Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Como Ser Saudável
Publicidade

Conheça o melhor treino para reduzir os exageros na hora de comer

É possível ingerir menos calorias e controlar melhor nosso peso se nos esforçarmos para fazer mais exercícios de alta intensidade

Como Ser Saudável|Do R7

Treinar dá fome. Já ouviu falar? Já aconteceu com você?

Muitas pessoas afirmam que saem famintas após um treino de musculação ou uma aula de natação, por exemplo. Mas novas pesquisas sugerem que exercícios que "gastem" muita energia e tenham ritmo intenso, mesmo que por um curto período, podem reduzir um hormônio importante, responsável por aumentar o apetite em muitas pessoas. Atividades físicas que exigem mais podem nos deixar menos interessados ​​em comida, é o que diz uma revisão científica de estudos sobre exercícios e alimentação publicada na revista americana Appetite. O estudo mostra que comemos menos e controlamos melhor nosso peso se nos esforçarmos um pouco mais durante a prática de exercícios físicos.

Um outro experimento, publicado recentemente no Journal of Applied Physiology, surgiu de uma atualização de um estudo anterior, no qual os especialistas notaram que breves sessões de treinamento intervalado levaram muitos de seus voluntários a perder gordura corporal. Na verdade, o resultado foi uma surpresa, já que esses treinos, chamados de HIIT, pareciam muito curtos para queimar muitas calorias.

Para chegarem a essa conclusão, os pesquisadores colheram sangue antes e várias vezes depois de cada sessão HIIT realizada pelos voluntários. Além disso, eles também verificaram como as pessoas se sentiam em relação à fome e perguntaram qual tinha sido a dieta consumida no dia anterior e no dia dos treinos.

Publicidade

Após muitas análises, os pesquisadores descobriam que os níveis de lactato dispararam na corrente sanguínea das pessoas após as sessões de treinos curtos e intensos, em comparação com os níveis dos praticantes de corrida moderada, por exemplo. Antigamente, a maioria de nós acreditava que o ácido lático nos deixava doloridos. Mas agora os cientistas sabem que o ácido lático é mais favorável do que prejudicial. E a corrente sanguínea dos voluntários do experimento estava "transbordando" lactato após cada curta e intensa sessão de exercícios.

Ainda mais importante, quanto mais altos seus níveis de lactato, menores as quantidades de grelina acilada no sangue. A grelina acilada é um dos principais hormônios que aumentam o apetite.

Publicidade

De acordo com os registros alimentares dos voluntários, o consumo foi de 129 calorias a menos, em média, no dia dos treinos HIIT com intervalos de um minuto e 201 calorias a menos após dias com intervalos de 15 segundos. Isso comparado aos dias sem exercícios. Já atividades físicas com intensidade moderada não tiveram efeito mensurável na alimentação.

O resultado é que, se você deseja manter o apetite sob controle após o exercício, precisa acelerar o ritmo. Troque caminhadas por corridas, musculação com grandes pausas entre um exercício e outro por treinos mais ritmados ou pedale com mais intensidade, em terrenos íngremes, por exemplo.

No geral, a maioria dos pesquisadores concorda que o exercício intenso nos ajudará no controle de peso — evitando o ganho de peso. Se praticados de forma contínua, entraremos na fase de perda de peso.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.