Logo R7.com
Logo do PlayPlus
É de Comer
Publicidade

Xepa num clique

Com a inflação em alta, conheça os apps que ajudam você a economizar na comida do dia- a- dia e ainda evitam o desperdício

É de comer|Camé Moraes do @ehdecomer para o R7

Food to Save é um dos apps anti-desperdício de SP
Food to Save é um dos apps anti-desperdício de SP Food to Save é um dos apps anti-desperdício de SP

Dinheiro curto no fim do mês... você espera até o último minuto para ir à feira. Quando o vendedor já deu o dia por perdido, você aparece lá, pronta (o) pra dar o lance derradeiro e levar tudo pela metade do preço das sete da manhã. Quem nunca? A xepa é uma tradição brasileira. E se é assim no mundo físico, porque não seria no mundo virtual?

Durante a pandemia, apps que vendem alimentos que estão na “raspa do tacho” começaram a fazer sucesso e ajudam muita gente a economizar. Tem de tudo - de xepa de padaria e à xepa de sacolão. Xepa de almoço também – às vezes vale à pena esperar até as 14h30 pra pedir sua refeição com 50%, 60% e até 70% de desconto naquele restaurante bacanudo.

Em São Paulo, alguns deles estão funcionando bem e, além de promover a pechincha, incentivam a redução do desperdício alimentar com um clique.

Estabelecimentos e ofertas variam diariamente. É preciso ficar atento
Estabelecimentos e ofertas variam diariamente. É preciso ficar atento Estabelecimentos e ofertas variam diariamente. É preciso ficar atento

É claro, há limitações. Você não vai conseguir escolher exatamente o que vai comprar. Na sacola da xepa online de um hortifrutti, por exemplo, a descrição vai ser: 5 itens de hortifrutti com 70% de desconto. Se você vai receber abobrinha ou berinjela, só Deus sabe. Mas no geral, os usuários têm se mostrado felizes com as chamadas “sacolas surpresas”. Afinal, a inflação dos alimentos encostou em 15% nos últimos doze meses. Não tá fácil pra ninguém e se evitar o desperdício é um jeito de economizar, porque não?

Publicidade

O Foodtosave se autointitula o 1º em anti-desperdício do país e atende a Grande SP e Campinas, no interior Paulista. O que mais me chamou a atenção nele é como saem baratas as guloseimas de padocas. Dá pra bancar um piquenique farto pra pelo menos 4 pessoas com 15 reais. Tem uma taxa de delivery de 9 reais a 20 reais, a depender da distância ou você pode retirar a sua sacola no local. Entram na onda também atacadões orgânicos e até docerias famosas em São Paulo, como a Cristallo, que participa com a linha de doces e salgados. Tudo de consumo imediato. Atenção, não compre pra fazer estoque em casa, a ideia é consumir no dia ou no dia seguinte.

A Julice, na zona oeste, é uma das padarias da "moda" cadastradas no Food to Save
A Julice, na zona oeste, é uma das padarias da "moda" cadastradas no Food to Save A Julice, na zona oeste, é uma das padarias da "moda" cadastradas no Food to Save

O CEO da Food to Save, Lucas Infante, conta que a média de vendas varia de 10 a 15 sacolas por estabelecimento, diariamente e que a ideia do APP surgiu de uma experiência prática com desperdício:

Publicidade

“A inspiração surgiu durante o período em que eu possuía uma franquia de supermercados na Espanha e pude olhar com outros olhos o desperdício de alimentos. Enxerguei na prática que não bastavam uma boa gestão e controle de perdas, pois os excedentes seguiam existindo no final de cada dia.”

A startup contabiliza mais de 50 toneladas de alimentos “salvas” do lixo. “Hoje, 90% de toda oferta de excedentes disponibilizada no App é comercializada ao usuário final. Atualmente, na curva oferta/demanda, temos mais usuários procurando sacolas surpresa do que estabelecimentos filiados a esta causa”, completa Infante.

Publicidade

O Refood é outro app que surgiu ano passado e já trabalha com redes de supermercados famosas e restaurantes bem conhecidos - entre eles o Bacuri Cozinha (refeições a R$20, quando costumam custar R$60) e o Vespa Pizza. No dia que escrevi esse artigo, tinha uma caixa da padaria portuguesa BLEM com um panetone de vinho do porto de 700g + 4 pastéis de nata por R$56 reais. Tem que ficar de olho no App algumas promoções, assim que entram, logo acabam.

Eu testei o Food to Save e comprei uma sacola de chocolates da Carole Crema por 60% do valor. Valeu à pena. A qualidade foi mantida e as únicas diferenças entre comprar na loja e receber a sacola, foram realmente a surpresa (não dava pra escolher o recheio do chocolate, por exemplo) e a embalagem (mais neutra e simples que a bela sacola colorida da doceria dos Jardins). De qualquer forma, dá pra fazer bonito em um jantar ou lanche entre amigos, com bem menos. Como os empresários modernosos gostam de dizer: é uma mudança de mindset. Traduzindo pro português mundano: uma mudança de jeito de pensar o consumo. Você abre mão de alguns pontos da experiência, como comprar in loco, escolher a dedo os itens, mas ganha no que o brasileiro mais vem sofrendo hoje em dia: no bolso.

Me segue lá no meu insta e no meu canal do tiktok, o @ehdecomer para mais dicas de alimentação saudável, sustentável e comilanças em geral.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.