Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Viva a Vida
Publicidade

Mocidade lidera músicas virais do Spotify no Rio com samba sobre o caju

Flipar

Flipar|Do R7

De acordo com o Spotify, o samba-enredo da Mocidade Independente de Padre Miguel para o Carnaval 2024 foi a música que mais viralizou na última semana. A escola da zona oeste levará para a avenida a história sobre o caju e a relação da fruta com a tropicália, um aspecto trabalhado na história da verde e branca nos anos 80.
De acordo com o Spotify, o samba-enredo da Mocidade Independente de Padre Miguel para o Carnaval 2024 foi a música que mais viralizou na última semana. A escola da zona oeste levará para a avenida a história sobre o caju e a relação da fruta com a trop... De acordo com o Spotify, o samba-enredo da Mocidade Independente de Padre Miguel para o Carnaval 2024 foi a música que mais viralizou na última semana. A escola da zona oeste levará para a avenida a história sobre o caju e a relação da fruta com a tropicália, um aspecto trabalhado na história da verde e branca nos anos 80. (Flipar)
A escola, que tem seis títulos na história do carnaval carioca, atingiu o topo da playlist “Viral Rio de Janeiro BR” do serviço de streaming de música. Ela ficou à frente de Oruam, Felipe Ret e MC Cabelinho.
A escola, que tem seis títulos na história do carnaval carioca, atingiu o topo da playlist “Viral Rio de Janeiro BR” do serviço de streaming de música. Ela ficou à frente de Oruam, Felipe Ret e MC Cabelinho. A escola, que tem seis títulos na história do carnaval carioca, atingiu o topo da playlist “Viral Rio de Janeiro BR” do serviço de streaming de música. Ela ficou à frente de Oruam, Felipe Ret e MC Cabelinho. (Flipar)
Com o enredo 'Pede caju que dá, pede caju que dou', a escola carioca abre os desfiles na segunda-feira do Grupo Especial (12/02). O samba-enredo foi composto pelo humorista Marcelo Adnet, Lico Monteiro, Paulinho Mocidade, Diego Nicolau, Richard Valença, Orlando Ambrosio, Gigi da Estiva, Cabeça do Ajax, com as participações especiais de Márcio de Deus e W. Corrêa.
Com o enredo 'Pede caju que dá, pede caju que dou', a escola carioca abre os desfiles na segunda-feira do Grupo Especial (12/02). O samba-enredo foi composto pelo humorista Marcelo Adnet, Lico Monteiro, Paulinho Mocidade, Diego Nicolau, Richard Valença... Com o enredo 'Pede caju que dá, pede caju que dou', a escola carioca abre os desfiles na segunda-feira do Grupo Especial (12/02). O samba-enredo foi composto pelo humorista Marcelo Adnet, Lico Monteiro, Paulinho Mocidade, Diego Nicolau, Richard Valença, Orlando Ambrosio, Gigi da Estiva, Cabeça do Ajax, com as participações especiais de Márcio de Deus e W. Corrêa. (Flipar)
Por outro lado, o fato de o samba da Mocidade liderar o “Viral Rio de Janeiro BR” não significa que ele é a música mais escutada na cidade. Mas sim a música mais em alta no aplicativo, que analisa os dados apenas dessa região em específico e segue três critérios.
Por outro lado, o fato de o samba da Mocidade liderar o “Viral Rio de Janeiro BR” não significa que ele é a música mais escutada na cidade. Mas sim a música mais em alta no aplicativo, que analisa os dados apenas dessa região em específico e segue três... Por outro lado, o fato de o samba da Mocidade liderar o “Viral Rio de Janeiro BR” não significa que ele é a música mais escutada na cidade. Mas sim a música mais em alta no aplicativo, que analisa os dados apenas dessa região em específico e segue três critérios. (Flipar)
A plataforma leva em conta se os streamings de uma música aumentaram recentemente; com que frequência as pessoas compartilham essa música e quantas pessoas descobriram essa música recentemente.
