Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Análise: Problematizaram a oração do Pai Nosso: "patriarcal"

Arcebispo anglicano diz que principal oração dos cristãos pode ser problemática por sua ligação com o "controle opressivo patriarcal"

Patricia Lages|Do R7

O mundo mudou nas últimas décadas, mas não os valores e as virtudes
O mundo mudou nas últimas décadas, mas não os valores e as virtudes O mundo mudou nas últimas décadas, mas não os valores e as virtudes

O desvario da cultura “woke” — que se diz guardiã dos grupos marginalizados da sociedade — chegou aos líderes religiosos. Na última sexta-feira (07), em um evento da Igreja Anglicana, o arcebispo de York, Stephen Cottrell, relacionou a oração do Pai Nosso ao que chama de “controle opressivo e patriarcal”.

“Eu sei que a palavra ‘pai’ é problemática para aqueles cuja experiência de pais terrenos é destrutiva e abusiva e para todos que têm enfrentado um controle opressivo e patriarcal na vida”, disse o religioso, que também afirmou que “no mundo de hoje, o sentimento de pertencimento a uma única família humana está desaparecendo”.

O que essa cultura faz é completamente o oposto do que diz, pois em vez de incluir os marginalizados, trabalha incansavelmente para marginalizar e desmerecer a figura paterna e para desqualificar a importância da família na vida de cada indivíduo, bem como da sociedade como um todo.

As falas de Cottrell foram rebatidas por alguns líderes religiosos, que acusaram o arcebispo de estar mais preocupado em seguir a cultura do que as escrituras, e apoiadas por outros, que igualmente querem “customizar” a Palavra de Deus segundo suas preferências ideológicas.

Publicidade

Porém, independentemente da opinião dos que se dizem representantes de Deus está o nosso poder de raciocínio. Apesar de que o mundo mudou drasticamente nas últimas décadas, as virtudes, os valores e o bom-senso permanecem inabaláveis naqueles que não se deixam levar por modismos ou pela ditatura de uma cultura que não aceita opiniões diferentes de seus delírios sem pé nem cabeça.

Para os verdadeiros cristãos não há qualquer sombra de dúvida quanto à sua fé, pois a Palavra que nos guia é clara como o sol ao meio-dia: “Mas ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema.” – Gálatas 1:8.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.