Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Viva a Vida
Publicidade

Messina Denaro: quem foi o chefe da máfia italiana ‘Cosa Nostra’

Flipar

Flipar|Do R7

Matteo Messina Denaro morreu nesta segunda-feira (25). Ele foi condenado a prisão perpétua e ficou foragido por mais de 30 anos.
Matteo Messina Denaro morreu nesta segunda-feira (25). Ele foi condenado a prisão perpétua e ficou foragido por mais de 30 anos. Matteo Messina Denaro morreu nesta segunda-feira (25). Ele foi condenado a prisão perpétua e ficou foragido por mais de 30 anos.
Ele não resistiu a um câncer no cólon aos 61 anos. Considerado o
Ele não resistiu a um câncer no cólon aos 61 anos. Considerado o Ele não resistiu a um câncer no cólon aos 61 anos. Considerado o
Nas investigações, há relatos que Denaro torturava os prisioneiros da máfia e foi um dos líderes mais impiedosos do grupo.
Nas investigações, há relatos que Denaro torturava os prisioneiros da máfia e foi um dos líderes mais impiedosos do grupo. Nas investigações, há relatos que Denaro torturava os prisioneiros da máfia e foi um dos líderes mais impiedosos do grupo.
Uma das histórias brutais foi a morte de um filho de um membro da Cosa Nostra. Denaro mandou matá-lo com ácido. O motivo? O pai havia se arrependido de participar do grupo.
Uma das histórias brutais foi a morte de um filho de um membro da Cosa Nostra. Denaro mandou matá-lo com ácido. O motivo? O pai havia se arrependido de participar do grupo. Uma das histórias brutais foi a morte de um filho de um membro da Cosa Nostra. Denaro mandou matá-lo com ácido. O motivo? O pai havia se arrependido de participar do grupo.
O que é a Cosa Nostra? É uma das maiores organizações criminosa do continente europeu e ao redor do mundo.
O que é a Cosa Nostra? É uma das maiores organizações criminosa do continente europeu e ao redor do mundo. O que é a Cosa Nostra? É uma das maiores organizações criminosa do continente europeu e ao redor do mundo.
A trajetória de Denaro tem uma construção familiar. Seu pai também foi um nome da máfia na Sicília: Francesco Messina Denaro.
A trajetória de Denaro tem uma construção familiar. Seu pai também foi um nome da máfia na Sicília: Francesco Messina Denaro. A trajetória de Denaro tem uma construção familiar. Seu pai também foi um nome da máfia na Sicília: Francesco Messina Denaro.
Denaro assumiu o posto ao substituir Salvator Riina - conhecido como Totò Riina. Riina foi preso há 30 anos e morreu na cadeia, em 2017. 
Denaro assumiu o posto ao substituir Salvator Riina - conhecido como Totò Riina. Riina foi preso há 30 anos e morreu na cadeia, em 2017.  Denaro assumiu o posto ao substituir Salvator Riina - conhecido como Totò Riina. Riina foi preso há 30 anos e morreu na cadeia, em 2017. 
De acordo com a Promotoria italiana, Denaro conseguiu ficar mais de 30 anos na clandestinidade por conta da rede de apoio da Cosa Nostra. 
De acordo com a Promotoria italiana, Denaro conseguiu ficar mais de 30 anos na clandestinidade por conta da rede de apoio da Cosa Nostra.  De acordo com a Promotoria italiana, Denaro conseguiu ficar mais de 30 anos na clandestinidade por conta da rede de apoio da Cosa Nostra. 
Esse rede, portanto, conseguia garantir esconderijos, comida, roupas limpas e comunicação.
Esse rede, portanto, conseguia garantir esconderijos, comida, roupas limpas e comunicação. Esse rede, portanto, conseguia garantir esconderijos, comida, roupas limpas e comunicação.
As investigações apontam que Denaro tem relação com uma série de mortes no decorrer da década de 1990. Ele se gabava por poder
As investigações apontam que Denaro tem relação com uma série de mortes no decorrer da década de 1990. Ele se gabava por poder As investigações apontam que Denaro tem relação com uma série de mortes no decorrer da década de 1990. Ele se gabava por poder
