Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Viva a Vida
Publicidade

Fred está se aposentando: veja momentos importantes da sua carreira

Flipar

Flipar|Do R7

O centroavante Fred vai pendurar as chuteiras. Aos 38 anos, o jogador do Fluminense fará a sua despedida neste sábado, dia 9, no Maracanã. Relembre grandes momentos da carreira do camisa 9.
O centroavante Fred vai pendurar as chuteiras. Aos 38 anos, o jogador do Fluminense fará a sua despedida neste sábado, dia 9, no Maracanã. Relembre grandes momentos da carreira do camisa 9. O centroavante Fred vai pendurar as chuteiras. Aos 38 anos, o jogador do Fluminense fará a sua despedida neste sábado, dia 9, no Maracanã. Relembre grandes momentos da carreira do camisa 9.
Fred surgiu nas categorias de base do América-MG. Ele estava prestes a ser dispensado, quando marcou o gol mais rápido do mundo no dia 12 de janeiro de 2003, pela Copa São Paulo de Futebol Júnior.
Fred surgiu nas categorias de base do América-MG. Ele estava prestes a ser dispensado, quando marcou o gol mais rápido do mundo no dia 12 de janeiro de 2003, pela Copa São Paulo de Futebol Júnior. Fred surgiu nas categorias de base do América-MG. Ele estava prestes a ser dispensado, quando marcou o gol mais rápido do mundo no dia 12 de janeiro de 2003, pela Copa São Paulo de Futebol Júnior.
O gol de Fred chamou a atenção do Cruzeiro. O jogador estreou na Raposa no dia 5 de agosto de 2004, com direito a gol.
O gol de Fred chamou a atenção do Cruzeiro. O jogador estreou na Raposa no dia 5 de agosto de 2004, com direito a gol. O gol de Fred chamou a atenção do Cruzeiro. O jogador estreou na Raposa no dia 5 de agosto de 2004, com direito a gol.
Fred foi artilheiro da Copa do Brasil de 2004 pelo Cruzeiro e despertou o interesse do Lyon, da França. Ele foi apresentado no dia 30 de agosto de 2005. Durante a passagem foi tricampeão francês.
Fred foi artilheiro da Copa do Brasil de 2004 pelo Cruzeiro e despertou o interesse do Lyon, da França. Ele foi apresentado no dia 30 de agosto de 2005. Durante a passagem foi tricampeão francês. Fred foi artilheiro da Copa do Brasil de 2004 pelo Cruzeiro e despertou o interesse do Lyon, da França. Ele foi apresentado no dia 30 de agosto de 2005. Durante a passagem foi tricampeão francês.
Fred foi convocado para a Copa do Mundo de 2006 e jogou apenas uma partida. Ele entrou em campo contra a Austrália, no dia 18 de junho de 2006, e marcou um dos gols da vitória do Brasil por 2 a 0.
Fred foi convocado para a Copa do Mundo de 2006 e jogou apenas uma partida. Ele entrou em campo contra a Austrália, no dia 18 de junho de 2006, e marcou um dos gols da vitória do Brasil por 2 a 0. Fred foi convocado para a Copa do Mundo de 2006 e jogou apenas uma partida. Ele entrou em campo contra a Austrália, no dia 18 de junho de 2006, e marcou um dos gols da vitória do Brasil por 2 a 0.
A carreira na Europa terminou em 2009. No dia 4 de março daquele ano, Fred foi anunciado como novo reforço do Fluminense.
A carreira na Europa terminou em 2009. No dia 4 de março daquele ano, Fred foi anunciado como novo reforço do Fluminense. A carreira na Europa terminou em 2009. No dia 4 de março daquele ano, Fred foi anunciado como novo reforço do Fluminense.
Fred estreou pelo Fluminense no dia 15 de março de 2009. Ele foi titular e marcou duas vezes na vitória por 3 a 1 sobre o Macaé, no Maracanã, pelo Campeonato Carioca.
