Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Ataque a tiros deixa ao menos 18 mortos e 13 feridos nos EUA

Ataque ocorreu em dois comércios de Lewiston. Informação inicial era de que ao menos 22 pessoas morreram, mas número foi atualizado...

Cartão de Visita|Do R7

Ataque ocorreu em dois comércios de Lewiston. Informação inicial era de que ao menos 22 pessoas morreram, mas número foi atualizado em 18

Cartão de Visita - Entretenimento
Cartão de Visita - Entretenimento Cartão de Visita - Entretenimento

Foto: Divulgação/ Departamento de Polícia de Lewiston

Novo episódio envolvendo tiros em lugar público foi registrado nos Estados Unidos (EUA). Desta vez, um homem teria atirado contra dezenas de pessoas em dois estabelecimentos da cidade de Lewiston, no estado do Maine, nesta quarta-feira (25/10). Informações iniciais indicavam que havia ao menos 22 mortos e outros 60 feridos. Porém, na manhã desta quinta-feira (26/10), a governadora do Maine, Janet Mills, confirmou 18 mortos e pelo menos 13 feridos.

O suspeito pelo ataque está foragido, e autoridades fizeram um apelo nas redes sociais. “Por favor, fique dentro de sua casa com as portas trancadas”, informou a polícia do estado do Maine na plataforma X, antigo Twitter.

Publicidade

Também pelas redes sociais, o Gabinete do Xerife do Condado de Androscoggin divulgou fotos de um homem portando um rifle com a seguinte legenda: “suspeito de identificação”. O homem está foragido. Segundo o canal NBC, um restaurante e um boliche seriam os alvos do ataque.

Cartão de Visita - Entretenimento
Cartão de Visita - Entretenimento Cartão de Visita - Entretenimento

Suposto veículo usado por atirador no Maine, EUA | Foto: Departamento de Polícia de Lewiston

Publicidade

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, foi informado sobre o massacre e acompanha a situação diretamente da Casa Branca.

O prefeito de Lewiston, Carl Sheline, declarou à CNN norte-americana que está “com o coração partido por nossa cidade e nosso povo”, após o ataque. “Lewiston é conhecido por nossa força e coragem, e precisaremos de ambos nos próximos dias”, disse Sheline

Publicidade

O prefeito pediu aos moradores que “seguissem todas as orientações recomendadas e ficassem em casa”, destacando que a cidade está sob ordem de isolamento social enquanto agentes de segurança realizam buscas pelo suspeito.

Lewiston é a segunda maior cidade do Maine e está geograficamente entre Augusta, a capital do estado, e Portland, a cidade mais populosa do estado. Aproximadamente 40 mil pessoas vivem em Lewiston, de acordo com o US Census Bureau.

O escritório do FBI em Boston anunciou que poderá ajudar em diversas frentes depois do ataque, tanto na assistência às vítimas quanto na investigação.

A Divisão de Boston do FBI continua a coordenar-se com nossos parceiros locais, estaduais e federais de aplicação da lei no Maine, e estamos prontos para ajudar com quaisquer recursos disponíveis que necessitem, incluindo resposta a evidências, apoio investigativo e tático, bem como assistência às vítimas”, anunciou o FBI por meio de um comunicado.

Continuamos a pedir ao público que permaneça vigilante e denuncie imediatamente toda e qualquer atividade e/ou indivíduos suspeitos às autoridades policiais”, acrescentou a nota.

O superintendente das Escolas Públicas de Lewiston, Jake Langlais, informou, por meio da rede social X, que não haverá aula nesta quinta-feira (26/10) em decorrência do ataque desta noite.

Não haverá aula amanhã. Neste momento, não haverá atividades nas Escolas Lewiston na quinta-feira, 26 de outubro de 2023. Ainda há muitas incógnitas neste momento. As informações se movem rapidamente, mas nem sempre com precisão. Por favor, continue a se abrigar no local ou fique em segurança”, assinalou Langlais.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.