Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Oscar 2024: veja brasileiros famosos que votam na premiação de Hollywood

Flipar|

Acontece no dia 10 de março a 96ª cerimônia do Oscar, no Teatro Dolby, em Los Angeles (EUA). A votação que define os ganhadores das estatuetas é feita entre os mais de 10 mil membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Veja a seguir alguns dos brasileiros que votam na maior premiação do cinema mundial!
Acontece no dia 10 de março a 96ª cerimônia do Oscar, no Teatro Dolby, em Los Angeles (EUA). A votação que define os ganhadores das estatuetas é feita entre os mais de 10 mil membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Veja a seguir algun... Acontece no dia 10 de março a 96ª cerimônia do Oscar, no Teatro Dolby, em Los Angeles (EUA). A votação que define os ganhadores das estatuetas é feita entre os mais de 10 mil membros da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. Veja a seguir alguns dos brasileiros que votam na maior premiação do cinema mundial! (Flipar)
Alice Braga - A atriz de 40 anos construiu sólida carreira internacional a partir de 2006. Sobrinha da consagrada Sônia Braga, atuou em filmes como “Eu Sou a Lenda”, ao lado de Will Smith, e “Eduardo e Mônica”.
Alice Braga - A atriz de 40 anos construiu sólida carreira internacional a partir de 2006. Sobrinha da consagrada Sônia Braga, atuou em filmes como “Eu Sou a Lenda”, ao lado de Will Smith, e “Eduardo e Mônica”. Alice Braga - A atriz de 40 anos construiu sólida carreira internacional a partir de 2006. Sobrinha da consagrada Sônia Braga, atuou em filmes como “Eu Sou a Lenda”, ao lado de Will Smith, e “Eduardo e Mônica”. (Flipar)
Anna Muylaert - Diretora, produtora e roteirista, tem em sua filmografia títulos como “Durval Discos”, “É Proibido Fumar” e “Que Horas Ela Volta?”.
Anna Muylaert - Diretora, produtora e roteirista, tem em sua filmografia títulos como “Durval Discos”, “É Proibido Fumar” e “Que Horas Ela Volta?”. Anna Muylaert - Diretora, produtora e roteirista, tem em sua filmografia títulos como “Durval Discos”, “É Proibido Fumar” e “Que Horas Ela Volta?”. (Flipar)
Bruno Barreto - Diretor de filmes que se tornaram clássicos do cinema brasileiro, como “Dona Flor e Seus Dois Maridos” e “O Que É Isso, Companheiro?”.
Bruno Barreto - Diretor de filmes que se tornaram clássicos do cinema brasileiro, como “Dona Flor e Seus Dois Maridos” e “O Que É Isso, Companheiro?”. Bruno Barreto - Diretor de filmes que se tornaram clássicos do cinema brasileiro, como “Dona Flor e Seus Dois Maridos” e “O Que É Isso, Companheiro?”. (Flipar)
Cacá Diegues - Membro da Academia Brasileira de Letras desde 2018, foi um dos fundadores do movimento Cinema Novo, nos anos 1960. Dirigiu filmes como “Xica da Silva”, “Bye Bye Brasil”,
Cacá Diegues - Membro da Academia Brasileira de Letras desde 2018, foi um dos fundadores do movimento Cinema Novo, nos anos 1960. Dirigiu filmes como “Xica da Silva”, “Bye Bye Brasil”, Cacá Diegues - Membro da Academia Brasileira de Letras desde 2018, foi um dos fundadores do movimento Cinema Novo, nos anos 1960. Dirigiu filmes como “Xica da Silva”, “Bye Bye Brasil”, (Flipar)
Carlinhos Brown - Cantor, compositor e artista visual, assinou trilhas sonoras para os filmes “Rio” e “Capitães de Areia”.
Carlinhos Brown - Cantor, compositor e artista visual, assinou trilhas sonoras para os filmes “Rio” e “Capitães de Areia”. Carlinhos Brown - Cantor, compositor e artista visual, assinou trilhas sonoras para os filmes “Rio” e “Capitães de Areia”. (Flipar)
Carlos Saldanha - Cineasta com carreira internacional, dirigiu as franquias
Carlos Saldanha - Cineasta com carreira internacional, dirigiu as franquias Carlos Saldanha - Cineasta com carreira internacional, dirigiu as franquias (Flipar)
Fernanda Montenegro - Uma das mais festejadas atrizes brasileira, seja na teledramaturgia, teatro ou cinema, protagonizou o longa “Central do Brasil”, de Walter Salles, filme que tornou-se um dos clássicos dos anos 1990.