O chefe da máfia foi condenado a prisão perpétua por conta de ataques a bomba a Florença, Roma e Milão. Dez pessoas morreram com a ação.
O chefe da máfia foi condenado a prisão perpétua por conta de ataques a bomba a Florença, Roma e Milão. Dez pessoas morreram com a ação. O chefe da máfia foi condenado a prisão perpétua por conta de ataques a bomba a Florença, Roma e Milão. Dez pessoas morreram com a ação.
A Promotoria italiana também o coloca com responsável pelos atentados a bomba na Sicília, em 1992. Na ação, dois promotores que investigavam a máfia morreram: Giovanni Falcone e Paolo Borsellino.
A Promotoria italiana também o coloca com responsável pelos atentados a bomba na Sicília, em 1992. Na ação, dois promotores que investigavam a máfia morreram: Giovanni Falcone e Paolo Borsellino. A Promotoria italiana também o coloca com responsável pelos atentados a bomba na Sicília, em 1992. Na ação, dois promotores que investigavam a máfia morreram: Giovanni Falcone e Paolo Borsellino.
Outro caso que chocou foi a morte de um menino de 12 anos. O garoto foi sequestrado com a intenção que seu pai não depusesse contra a máfia. 
Outro caso que chocou foi a morte de um menino de 12 anos. O garoto foi sequestrado com a intenção que seu pai não depusesse contra a máfia.  Outro caso que chocou foi a morte de um menino de 12 anos. O garoto foi sequestrado com a intenção que seu pai não depusesse contra a máfia. 
Giuseppe di Matteo ficou nas mãos da máfia por dois anos e depois foi assassinado. 
Giuseppe di Matteo ficou nas mãos da máfia por dois anos e depois foi assassinado.  Giuseppe di Matteo ficou nas mãos da máfia por dois anos e depois foi assassinado. 
A prisão de Messina Denaro só aconteceu em janeiro de 2023. Ele desapareceu no verão de 1993 e passou 30 anos na clandestinidade.
A prisão de Messina Denaro só aconteceu em janeiro de 2023. Ele desapareceu no verão de 1993 e passou 30 anos na clandestinidade. A prisão de Messina Denaro só aconteceu em janeiro de 2023. Ele desapareceu no verão de 1993 e passou 30 anos na clandestinidade.
A captura de Denaro aconteceu quando ele esperava para fazer quimioterapia numa clínica particular de Palermo. 
A captura de Denaro aconteceu quando ele esperava para fazer quimioterapia numa clínica particular de Palermo.  A captura de Denaro aconteceu quando ele esperava para fazer quimioterapia numa clínica particular de Palermo. 
Ele foi levado na sequência para o presídio de segurança máxima de L'Aquila, onde seguiu com o tratamento contra o câncer. 
Ele foi levado na sequência para o presídio de segurança máxima de L'Aquila, onde seguiu com o tratamento contra o câncer.  Ele foi levado na sequência para o presídio de segurança máxima de L'Aquila, onde seguiu com o tratamento contra o câncer. 
O mafioso teve passagens por Espanha, Reino Unido, Áustria e Brasil, de acordo com Teresa Principato, procuradora que o investigava.
O mafioso teve passagens por Espanha, Reino Unido, Áustria e Brasil, de acordo com Teresa Principato, procuradora que o investigava. O mafioso teve passagens por Espanha, Reino Unido, Áustria e Brasil, de acordo com Teresa Principato, procuradora que o investigava.
Ao longo dos anos, centenas de pessoas que o ajudaram a se manter na clandestinidade foram presas.
Ao longo dos anos, centenas de pessoas que o ajudaram a se manter na clandestinidade foram presas. Ao longo dos anos, centenas de pessoas que o ajudaram a se manter na clandestinidade foram presas.
Essa cadeia de proteção no decorrer dos anos foi se fragilizando até o momento da prisão do
Essa cadeia de proteção no decorrer dos anos foi se fragilizando até o momento da prisão do Essa cadeia de proteção no decorrer dos anos foi se fragilizando até o momento da prisão do

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.