Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

"Impressão que ficou no ano passado foi apagada", diz presidente da Império sobre confusão de 2012

Escola ficou em quinto lugar após ser penalizada por tumulto ocorrido no ano passado

Carnaval 2013|Do R7

A acirrada disputa do Carnaval 2013 de São Paulo foi marcada, também, pelas novas regras da apuração das notas das escolas de samba. Neste ano, após confusão de 2012 — quando cédulas com as notas foram rasgadas — a torcida foi proibida de acompanhar a apuração.

Algumas escolas envolvidas no tumulto do ano passado, foram penalizadas. A Império de Casa foi a que recebeu a punição mais severa. Além de pagar uma multa, a escola não recebeu a verba da Prefeitura. Eduardo Moraes, presidente do conselho da Império, acredita que o quinto lugar conquistado pela agremiação mostra que o episódio foi superado. 

— É muito importante ficar entre as cinco primeiras, porque foi um ano difícil, não tivemos a verba da prefeitura, contamos só com a força da comunidade e verba própria. Mas tivemos muita garra para apagar aquela impressão que ficou do ano passado e voltar para o desfile das campeãs é como se fosse a vitória.

Leia mais notícas sobre o Carnaval 2013

Publicidade

Falando sobre os vários tipos de cura, a Império de Casa Verde foi a responsável por fechar os desfiles do Grupo Especial de São Paulo na manhã de domingo (10). Como já é tradição, a agremiação, que entrou na avenida com o céu ainda escuro, apresentou um desfile luxuoso, de carros alegóricos grandiosos.

A comissão de frente era formada por xamãs, responsáveis por curar em plena avenida uma bailarina doente na árvore da vida. Logo atrás, uma ala de odaliscas exibia a dança da fertilidade. No abre-alas, a riqueza dos Jardins Suspensos da Babilônia, mostrando como as plantas eram utilizadas para a cura.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.