Fernanda Montenegro - Uma das mais festejadas atrizes brasileira, seja na teledramaturgia, teatro ou cinema, protagonizou o longa “Central do Brasil”, de Walter Salles, filme que tornou-se um dos clássicos dos anos 1990. Fernanda Montenegro - Uma das mais festejadas atrizes brasileira, seja na teledramaturgia, teatro ou cinema, protagonizou o longa “Central do Brasil”, de Walter Salles, filme que tornou-se um dos clássicos dos anos 1990. (Flipar)
Fernando Meirelles - Indicado ao Oscar de direção em 2004 por “Cidade de Deus”, também tem trajetória importante como produtor.
Fernando Meirelles - Indicado ao Oscar de direção em 2004 por “Cidade de Deus”, também tem trajetória importante como produtor. Fernando Meirelles - Indicado ao Oscar de direção em 2004 por “Cidade de Deus”, também tem trajetória importante como produtor. (Flipar)
João Moreira Salles - Membro de uma das mais tradicionais famílias de banqueiros do Brasil (seu pai fundou o Unibanco), é produtor, diretor e roteirista. Idealizador da revista Piauí, dirigiu documentários como “Santiago” e “Entreatos”.
João Moreira Salles - Membro de uma das mais tradicionais famílias de banqueiros do Brasil (seu pai fundou o Unibanco), é produtor, diretor e roteirista. Idealizador da revista Piauí, dirigiu documentários como “Santiago” e “Entreatos”. João Moreira Salles - Membro de uma das mais tradicionais famílias de banqueiros do Brasil (seu pai fundou o Unibanco), é produtor, diretor e roteirista. Idealizador da revista Piauí, dirigiu documentários como “Santiago” e “Entreatos”. (Flipar)
José Padilha - Diretor do premiado documentário “Ônibus 171”, ganhou fama com “Tropa de Elite”, vencedor do Urso de Prata em Berlim e que marcou sua estreia em longa-metragem de ficção.
José Padilha - Diretor do premiado documentário “Ônibus 171”, ganhou fama com “Tropa de Elite”, vencedor do Urso de Prata em Berlim e que marcou sua estreia em longa-metragem de ficção. José Padilha - Diretor do premiado documentário “Ônibus 171”, ganhou fama com “Tropa de Elite”, vencedor do Urso de Prata em Berlim e que marcou sua estreia em longa-metragem de ficção. (Flipar)
Karim Aïnouz - Diretor de filmes de sucesso como “Madame Satã”, “O Céu de Suely” e “A Vida Invisível”. Também fez trabalhos como roteirista e artista visual.
Karim Aïnouz - Diretor de filmes de sucesso como “Madame Satã”, “O Céu de Suely” e “A Vida Invisível”. Também fez trabalhos como roteirista e artista visual. Karim Aïnouz - Diretor de filmes de sucesso como “Madame Satã”, “O Céu de Suely” e “A Vida Invisível”. Também fez trabalhos como roteirista e artista visual. (Flipar)
Kleber Mendonça Filho - Diretor dos premiados “O Som ao Redor”, “Aquarius” e “Bacurau”. Seu documentário “Retratos Fantasmas” foi o indicado da Academia Brasileira de Cinema para representar o Brasil no Oscar 2024, mas não foi escolhido na pré-seleção.
Kleber Mendonça Filho - Diretor dos premiados “O Som ao Redor”, “Aquarius” e “Bacurau”. Seu documentário “Retratos Fantasmas” foi o indicado da Academia Brasileira de Cinema para representar o Brasil no Oscar 2024, mas não foi escolhido na pré-seleção. Kleber Mendonça Filho - Diretor dos premiados “O Som ao Redor”, “Aquarius” e “Bacurau”. Seu documentário “Retratos Fantasmas” foi o indicado da Academia Brasileira de Cinema para representar o Brasil no Oscar 2024, mas não foi escolhido na pré-seleção. (Flipar)
Petra Costa - Cineasta que ganhou projeção nos últimos anos, especialmente pelo documentário “Democracia em Vertigem”, de 2019, que traz bastidores do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Petra Costa - Cineasta que ganhou projeção nos últimos anos, especialmente pelo documentário “Democracia em Vertigem”, de 2019, que traz bastidores do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Petra Costa - Cineasta que ganhou projeção nos últimos anos, especialmente pelo documentário “Democracia em Vertigem”, de 2019, que traz bastidores do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. (Flipar)
Rodrigo Santoro - Ator que é um dos principais representantes brasileiros em Hollywood. Após despontar em novelas da Rede Globo, fez sucesso no cinema nacional em filmes como “Bicho de Sete Cabeças” e “Carandiru” até partir para uma bem sucedida carreira internacional.
