Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Como Ser Saudável
Publicidade

Por que preciso tomar vitamina D também no verão?

Alguns alimentos têm a capacidade de contribuir para o aumento de vitamina D em nosso corpo

Como Ser Saudável|Renata Garofano e Renata Garofano

Vitamina D é essencial para a nossa saúde
Vitamina D é essencial para a nossa saúde Vitamina D é essencial para a nossa saúde (Freepik/@freepik)

A vitamina D é um micronutriente essencial para todos nós. Ela contribui para diferentes funções, incluindo a saúde óssea e o sistema imunológico. Por isso, é importante garantir que seus estoques estejam adequados no organismo. Muita gente acredita que, por maior exposição ao sol no verão, não precisa atentar-se à vitamina D durante este período.

Mas você sabia que não é bem assim que funciona? 

"Os níveis de vitamina D se mantêm dentro da faixa da normalidade de acordo, principalmente com a exposição solar do indivíduo. Porém, a exposição solar pode ser pequena mesmo no verão. Por exemplo, indivíduos que trabalham muitas horas por dia em escritórios. Por isso, na maioria das vezes, acaba sendo necessária a suplementação", explica a endocrinologista Livia Marcela. 

E como saber se estamos com os níveis adequados da vitamina no organismo? A doutora Livia explica: "A melhor forma de saber se a vitamina D está normal é por meio de exame laboratorial. Os indivíduos que têm a indicação de fazer esses exames são: gestante e lactantes, mulheres na pós-menopausa, mulheres com osteoporose ou pessoas em tratamento de doenças crônicas, por exemplo, diabetes e artrite reumatoide."

Publicidade

Além de uma constante exposição ao sol, alguns alimentos, como peixes e cogumelos, também têm a capacidade de contribuir para o aumento de vitamina D em nosso corpo. Mas a quantidade não é suficiente para fazer a reposição ou manutenção dessa vitamina, por isso, algumas vezes é necessário suplementar.

"O ideal é que a pessoa não faça suplementação sem prescrição médica. A vitamina D também atua como um hormônio e o excesso pode causar prejuízo, como alteração do ritmo do coração e predispor a pedras em rins", finaliza a doutora Livia Marcela.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.