durante sua jornada de retorno à Terra.
Os astronautas chineses (chamados de “taikonautas”) Jing Haipeng, Zhu Yangzhu e Gui Haichao, chegaram à estação Tiangong em maio depois de passaram seis meses no espaço.
Os astronautas chineses (chamados de “taikonautas”) Jing Haipeng, Zhu Yangzhu e Gui Haichao, chegaram à estação Tiangong em maio depois de passaram seis meses no espaço. Os astronautas chineses (chamados de “taikonautas”) Jing Haipeng, Zhu Yangzhu e Gui Haichao, chegaram à estação Tiangong em maio depois de passaram seis meses no espaço.
Antes de deixarem a estação, eles passaram o controle do laboratório para os membros da Shenzhou-17.
Antes de deixarem a estação, eles passaram o controle do laboratório para os membros da Shenzhou-17. Antes de deixarem a estação, eles passaram o controle do laboratório para os membros da Shenzhou-17.
Durante o caminho de volta para a Terra, os integrantes da Shenzhou-16 usaram uma câmera de alta resolução para fazer registros do complexo orbital.
Durante o caminho de volta para a Terra, os integrantes da Shenzhou-16 usaram uma câmera de alta resolução para fazer registros do complexo orbital. Durante o caminho de volta para a Terra, os integrantes da Shenzhou-16 usaram uma câmera de alta resolução para fazer registros do complexo orbital.
Essa é a primeira vez que dá para ver imagens que revelam como a estação ficou após sua conclusão.
Essa é a primeira vez que dá para ver imagens que revelam como a estação ficou após sua conclusão. Essa é a primeira vez que dá para ver imagens que revelam como a estação ficou após sua conclusão.
Em 2021, os astronautas Shane Kimbrough, Megan McArthur, Akihiko Hoshide e Thomas Pesquet, da missão Crew-2, fizeram capturas parecidas, desta vez da Estação Espacial Internacional (ISS).
Em 2021, os astronautas Shane Kimbrough, Megan McArthur, Akihiko Hoshide e Thomas Pesquet, da missão Crew-2, fizeram capturas parecidas, desta vez da Estação Espacial Internacional (ISS). Em 2021, os astronautas Shane Kimbrough, Megan McArthur, Akihiko Hoshide e Thomas Pesquet, da missão Crew-2, fizeram capturas parecidas, desta vez da Estação Espacial Internacional (ISS).
Antes de iniciar o retorno à Terra na cápsula Crew Dragon, eles circundaram a ISS e tiraram diversas fotos de sua estrutura em diferentes perspectivas.
Antes de iniciar o retorno à Terra na cápsula Crew Dragon, eles circundaram a ISS e tiraram diversas fotos de sua estrutura em diferentes perspectivas. Antes de iniciar o retorno à Terra na cápsula Crew Dragon, eles circundaram a ISS e tiraram diversas fotos de sua estrutura em diferentes perspectivas.
Essa ação não acontecia desde o fim do programa dos ônibus espaciais em 2011. Ainda assim, na ocasião as naves espaciais russas Soyuz realizaram apenas voos parciais ao redor do laboratório orbital.
Essa ação não acontecia desde o fim do programa dos ônibus espaciais em 2011. Ainda assim, na ocasião as naves espaciais russas Soyuz realizaram apenas voos parciais ao redor do laboratório orbital. Essa ação não acontecia desde o fim do programa dos ônibus espaciais em 2011. Ainda assim, na ocasião as naves espaciais russas Soyuz realizaram apenas voos parciais ao redor do laboratório orbital.
A estação Tiangong foi inaugurada com o módulo Tianhe, o primeiro da nova instalação espacial.
A estação Tiangong foi inaugurada com o módulo Tianhe, o primeiro da nova instalação espacial. A estação Tiangong foi inaugurada com o módulo Tianhe, o primeiro da nova instalação espacial.
Em 2021, ele foi lançado na órbita baixa da Terra e recebeu os três taikonautas da Shenzhou-12, que foram os primeiros a ocupar as instalações.
Em 2021, ele foi lançado na órbita baixa da Terra e recebeu os três taikonautas da Shenzhou-12, que foram os primeiros a ocupar as instalações. Em 2021, ele foi lançado na órbita baixa da Terra e recebeu os três taikonautas da Shenzhou-12, que foram os primeiros a ocupar as instalações.
Os outros módulos, chamados Wentian (foto) e Mengtian, foram lançados em 2022 e 2023, nessa ordem.
Os outros módulos, chamados Wentian (foto) e Mengtian, foram lançados em 2022 e 2023, nessa ordem. Os outros módulos, chamados Wentian (foto) e Mengtian, foram lançados em 2022 e 2023, nessa ordem.
A conclusão da estação Tiangong foi sinalizada pela chegada dessas novas partes, que circulam a Terra a uma altura entre 340 km e 450 km.
