Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Como Ser Saudável
Publicidade

Barras de proteína são realmente boas?

Ou será que são apenas mais ilusão na busca de uma alimentação mais saudável?

Como Ser Saudável|Do R7

Barrinhas de proteína
Barrinhas de proteína Barrinhas de proteína

As barras de proteína estão por toda parte: lojas de suplementos, mercados, farmácias, postos de gasolina; e sua fama se expandiu muito além dos fanáticos por exercícios. Elas são apresentadas como lanches saudáveis para quando você está praticando exercício ou como parte de uma rotina de autocuidado. 

Os fabricantes desses produtos capricham no marketing! Através das propagandas eles nos fazem acreditar que eles podem melhorar sua saúde e seu treino. Mas apesar da publicidade, porém, especialistas em nutrição dizem que as barras proteicas não são tão saudáveis assim. "Você pode colocar 'ceto' ou 'proteína' em uma barra de chocolate e vendê-la, e as pessoas nem questionam isso", disse Janet Chrzan, professora assistente adjunta de antropologia nutricional da Universidade da Pensilvânia.

Não há dúvida de que nossos corpos precisam de proteína para construir, manter e reparar os músculos e os aminoácidos das proteínas ajudam o funcionamento do nosso cérebro. Talvez por isso, a proteína esteja sozinha no mundo do bem-estar. Muitas das dietas mais populares, passadas e atuais, priorizam a proteína, associando-a à perda de peso, disse Chrzan. "Valorizamos tanto a proteína que ela é a coisa central no nosso prato", disse ela. As pessoas também associam instintivamente a proteína ao condicionamento físico, disse Marion Nestlé, professora de nutrição, estudos alimentares e saúde pública da Universidade de Nova York. Quando comem barras de proteína, "as pessoas pensam que estão fazendo algo bom para sua saúde", disse ela.

Mas será que as barras proteicas são alimentos saudáveis? É provável que a proteína preencha você mais do que os carboidratos simples, porque a proteína ajuda nosso corpo a liberar hormônios que mantêm a fome sob controle. Porém, muitas barras de proteína também estão cheias de açúcar. "Em geral, eles são altamente processados, ricos em açúcar e sal, disse Cutting-Jones. O Dr. Rimm concordou: Muitas barras de proteína são realmente apenas "barras de chocolate com muito mais proteína", disse ele.

Publicidade

As barras proteicas podem fazer sentido para alguém que precisa aumentar sua ingestão de proteína - por exemplo, um vegano que não obtém proteína suficiente de sua dieta ou alguém que acabou de ter um treino intenso, disse Anthony DiMarino. Mas, para uma pessoa comum, adicionar mais um pouco de proteína à sua dieta – especialmente quando vem com muito açúcar adicionado – não vai torná-lo mais saudável.

"É um lanche que ajuda caso você esteja praticando um exercício de longa duração, como subindo a montanha, se você não pode pegar uma refeição completa. Mas não é para ser um substituto real para uma refeição, disse Marion.

Publicidade

Nem todas as barras proteicas são criadas iguais em termos de ingredientes e conteúdo nutricional. Se você quiser buscar uma barra de proteína, preste atenção no rótulo de informações nutricionais. Opte por aqueles com ingredientes que você reconhece, sugere Nestlé. "Se forem em grande parte nozes e frutas, isso não é ruim", disse ela.

Dica: procure uma barra de proteína que tenha cerca de 200 calorias por porção, com menos de 5g de gordura e 5g de açúcar adicionado. E a quantidade de proteína que contém pode variar de barra para barra, mas sugiro uma com 15 a 20 gramas por porção.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.