Rodrigo Santoro - Ator que é um dos principais representantes brasileiros em Hollywood. Após despontar em novelas da Rede Globo, fez sucesso no cinema nacional em filmes como “Bicho de Sete Cabeças” e “Carandiru” até partir para uma bem sucedida carrei... Rodrigo Santoro - Ator que é um dos principais representantes brasileiros em Hollywood. Após despontar em novelas da Rede Globo, fez sucesso no cinema nacional em filmes como “Bicho de Sete Cabeças” e “Carandiru” até partir para uma bem sucedida carreira internacional. (Flipar)
Selton Mello - Ator e diretor premiado em filmes e séries, encarnou personagens marcantes no cinema nacional, como o Chicó, de “Auto da Compadecida”, e João Estrella, em “Meu Nome Não é Johnny”.
Selton Mello - Ator e diretor premiado em filmes e séries, encarnou personagens marcantes no cinema nacional, como o Chicó, de “Auto da Compadecida”, e João Estrella, em “Meu Nome Não é Johnny”. Selton Mello - Ator e diretor premiado em filmes e séries, encarnou personagens marcantes no cinema nacional, como o Chicó, de “Auto da Compadecida”, e João Estrella, em “Meu Nome Não é Johnny”. (Flipar)
Sérgio Mendes - Um dos músicos brasileiros mais populares nos Estados Unidos, ajudou a difundir a Bossa Nova no exterior e foi indicado ao Oscar de melhor canção em 2012 pelo tema de “Rio 2”.
Sérgio Mendes - Um dos músicos brasileiros mais populares nos Estados Unidos, ajudou a difundir a Bossa Nova no exterior e foi indicado ao Oscar de melhor canção em 2012 pelo tema de “Rio 2”. Sérgio Mendes - Um dos músicos brasileiros mais populares nos Estados Unidos, ajudou a difundir a Bossa Nova no exterior e foi indicado ao Oscar de melhor canção em 2012 pelo tema de “Rio 2”. (Flipar)
Sônia Braga - Atriz de carreira prestigiosa no Brasil e também no mercado internacional. Entre seus trabalhos mais conhecidos no cinema estão os papéis em “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, “Gabriela”, “O Beijo da Mulher Aranha” e “Aquarius”.
Sônia Braga - Atriz de carreira prestigiosa no Brasil e também no mercado internacional. Entre seus trabalhos mais conhecidos no cinema estão os papéis em “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, “Gabriela”, “O Beijo da Mulher Aranha” e “Aquarius”. Sônia Braga - Atriz de carreira prestigiosa no Brasil e também no mercado internacional. Entre seus trabalhos mais conhecidos no cinema estão os papéis em “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, “Gabriela”, “O Beijo da Mulher Aranha” e “Aquarius”. (Flipar)
Wagner Moura - Um dos mais importantes personagens do cinema brasileiro contemporâneo, tem trabalhos premiados como ator e diretor (“Tropa de Elite”, “Marighella” e outros).
Wagner Moura - Um dos mais importantes personagens do cinema brasileiro contemporâneo, tem trabalhos premiados como ator e diretor (“Tropa de Elite”, “Marighella” e outros). Wagner Moura - Um dos mais importantes personagens do cinema brasileiro contemporâneo, tem trabalhos premiados como ator e diretor (“Tropa de Elite”, “Marighella” e outros). (Flipar)
Walter Salles - Diretor com uma extensa lista de filmes premiados, como “Central do Brasil”, “Terra Estrangeira”, “Abril Despedaçado” e “Diários de Motocicleta”.
Walter Salles - Diretor com uma extensa lista de filmes premiados, como “Central do Brasil”, “Terra Estrangeira”, “Abril Despedaçado” e “Diários de Motocicleta”. Walter Salles - Diretor com uma extensa lista de filmes premiados, como “Central do Brasil”, “Terra Estrangeira”, “Abril Despedaçado” e “Diários de Motocicleta”. (Flipar)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.