Fred estreou pelo Fluminense no dia 15 de março de 2009. Ele foi titular e marcou duas vezes na vitória por 3 a 1 sobre o Macaé, no Maracanã, pelo Campeonato Carioca. Fred estreou pelo Fluminense no dia 15 de março de 2009. Ele foi titular e marcou duas vezes na vitória por 3 a 1 sobre o Macaé, no Maracanã, pelo Campeonato Carioca.
O primeiro ano de Fred no Fluminense não foi fácil. O clube chegou a ter 98% de chances de rebaixamento no Brasileirão de 2009, mas conseguiu escapar de forma histórica, com o centroavante sendo um dos destaques.
O primeiro ano de Fred no Fluminense não foi fácil. O clube chegou a ter 98% de chances de rebaixamento no Brasileirão de 2009, mas conseguiu escapar de forma histórica, com o centroavante sendo um dos destaques. O primeiro ano de Fred no Fluminense não foi fácil. O clube chegou a ter 98% de chances de rebaixamento no Brasileirão de 2009, mas conseguiu escapar de forma histórica, com o centroavante sendo um dos destaques.
A primeira grande conquista de Fred com o Fluminense aconteceu em 2010, com o título do Campeonato Brasileiro. Foi o terceiro da história do clube, que não conquistava a competição desde 1984.
A primeira grande conquista de Fred com o Fluminense aconteceu em 2010, com o título do Campeonato Brasileiro. Foi o terceiro da história do clube, que não conquistava a competição desde 1984. A primeira grande conquista de Fred com o Fluminense aconteceu em 2010, com o título do Campeonato Brasileiro. Foi o terceiro da história do clube, que não conquistava a competição desde 1984.
Em 2011, Fred fez o seu maior número de gols em uma temporada pelo Fluminense. Foram 36 gols no ano, número inferior apenas a temporada de 2005 quando marcou 48 vezes.
Em 2011, Fred fez o seu maior número de gols em uma temporada pelo Fluminense. Foram 36 gols no ano, número inferior apenas a temporada de 2005 quando marcou 48 vezes. Em 2011, Fred fez o seu maior número de gols em uma temporada pelo Fluminense. Foram 36 gols no ano, número inferior apenas a temporada de 2005 quando marcou 48 vezes.
Fred voltou a receber oportunidades na Seleção Brasileira em 2011. Aos poucos ele foi se firmando entre os titulares, brilhando ao lado de Neymar e cia.
Fred voltou a receber oportunidades na Seleção Brasileira em 2011. Aos poucos ele foi se firmando entre os titulares, brilhando ao lado de Neymar e cia. Fred voltou a receber oportunidades na Seleção Brasileira em 2011. Aos poucos ele foi se firmando entre os titulares, brilhando ao lado de Neymar e cia.
Já em 2012, Fred consagrou o seu nome na história do Fluminense e do futebol brasileiro. Ele foi o craque da campanha do título brasileiro, além de artilheiro do campeonato.
Já em 2012, Fred consagrou o seu nome na história do Fluminense e do futebol brasileiro. Ele foi o craque da campanha do título brasileiro, além de artilheiro do campeonato. Já em 2012, Fred consagrou o seu nome na história do Fluminense e do futebol brasileiro. Ele foi o craque da campanha do título brasileiro, além de artilheiro do campeonato.
Por falar em 2012, Fred foi decisivo em todos os clássicos no Brasileirão. Mas o gol de voleio contra o Flamengo, com assistência de trivela de Deco, ficou marcado na história do Fla-Flu e virou
Por falar em 2012, Fred foi decisivo em todos os clássicos no Brasileirão. Mas o gol de voleio contra o Flamengo, com assistência de trivela de Deco, ficou marcado na história do Fla-Flu e virou Por falar em 2012, Fred foi decisivo em todos os clássicos no Brasileirão. Mas o gol de voleio contra o Flamengo, com assistência de trivela de Deco, ficou marcado na história do Fla-Flu e virou
Em 2013, Fred foi o artilheiro da Copa das Confederações, empatado com o espanhol Fernando Torres. Na decisão, o camisa 9 marcou duas vezes na vitória sobre a Espanha por 3 a 0.