A plataforma leva em conta se os streamings de uma música aumentaram recentemente; com que frequência as pessoas compartilham essa música e quantas pessoas descobriram essa música recentemente. A plataforma leva em conta se os streamings de uma música aumentaram recentemente; com que frequência as pessoas compartilham essa música e quantas pessoas descobriram essa música recentemente. (Flipar)
Outra escola que já havia ocupado o posto nas últimas semanas foi a Imperatriz Leopoldinense, atual campeã da folia carioca, com o seu samba baseado no enredo “Com a sorte virada pra lua, segundo o testamento da cigana Esmeralda”.
Outra escola que já havia ocupado o posto nas últimas semanas foi a Imperatriz Leopoldinense, atual campeã da folia carioca, com o seu samba baseado no enredo “Com a sorte virada pra lua, segundo o testamento da cigana Esmeralda”. Outra escola que já havia ocupado o posto nas últimas semanas foi a Imperatriz Leopoldinense, atual campeã da folia carioca, com o seu samba baseado no enredo “Com a sorte virada pra lua, segundo o testamento da cigana Esmeralda”. (Flipar)
Além das duas verde e brancas, a Unidos de Padre Miguel, que divide o bairro com a Mocidade, chegou a ocupar a 11ª colocação da playlist com seu samba “O Redentor do Sertão”. A vermelha e branca da zona oeste desfila na Série Ouro, segunda divisão do carnaval carioca.
Além das duas verde e brancas, a Unidos de Padre Miguel, que divide o bairro com a Mocidade, chegou a ocupar a 11ª colocação da playlist com seu samba “O Redentor do Sertão”. A vermelha e branca da zona oeste desfila na Série Ouro, segunda divisão do c... Além das duas verde e brancas, a Unidos de Padre Miguel, que divide o bairro com a Mocidade, chegou a ocupar a 11ª colocação da playlist com seu samba “O Redentor do Sertão”. A vermelha e branca da zona oeste desfila na Série Ouro, segunda divisão do carnaval carioca. (Flipar)
A proposta da Mocidade para o próximo carnaval é desvendar a brasilidade por trás do caju, fruta que foi um dos primeiros tesouros levados por colonizadores quando chegaram ao Brasil.
A proposta da Mocidade para o próximo carnaval é desvendar a brasilidade por trás do caju, fruta que foi um dos primeiros tesouros levados por colonizadores quando chegaram ao Brasil. A proposta da Mocidade para o próximo carnaval é desvendar a brasilidade por trás do caju, fruta que foi um dos primeiros tesouros levados por colonizadores quando chegaram ao Brasil. (Flipar)
O caju é um exemplo de pseudofruto, que se constitui de duas partes. O fruto propriamente dito, que é a castanha; e seu pedúnculo floral, um corpo piriforme, amarelo, rosado ou vermelho.
O caju é um exemplo de pseudofruto, que se constitui de duas partes. O fruto propriamente dito, que é a castanha; e seu pedúnculo floral, um corpo piriforme, amarelo, rosado ou vermelho. O caju é um exemplo de pseudofruto, que se constitui de duas partes. O fruto propriamente dito, que é a castanha; e seu pedúnculo floral, um corpo piriforme, amarelo, rosado ou vermelho. (Flipar)
Originário do Brasil, o caju é rico em vitamina C e ferro e era alimento básico das populações autóctones. Muito antes do descobrimento do Brasil e da chegada dos portugueses, os tremembé já fermentavam o suco, o mocororó, que era e é bebido na cerimônia do Torém.
Originário do Brasil, o caju é rico em vitamina C e ferro e era alimento básico das populações autóctones. Muito antes do descobrimento do Brasil e da chegada dos portugueses, os tremembé já fermentavam o suco, o mocororó, que era e é bebido na cerimôn... Originário do Brasil, o caju é rico em vitamina C e ferro e era alimento básico das populações autóctones. Muito antes do descobrimento do Brasil e da chegada dos portugueses, os tremembé já fermentavam o suco, o mocororó, que era e é bebido na cerimônia do Torém. (Flipar)
A partir do pseudofruto, preparam-se sucos, mel, doces, como cajuada, caju passas, rapadura de caju e o cajuzinho. Como seu suco fermenta rapidamente, pode ser destilado para produzir uma aguardente o cauim. Dele também são fabricadas bebidas não alcoólicas, como a cajuína.
