Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Milionária por um dia: cadê o bilhete premiado?

Nossa Maria assistiu ao sorteio pela televisão e acreditou que havia ganhado na loteria, mas não era bem isso

Maria do Caos|Do R7 e Mônica Simões

Foi por pouco, mas durante 24 h acreditei e me senti como a mais nova milionária
Foi por pouco, mas durante 24 h acreditei e me senti como a mais nova milionária Foi por pouco, mas durante 24 h acreditei e me senti como a mais nova milionária (Divulgação)

E aí, Mariasss!!!

Como passaram a última semana? Sei que sentiram falta de uma história aqui na coluna, mas prometo que vou recompensar.

Gostaram da lagartixa em Punta Cana? Gente, sério, preciso compartilhar com vocês, também tenho um pouco de medo de lagartixa e, por lá, o que mais tem durante à noite são lagartixas correndo pelo teto. Imagino o pânico da nossa Maria que teve um encontro bem próximo com uma.

Fim de férias e eu já estava morrendo de saudades de estar aqui bem pertinho de todas vocês. Agora, o que não falta são casos caóticos, principalmente os que recebi na semana passada. É cada confusão. Às vezes me pergunto: como vocês conseguem? Bem, aí me olho no espelho e me lembro de que sou a maior "Maria" do mundo!

Publicidade

A história de hoje é bem engraçada e repleta de reviravoltas. Aconteceu faz tempo, veio direto do túnel do tempo. Nossa Maria estava assistindo ao sorteio dos números de uma aposta e acabou que, para ela, o bilhete que tinha comprado estava premiado — só que não. Imaginem a bagunça!

Venham comigo e leiam até o fim.

Publicidade

==========

Bem, o ano era 1986 e eu tinha a mania de achar que podia ganhar em qualquer aposta que fizesse. Comprava desde raspadinhas, passava pelos bingos e terminava nos jogos maiores, com premiação grande. Moral da história: nunca ganhei nada, só frustração.

Publicidade

Tinha mania de apostar sempre nos mesmos números e nunca dava em nada, mas tinha uma esperança enorme dentro de mim de que seria, um dia, milionária.

Sonhava em ir ao banco e olhar minha conta recheada de verdinhas, aquela coisa de muitos zeros à direita, sabe? Bem, tinha diversos planos do que faria com este dinheiro todo que ganharia em algum momento da vida.

Publicidade

Belo dia, em mais um dos muitos sorteios que assistia pela televisão, fui acompanhando os números que saíam. Sabia de cor todos os que escolhia, afinal, eram os mesmos sempre. O locutor foi narrando e, de repente, um calafrio misturado com uma quentura, arrepios e dor de barriga tomaram conta de mim. Sim, Marias. Ele tinha dito os seis números do meu bilhete.

Não pude acreditar, por minutos achei que estivesse sonhando, me belisquei, berrei, gargalhei, chorei.

Saí de casa e fui direto pro shopping. Queria comprar roupas e sapatos novos, renovar o visual e comprar aquela viagem que sempre desejei. Eu podia, estava milionária!

Fui de loja em loja, passando o cartão de crédito. No salão, cortei e tingi meu cabelo de loiro, fiz as unhas, limpeza de pele, estava nas nuvens. Fui na agência de viagens e escolhi o destino: Maldivas, na primeira classe.

Depois das compras, me dei de presente um jantar no melhor restaurante da cidade, caríssimo.

No fim do dia, quando cheguei em casa, resolvi contar a novidade somente para minha mãe. Não queria causar alarde. Marias, deveria ter aproveitado um tiquinho mais antes de fazer a ligação.

"Maria, mas você me disse que neste mês não jogaria, queria dar um tempo."

Marias do céu, sim, estava tão frustrada com tantos jogos que tinha dado realmente um tempo, o costume de assistir aos sorteios me fez acreditar que tinha apostado.

Resumo da história: não ganhei o prêmio, tive que devolver tudo o que comprei e ainda fiquei com a conta do salão. 

Desde esse dia, nunca mais apostei em nada. Foquei em outras coisas e hoje me considero milionária. Tenho uma linda família, netos, uma casa e toda disposição do mundo para aproveitar cada momento.

==========

Marias, já pensaram? Imagina, toda semana você aposta nos mesmos números e quando você não aposta os números são sorteados?

Nada contra apostas, mas acredito que podemos realizar nossos sonhos de outras maneiras e fico muito feliz que nossa Maria tenha conseguido.

Gostaram da história? Estou ansiosa aguardando a sua.

Mande para mim no @monicasimoestv.

Até a próxima semana.

Um beijo, Marias.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.