Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Como Ser Saudável
Publicidade

Vamos falar sobre obesidade...

Como Ser Saudável|Do R7

No último sábado, dia 4 de março, foi comemorado em mais de 50 países, o Dia Mundia da Obesidade. A World Obesity Federation, uma organização sem fins lucrativos que representa a comunidade global de pesquisadores da obesidade, profissionais de saúde e organizações de pacientes, foi a responsável por criar essa data com o objetivo de aumentar a conscientização sobre os perigos da obesidade e promover uma vida saudável e escolhas de estilo de vida.

A obesidade é uma preocupação de saúde crescente em todo o mundo, com milhões sofrendo de seus efeitos debilitantes. "É uma doença crônica com causas multifatorias associadas principalmente a estilo de vida (sedentarismo, hábitos alimentares inadequados) e também a outras condições como fatores genéticos, hereditários, psicológicos e culturais. Assim como a etiopatologia, o tratamento também é complexo e crônico", explica Teresa Bonanséa, endocrinologista do Instituto EndoVitta. 

A definição da obesidade é realizada de acordo com o índice de massa corpórea (IMC), calculado através do peso dividido pela altura ao quadrado. O doutor Thiago F. de Souza, especialista de Endoscopia Digestiva Diagnóstica e Terapêutica do Instituto EndoVitta, nos explica como é feita a classificação da doença:

IMC entre 25,0 e 29,9 Kg/m2: sobrepeso;

Publicidade

IMC entre 30,0 e 34,9 Kg/m2: obesidade grau I;

IMC entre 35,0 e 39,9 Kg/m2: obesidade grau II;

Publicidade

IMC maior do que 40,0 Kg/m2: obesidade grau III.

Uma pessoa que está acima do peso, precisa procurar orientação profissional para saber como proceder. A endocrinologista Teresa Bonanséa recomenda: "Uma boa forma de evitarmos é a busca de uma equipe multiprofissional envolvendo mudança do estilo de vida, com ênfase no tratamento nutricional, prática de atividade física, acompanhamento psicológico e se necessário, tratamento farmacológico." 

Publicidade

No caso do uso de medicamentos no tratamento, o doutor Thiago F. Souza pontua: "quando houver falha do tratamento não farmacológico, em pacientes com IMC igual ou superior a 30 kg/m² e com IMC igual ou superior a 25 kg/m² associado a outros fatores de risco, como a hipertensão arterial, DM tipo 2, hiperlipidemia, apneia do sono, osteoartrose, gota, entre outras. Também pode ser recomendado para pessoas com circunferência abdominal maior ou igual a 102cm (homens) e 88cm (mulheres)."

Outro ponto importante citado pelo doutor é sobre a cirurgia bariátrica e quando ela é de fato recomendada. "Para indivíduos obesos com IMC acima de 40 ou pessoas que tenham IMC acima de 35 que tenha doenças associadas, como diabetes, colesterol alto, hipertensão, hérnia de disco, esteatose hepática (gordura no fígado), entre outras. Lembrando que cada caso deve ser individualizado", finaliza o doutor Thiago.

Como dito pelos foutores, a obesidade é uma doença crôica e complexa, que pode acarretar inúmeros problemas de saúde. E se podemos evitar tudo isso, por que não fazer? Prevenir a obesidade é o melhor remédio para a mesma!

Que tal algumas estratégias que podem te ajudar a prevenir a obesidade? Segue ai:

Alimentação Saudável: uma dieta balanceada rica em frutas, vegetais, grãos integrais, proteínas magras e gorduras saudáveis ​​pode ajudar a prevenir a obesidade. Diminua a ingestão de alimentos ricos em sal, açúcar e gorduras saturadas.

Exercício regular: Praticar exercícios regulares, como caminhada rápida, corrida ou natação, pode ajudar a manter um peso apreciável e reduzir o risco de obesidade.

Limitar o tempo de tela: Passar muito tempo na frente das telas, como assistir televisão ou jogar videogame, pode contribuir para a obesidade. Ao limitar o tempo diário de tela a não mais de duas horas, a obesidade pode ser evitada.

Sono: tentar dormir o suficiente é essencial para manter um peso saudável. Os indivíduos devem ter como objetivo 7 a 9 horas de sono por noite, enquanto crianças e adolescentes precisam de mais.

Ter um estilo de vida saudável é ter saúde e ficar longe de medicamentos. Pense nisso!

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.