A partir do pseudofruto, preparam-se sucos, mel, doces, como cajuada, caju passas, rapadura de caju e o cajuzinho. Como seu suco fermenta rapidamente, pode ser destilado para produzir uma aguardente o cauim. Dele também são fabricadas bebidas não alcoó... A partir do pseudofruto, preparam-se sucos, mel, doces, como cajuada, caju passas, rapadura de caju e o cajuzinho. Como seu suco fermenta rapidamente, pode ser destilado para produzir uma aguardente o cauim. Dele também são fabricadas bebidas não alcoólicas, como a cajuína. (Flipar)
O nome caju é originário do tupi e significa “noz que se produz”. A fruta faz parte da alimentação indígena há muitos séculos. Costumava-se mascar a polpa ácida e adstringente para refrescar o hálito e fermentar o seu suco para ser bebido em rituais folclóricos.
O nome caju é originário do tupi e significa “noz que se produz”. A fruta faz parte da alimentação indígena há muitos séculos. Costumava-se mascar a polpa ácida e adstringente para refrescar o hálito e fermentar o seu suco para ser bebido em rituais fo... O nome caju é originário do tupi e significa “noz que se produz”. A fruta faz parte da alimentação indígena há muitos séculos. Costumava-se mascar a polpa ácida e adstringente para refrescar o hálito e fermentar o seu suco para ser bebido em rituais folclóricos. (Flipar)
O método de extração da amêndoa da castanha de caju utilizado pelos indígenas era a sua torragem direta no fogo. O intuito era eliminar o
O método de extração da amêndoa da castanha de caju utilizado pelos indígenas era a sua torragem direta no fogo. O intuito era eliminar o O método de extração da amêndoa da castanha de caju utilizado pelos indígenas era a sua torragem direta no fogo. O intuito era eliminar o (Flipar)
A amêndoa da castanha de caju é rica em fibras, proteínas, minerais (magnésio, ferro, cobre e zinco), vitamina K, vitamina PP, complexo B (menos a vitamina B12), carboidratos, fósforo, sódio e vários tipos de aminoácidos.
A amêndoa da castanha de caju é rica em fibras, proteínas, minerais (magnésio, ferro, cobre e zinco), vitamina K, vitamina PP, complexo B (menos a vitamina B12), carboidratos, fósforo, sódio e vários tipos de aminoácidos. A amêndoa da castanha de caju é rica em fibras, proteínas, minerais (magnésio, ferro, cobre e zinco), vitamina K, vitamina PP, complexo B (menos a vitamina B12), carboidratos, fósforo, sódio e vários tipos de aminoácidos. (Flipar)
A mais antiga descrição do fruto é de André Thevet, em 1558, comparado este a um ovo de pata. Em seguida, Maurício de Nassau protegeu os cajueiros por decreto, e fez o seu doce, em compotas, chegar às melhores mesas da Europa. Ele é muito cultivado nas regiões tropicais da América, África e Ásia.
A mais antiga descrição do fruto é de André Thevet, em 1558, comparado este a um ovo de pata. Em seguida, Maurício de Nassau protegeu os cajueiros por decreto, e fez o seu doce, em compotas, chegar às melhores mesas da Europa. Ele é muito cultivado nas... A mais antiga descrição do fruto é de André Thevet, em 1558, comparado este a um ovo de pata. Em seguida, Maurício de Nassau protegeu os cajueiros por decreto, e fez o seu doce, em compotas, chegar às melhores mesas da Europa. Ele é muito cultivado nas regiões tropicais da América, África e Ásia. (Flipar)
Os principais países exportadores de castanhas de caju (com casca) foram o Vietnã, Costa do Marfim e Gana (médias 1961-2021), e em média de 2010 a 2021 a Costa do Marfim, Vietnã et Tanzânia, respetivamente.