Em 2013, Fred foi o artilheiro da Copa das Confederações, empatado com o espanhol Fernando Torres. Na decisão, o camisa 9 marcou duas vezes na vitória sobre a Espanha por 3 a 0. Em 2013, Fred foi o artilheiro da Copa das Confederações, empatado com o espanhol Fernando Torres. Na decisão, o camisa 9 marcou duas vezes na vitória sobre a Espanha por 3 a 0.
Entretanto, a participação de Fred na Copa do Mundo de 2014 deixou a desejar. O jogador, inclusive, foi um dos mais criticados após o Mundial. Ele marcou apenas uma vez, contra Camarões, na fase de grupos.
Entretanto, a participação de Fred na Copa do Mundo de 2014 deixou a desejar. O jogador, inclusive, foi um dos mais criticados após o Mundial. Ele marcou apenas uma vez, contra Camarões, na fase de grupos. Entretanto, a participação de Fred na Copa do Mundo de 2014 deixou a desejar. O jogador, inclusive, foi um dos mais criticados após o Mundial. Ele marcou apenas uma vez, contra Camarões, na fase de grupos.
O futuro de Fred no futebol brasileiro após a Copa do Mundo de 2014 ficou em risco, mas o Fluminense abraçou o jogador. No mesmo ano, ele deu a volta por cima e foi artilheiro do Brasileirão.
O futuro de Fred no futebol brasileiro após a Copa do Mundo de 2014 ficou em risco, mas o Fluminense abraçou o jogador. No mesmo ano, ele deu a volta por cima e foi artilheiro do Brasileirão. O futuro de Fred no futebol brasileiro após a Copa do Mundo de 2014 ficou em risco, mas o Fluminense abraçou o jogador. No mesmo ano, ele deu a volta por cima e foi artilheiro do Brasileirão.
Fred deixou o Fluminense em 2016 e acertou com o Atlético-MG. Ele foi anunciado pelo Galo no dia 8 de junho. No mesmo ano, fez gol no Cruzeiro e também foi artilheiro do Brasileirão. Já em 2017, foi campeão mineiro.
Fred deixou o Fluminense em 2016 e acertou com o Atlético-MG. Ele foi anunciado pelo Galo no dia 8 de junho. No mesmo ano, fez gol no Cruzeiro e também foi artilheiro do Brasileirão. Já em 2017, foi campeão mineiro. Fred deixou o Fluminense em 2016 e acertou com o Atlético-MG. Ele foi anunciado pelo Galo no dia 8 de junho. No mesmo ano, fez gol no Cruzeiro e também foi artilheiro do Brasileirão. Já em 2017, foi campeão mineiro.
A passagem de Fred no Atlético-MG durou apenas um ano. No dia 23 de dezembro de 2017, o Cruzeiro anunciou o retorno do centroavante. Ele foi bicampeão mineiro em 2018 e 2019, além de campeão da Copa do Brasil em 2018.
A passagem de Fred no Atlético-MG durou apenas um ano. No dia 23 de dezembro de 2017, o Cruzeiro anunciou o retorno do centroavante. Ele foi bicampeão mineiro em 2018 e 2019, além de campeão da Copa do Brasil em 2018. A passagem de Fred no Atlético-MG durou apenas um ano. No dia 23 de dezembro de 2017, o Cruzeiro anunciou o retorno do centroavante. Ele foi bicampeão mineiro em 2018 e 2019, além de campeão da Copa do Brasil em 2018.
Porém, a segunda passagem de Fred pelo Cruzeiro ficou marcada por poucos gols, lesões e o rebaixamento no Brasileirão de 2019. Ele deixou a Raposa e tentou se esconder no interior com a família, cogitando a aposentadoria.