A conclusão da estação Tiangong foi sinalizada pela chegada dessas novas partes, que circulam a Terra a uma altura entre 340 km e 450 km. A conclusão da estação Tiangong foi sinalizada pela chegada dessas novas partes, que circulam a Terra a uma altura entre 340 km e 450 km.
A estação chinesa tem aproximadamente 20% do tamanho da Estação Espacial Internacional, mas isso pode mudar em breve…
A estação chinesa tem aproximadamente 20% do tamanho da Estação Espacial Internacional, mas isso pode mudar em breve… A estação chinesa tem aproximadamente 20% do tamanho da Estação Espacial Internacional, mas isso pode mudar em breve…
A agência espacial chinesa já anunciou que pretende adicionar três novos módulos com a intenção de expandi-la.
A agência espacial chinesa já anunciou que pretende adicionar três novos módulos com a intenção de expandi-la. A agência espacial chinesa já anunciou que pretende adicionar três novos módulos com a intenção de expandi-la.
Os líderes chineses originalmente disseram que a estação Tiangong operaria por 10 anos. Contudo, durante o Congresso Internacional de Astronáutica, eles sinalizaram que esse prazo pode se estender para 15 anos ou até mais.
Os líderes chineses originalmente disseram que a estação Tiangong operaria por 10 anos. Contudo, durante o Congresso Internacional de Astronáutica, eles sinalizaram que esse prazo pode se estender para 15 anos ou até mais. Os líderes chineses originalmente disseram que a estação Tiangong operaria por 10 anos. Contudo, durante o Congresso Internacional de Astronáutica, eles sinalizaram que esse prazo pode se estender para 15 anos ou até mais.
Isso sugere que a Tiangong deve continuar funcionando até a década de 2030, permanecendo ativa mesmo após a destruição da Estação Espacial Internacional (ISS).
Isso sugere que a Tiangong deve continuar funcionando até a década de 2030, permanecendo ativa mesmo após a destruição da Estação Espacial Internacional (ISS). Isso sugere que a Tiangong deve continuar funcionando até a década de 2030, permanecendo ativa mesmo após a destruição da Estação Espacial Internacional (ISS).
Quando a ISS for encerrada, a NASA pretende formar parcerias com empresas para desenvolver uma estação espacial menor, que também permanecerá em órbita baixa da Terra.
Quando a ISS for encerrada, a NASA pretende formar parcerias com empresas para desenvolver uma estação espacial menor, que também permanecerá em órbita baixa da Terra. Quando a ISS for encerrada, a NASA pretende formar parcerias com empresas para desenvolver uma estação espacial menor, que também permanecerá em órbita baixa da Terra.
O programa espacial chinês é um dos mais ambiciosos do mundo. Ele tem início em 1956, quando a China começou a cooperar com a União Soviética no desenvolvimento de tecnologias espaciais.
O programa espacial chinês é um dos mais ambiciosos do mundo. Ele tem início em 1956, quando a China começou a cooperar com a União Soviética no desenvolvimento de tecnologias espaciais. O programa espacial chinês é um dos mais ambiciosos do mundo. Ele tem início em 1956, quando a China começou a cooperar com a União Soviética no desenvolvimento de tecnologias espaciais.
Após a ruptura sino-soviética em 1960, a China continuou a desenvolver sua própria tecnologia espacial, lançando seu primeiro satélite em 1970.
Após a ruptura sino-soviética em 1960, a China continuou a desenvolver sua própria tecnologia espacial, lançando seu primeiro satélite em 1970. Após a ruptura sino-soviética em 1960, a China continuou a desenvolver sua própria tecnologia espacial, lançando seu primeiro satélite em 1970.
Em 2003, a China enviou 14 astronautas ao espaço, incluindo a primeira mulher chinesa, Yang Liwei. També foi esse que marcou o início da construção da estação Tiangong.
Em 2003, a China enviou 14 astronautas ao espaço, incluindo a primeira mulher chinesa, Yang Liwei. També foi esse que marcou o início da construção da estação Tiangong. Em 2003, a China enviou 14 astronautas ao espaço, incluindo a primeira mulher chinesa, Yang Liwei. També foi esse que marcou o início da construção da estação Tiangong.
A China também já enviou sondas para a Lua, Marte, Vênus e outros corpos celestes. Em 2020, por exemplo, a China tornou-se o primeiro país a coletar amostras lunares desde as missões Apollo dos Estados Unidos.
A China também já enviou sondas para a Lua, Marte, Vênus e outros corpos celestes. Em 2020, por exemplo, a China tornou-se o primeiro país a coletar amostras lunares desde as missões Apollo dos Estados Unidos. A China também já enviou sondas para a Lua, Marte, Vênus e outros corpos celestes. Em 2020, por exemplo, a China tornou-se o primeiro país a coletar amostras lunares desde as missões Apollo dos Estados Unidos.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.