Os principais países exportadores de castanhas de caju (com casca) foram o Vietnã, Costa do Marfim e Gana (médias 1961-2021), e em média de 2010 a 2021 a Costa do Marfim, Vietnã et Tanzânia, respetivamente. Os principais países exportadores de castanhas de caju (com casca) foram o Vietnã, Costa do Marfim e Gana (médias 1961-2021), e em média de 2010 a 2021 a Costa do Marfim, Vietnã et Tanzânia, respetivamente. (Flipar)
A produção de caju no Brasil é realizada quase que exclusivamente no Nordeste. A área ocupada com cajueiros no país foi calculada em 505,5 mil ha; desse total, 99,5% está localizado no Nordeste. Os principais produtores dessa região são o Ceará (61,6% da área nacional), Rio Grande do Norte e Piauí.
A produção de caju no Brasil é realizada quase que exclusivamente no Nordeste. A área ocupada com cajueiros no país foi calculada em 505,5 mil ha; desse total, 99,5% está localizado no Nordeste. Os principais produtores dessa região são o Ceará (61,6% ... A produção de caju no Brasil é realizada quase que exclusivamente no Nordeste. A área ocupada com cajueiros no país foi calculada em 505,5 mil ha; desse total, 99,5% está localizado no Nordeste. Os principais produtores dessa região são o Ceará (61,6% da área nacional), Rio Grande do Norte e Piauí. (Flipar)
O terreno para o plantio do pseudofruto deve ser ligeiramente inclinado para evitar a erosão, profundo, com pelo menos dois metros de terra e bem drenado, de modo a não empoçar. O solo deve ser fértil e de textura média (barrenta), e de preferência, próximo de uma fonte de água potável.
O terreno para o plantio do pseudofruto deve ser ligeiramente inclinado para evitar a erosão, profundo, com pelo menos dois metros de terra e bem drenado, de modo a não empoçar. O solo deve ser fértil e de textura média (barrenta), e de preferência, pr... O terreno para o plantio do pseudofruto deve ser ligeiramente inclinado para evitar a erosão, profundo, com pelo menos dois metros de terra e bem drenado, de modo a não empoçar. O solo deve ser fértil e de textura média (barrenta), e de preferência, próximo de uma fonte de água potável. (Flipar)
Para escolher as sementes, deve-se colocá-las em uma bacia com água, e descartar as que boiarem. Elas têm um poder germinativo de até 12 meses se forem armazenadas em sacos de pano ou de papel.
Para escolher as sementes, deve-se colocá-las em uma bacia com água, e descartar as que boiarem. Elas têm um poder germinativo de até 12 meses se forem armazenadas em sacos de pano ou de papel. Para escolher as sementes, deve-se colocá-las em uma bacia com água, e descartar as que boiarem. Elas têm um poder germinativo de até 12 meses se forem armazenadas em sacos de pano ou de papel. (Flipar)
O plantio deve ser realizado no início da estação chuvosa, e antes de replantar a muda no local definitivo deve-se verificar se a planta possui pelo menos seis folhas maduras e saudáveis.
O plantio deve ser realizado no início da estação chuvosa, e antes de replantar a muda no local definitivo deve-se verificar se a planta possui pelo menos seis folhas maduras e saudáveis. O plantio deve ser realizado no início da estação chuvosa, e antes de replantar a muda no local definitivo deve-se verificar se a planta possui pelo menos seis folhas maduras e saudáveis. (Flipar)
Cajuzinho é um doce brasileiro feito de amendoim, comum em festas de aniversário. O docinho, depois de pronto, é normalmente moldado na forma de um caju, imitando a fruta com uma castanha no topo, o que justifica seu nome. Originalmente, o cajuzinho era feito com polpa de caju nas regiões Norte e Nordeste. Com o tempo, deu lugar ao amendoim.