Porém, a segunda passagem de Fred pelo Cruzeiro ficou marcada por poucos gols, lesões e o rebaixamento no Brasileirão de 2019. Ele deixou a Raposa e tentou se esconder no interior com a família, cogitando a aposentadoria. Porém, a segunda passagem de Fred pelo Cruzeiro ficou marcada por poucos gols, lesões e o rebaixamento no Brasileirão de 2019. Ele deixou a Raposa e tentou se esconder no interior com a família, cogitando a aposentadoria.
Mas não era a hora da aposentadoria. Em 2020, o Fluminense acertou o retorno de Fred. O jogador percorreu o trajeto de Belo Horizonte até o Rio de Janeiro de bicicleta, e arrecadou centenas de cestas básicas para doação pelo caminho.
Mas não era a hora da aposentadoria. Em 2020, o Fluminense acertou o retorno de Fred. O jogador percorreu o trajeto de Belo Horizonte até o Rio de Janeiro de bicicleta, e arrecadou centenas de cestas básicas para doação pelo caminho. Mas não era a hora da aposentadoria. Em 2020, o Fluminense acertou o retorno de Fred. O jogador percorreu o trajeto de Belo Horizonte até o Rio de Janeiro de bicicleta, e arrecadou centenas de cestas básicas para doação pelo caminho.
Em 2020, Fred marcou apenas cinco gols. Já em 2021, marcou 20 vezes e se tornou o segundo maior artilheiro da história do Fluminense, ultrapassando a marca dos 185 gols de Orlando Pingo de Ouro.
Em 2020, Fred marcou apenas cinco gols. Já em 2021, marcou 20 vezes e se tornou o segundo maior artilheiro da história do Fluminense, ultrapassando a marca dos 185 gols de Orlando Pingo de Ouro. Em 2020, Fred marcou apenas cinco gols. Já em 2021, marcou 20 vezes e se tornou o segundo maior artilheiro da história do Fluminense, ultrapassando a marca dos 185 gols de Orlando Pingo de Ouro.
Em 2021, Fred também se tornou o terceiro brasileiro com mais gols na história da Libertadores, igualando Palinha, com 25.
Em 2021, Fred também se tornou o terceiro brasileiro com mais gols na história da Libertadores, igualando Palinha, com 25. Em 2021, Fred também se tornou o terceiro brasileiro com mais gols na história da Libertadores, igualando Palinha, com 25.
Durante a segunda passagem pelo Fluminense, Fred quebrou recordes nacionais. Ele se tornou o segundo maior artilheiro da história do Campeonato Brasileiro e o maior artilheiro da história da Copa do Brasil, tendo superado Romário em ambas competições.
Durante a segunda passagem pelo Fluminense, Fred quebrou recordes nacionais. Ele se tornou o segundo maior artilheiro da história do Campeonato Brasileiro e o maior artilheiro da história da Copa do Brasil, tendo superado Romário em ambas competições. Durante a segunda passagem pelo Fluminense, Fred quebrou recordes nacionais. Ele se tornou o segundo maior artilheiro da história do Campeonato Brasileiro e o maior artilheiro da história da Copa do Brasil, tendo superado Romário em ambas competições.
No dia 2 de julho de 2022, Fred fez o seu na goleada sobre o Corinthians por 4 a 0 e chegou a marca de 199 gols pelo Fluminense. Foi o penúltimo jogo do camisa 9 em sua carreira. Ele emocionou o Maracanã e também foi às lágrimas.
No dia 2 de julho de 2022, Fred fez o seu na goleada sobre o Corinthians por 4 a 0 e chegou a marca de 199 gols pelo Fluminense. Foi o penúltimo jogo do camisa 9 em sua carreira. Ele emocionou o Maracanã e também foi às lágrimas. No dia 2 de julho de 2022, Fred fez o seu na goleada sobre o Corinthians por 4 a 0 e chegou a marca de 199 gols pelo Fluminense. Foi o penúltimo jogo do camisa 9 em sua carreira. Ele emocionou o Maracanã e também foi às lágrimas.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.