Entretenimento Advogado Avenatti é condenado por fraudar ex-cliente Stormy Daniels

Advogado Avenatti é condenado por fraudar ex-cliente Stormy Daniels

EUA-CRIME-AVENATTI:Advogado Avenatti é condenado por fraudar ex-cliente Stormy Daniels

Reuters - Entretenimento

Por Luc Cohen e Jonathan Stempel

NOVA YORK (Reuters) - O advogado Michael Avenatti, que ficou famoso por enfrentar o então presidente norte-americano Donald Trump antes de uma série de acusações criminais que encerrou sua carreira jurídica, foi condenado nesta sexta-feira por fraudar uma ex-cliente, a estrela pornô Stormy Daniels.

Avenatti, que pode pegar até 22 anos de prisão, se declarou inocente de desviar quase 300.000 dólares em receitas de livros destinadas a Daniels.

O veredicto de um júri federal em Manhattan seguiu-se a um julgamento de duas semanas no qual o impetuoso advogado de 50 anos representou a si mesmo.

Avenatti, que mora em Los Angeles, concordou em se entregar na Califórnia em 7 de fevereiro. A sentença foi marcada para 24 de maio.

Após o veredicto, Avenatti prometeu recorrer.

"Estou muito desapontado com o veredicto do júri", disse Avenatti. "Estou ansioso para um julgamento completo de todas as questões em recurso."

Daniels, a principal testemunha da acusação, disse em depoimento que Avenatti a levou a acreditar que sua editora não havia desembolsado adiantamentos no total de 297.500 dólares por seu livro de memórias, "Full Disclosure", quando ela perguntou em 2018 e no início de 2019 sobre os atrasos.

Daniels é conhecida por receber 130.000 dólares em dinheiro do ex-advogado pessoal de Trump Michael Cohen, em troca de permanecer calada antes da eleição de 2016 sobre encontros sexuais que ela diz ter tido com Trump, o que ele negou.

Últimas