Cajuzinho é um doce brasileiro feito de amendoim, comum em festas de aniversário. O docinho, depois de pronto, é normalmente moldado na forma de um caju, imitando a fruta com uma castanha no topo, o que justifica seu nome. Originalmente, o cajuzinho er... Cajuzinho é um doce brasileiro feito de amendoim, comum em festas de aniversário. O docinho, depois de pronto, é normalmente moldado na forma de um caju, imitando a fruta com uma castanha no topo, o que justifica seu nome. Originalmente, o cajuzinho era feito com polpa de caju nas regiões Norte e Nordeste. Com o tempo, deu lugar ao amendoim. (Flipar)
O Cajueiro de Pirangi, localizado na praia de Pirangi do Norte, em Parnamirim, cobre uma área de aproximadamente 9.000m², com perímetro de aproximadamente 500 metros. Em virtude da sua extensão, a árvore gigante entrou para o Guinness Book “O Livro dos Recordes”, em 1994, como o Maior Cajueiro do Mundo.
O Cajueiro de Pirangi, localizado na praia de Pirangi do Norte, em Parnamirim, cobre uma área de aproximadamente 9.000m², com perímetro de aproximadamente 500 metros. Em virtude da sua extensão, a árvore gigante entrou para o Guinness Book “O Livro dos... O Cajueiro de Pirangi, localizado na praia de Pirangi do Norte, em Parnamirim, cobre uma área de aproximadamente 9.000m², com perímetro de aproximadamente 500 metros. Em virtude da sua extensão, a árvore gigante entrou para o Guinness Book “O Livro dos Recordes”, em 1994, como o Maior Cajueiro do Mundo. (Flipar)
Segundo a tradição oral, o Cajueiro foi plantado em dezembro de 1888 por um pescador chamado Luiz Inácio de Oliveira, que morreu aos 93 anos sob a sombra da árvore. O pescador é citado no samba da Mocidade ao relembrar o feito que perdura até a atualidade.
Segundo a tradição oral, o Cajueiro foi plantado em dezembro de 1888 por um pescador chamado Luiz Inácio de Oliveira, que morreu aos 93 anos sob a sombra da árvore. O pescador é citado no samba da Mocidade ao relembrar o feito que perdura até a atualid... Segundo a tradição oral, o Cajueiro foi plantado em dezembro de 1888 por um pescador chamado Luiz Inácio de Oliveira, que morreu aos 93 anos sob a sombra da árvore. O pescador é citado no samba da Mocidade ao relembrar o feito que perdura até a atualidade. (Flipar)
O Cajueiro de Pirangi é aberto todos os dias da semana, das 7h30 às 17h30. Enquanto um cajueiro vive em média 50 anos, o
O Cajueiro de Pirangi é aberto todos os dias da semana, das 7h30 às 17h30. Enquanto um cajueiro vive em média 50 anos, o O Cajueiro de Pirangi é aberto todos os dias da semana, das 7h30 às 17h30. Enquanto um cajueiro vive em média 50 anos, o (Flipar)
O caju também pode ser utilizado em pratos salgados, no lugar das tradicionais carnes de animais. Isso acontece em virtude da textura semelhante e por ser rico em vitaminas e ter baixo índice de caloria. É uma ótima opção para veganos e vegetarianos, que optaram por retirar o consumo de carne de suas vidas.
O caju também pode ser utilizado em pratos salgados, no lugar das tradicionais carnes de animais. Isso acontece em virtude da textura semelhante e por ser rico em vitaminas e ter baixo índice de caloria. É uma ótima opção para veganos e vegetarianos, q... O caju também pode ser utilizado em pratos salgados, no lugar das tradicionais carnes de animais. Isso acontece em virtude da textura semelhante e por ser rico em vitaminas e ter baixo índice de caloria. É uma ótima opção para veganos e vegetarianos, que optaram por retirar o consumo de carne de suas vidas. (Flipar)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.