Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Diogo Nogueira e Orquestra Ouro Preto fazem apresentação gratuita em São Paulo

"Concerto Popular Brasileiro" une o sambista carioca à formação mineira com um repertório de clássicos da MPB em única apresentação...

Cartão de Visita|

"Concerto Popular Brasileiro" une o sambista carioca à formação mineira com um repertório de clássicos da MPB em única apresentação no dia 12 de agosto, às 17h, no Parque Villa-Lobos, com entrada gratuita

Cartão de Visita - Entretenimento
Cartão de Visita - Entretenimento Cartão de Visita - Entretenimento

A música de concerto vai cair no samba na maior cidade do país! Diogo Nogueira e a Orquestra Ouro Preto, umas das mais reconhecidas formações orquestrais do Brasil, unem o cavaquinho aos violinos no “Concerto Popular Brasileiro”, em única apresentação no dia 12 de agosto, às 17h, no Parque Villa-Lobos, com entrada franca.

Mais de 30 mil pessoas conferiram o repertório em julho, na praia de Copacabana, comprovando a beleza da mistura entre os universos erudito e popular. Agora chegou a vez de o público de São Paulo apreciar a excelência e a versatilidade da formação mineira aliada à voz e interpretação contagiantes do cantor carioca. 

Sob a regência do Maestro Rodrigo Toffolo, “Concerto Popular Brasileiro” apresenta um repertório em homenagem a grandes nomes do samba, mas não se limita ao gênero, abarcando canções de grandes nomes da música brasileira como Cazuza, com a romântica “Codinome Beija-Flor”, Djavan e a poesia de “Flor de Lis”, Ivan Lins e sua emblemática “Madalena”, dentre outros. Além disso, os grandes sucessos do sambista carioca, como os hits “Pé na Areia” e “Tô Fazendo a Minha Parte”, também prometem agitar a plateia e colocar todo mundo para cantar e dançar junto.

Publicidade

“Acredito na capacidade infinita que uma orquestra tem de incorporar o novo no seu repertório, nos abrindo a possibilidade de fazer samba, pagode, funk, MPB... Com Diogo Nogueira, vamos mostrar a diversidade da música brasileira”, afirma Rodrigo Toffolo, regente titular e diretor artístico da Orquestra Ouro Preto.

Segundo Toffolo, a apresentação ao lado de Diogo promove uma combinação perfeita do suingue do samba com o clássico da música de concerto. “É uma grande honra para a Orquestra, que já vem trabalhando com o Diogo há algum tempo, ter um sambista de tamanha qualidade, para fazermos um repertório lindo, com compositores do passado e do presente. Um concerto simplesmente único para o público de São Paulo. Estamos muito felizes com essa linda experiência”, comemora o maestro.

Publicidade

O sambista reforça as palavras do regente e completa: “Vai ser muito especial fazer este espetáculo ao lado da Orquestra Ouro Preto. São músicos incríveis, muito talentosos, comandados pelo Maestro Rodrigo Toffolo. Estou ansioso para nos encontrarmos novamente no palco e revisitarmos o melhor do cancioneiro popular brasileiro, sucessos dos grandes mestres da música nacional. Será inesquecível”, garante o cantor.

A parceria entre Diogo e a Orquestra começou em 2021, quando, durante a pandemia, gravaram esse encontro inédito pelo projeto “SulAmérica Sessions”, exibido pela internet e canais fechados, levando alegria e acalanto para milhares de pessoas em isolamento social. Agora, com a presença do público, a apresentação em São Paulo tem o patrocínio da SulAmérica, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, com o objetivo de levar música e saúde integral ao maior número de pessoas, unindo públicos de todas as idades, ao promover um passeio por diferentes gêneros musicais. “Apoiamos projetos culturais e artísticos, pois acreditamos na contribuição deles para uma vida mais integrada e saudável, com bem-estar físico e emocional para todos”, afirma Simone Cesena, diretora de Marketing da companhia.

Publicidade

“Concerto Popular Brasileiro” terá única apresentação no dia 12 de agosto, às 17h, no Parque Villa-Lobos, com entrada franca. É necessário a retirada antecipada de ingressos pelo Sympla. A entrada está sujeita à lotação do espaço. A abertura dos portões será às 14h, e o público irá encontrar uma estrutura com diversos food trucks com oferta de alimentos e bebidas, permitindo que as pessoas cheguem com antecedência ao local e se acomodem de forma confortável para aproveitarem ao máximo essa experiência.

A ORQUESTRA 

Uma das mais prestigiadas formações orquestrais do país, a Orquestra Ouro Preto tem como diretor artístico e regente titular o maestro Rodrigo Toffolo. Premiado nacionalmente, o grupo vem se apresentando nas principais salas de concerto do Brasil e do mundo. Criada em 2000, a Orquestra Ouro Preto tem atuação marcada pelo experimentalismo e ineditismo, sob os signos da excelência e da versatilidade. 

Em sua trajetória, destaca-se a presença em todo o território nacional e nas principais capitais do país, como São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Recife, Manaus, Curitiba, Porto Alegre, João Pessoa, Salvador e Natal. No exterior, sua qualidade foi comprovada em turnês de sucesso, com presença de grande público em apresentações na Inglaterra, Portugal, Espanha, Argentina e Bolívia. 

Possui diversos trabalhos registrados em CD e DVD: “Latinidade” (2007), “Oito Estações – Vivaldi e Piazzolla” (2013), “Valencianas: Alceu Valença e Orquestra Ouro Preto (2014)”, “Antonio Vivaldi – Concerto para Cordas” (2015), “Orquestra Ouro Preto – The Beatles” (2015), “Latinidade: Música para as Américas” (2016), “Música para Cinema” (2017), “O Pequeno Príncipe” (2018), “Suíte Masai” (2019), “Quem Perguntou Por Mim: Fernando Brant e Milton Nascimento” (2019), “Gênesis: João Bosco e Orquestra Ouro Preto” (2022), “Valencianas II: Alceu Valença e Orquestra Ouro Preto” (2022) e “Orquestra Ouro Preto: A-Ha”(2023).

Em sua discografia, destaca-se o Prêmio da Música Brasileira 2015, na categoria Melhor Álbum de MPB, a indicação ao Grammy Latino 2007, como Melhor Disco Instrumental por “Latinidade”, e a distribuição mundial dos discos “Latinidade – Música para as Américas” e “Antonio Vivaldi – Concerto para Cordas” pela gravadora Naxos, a mais importante do mundo dedicada à música de concerto. Com foco na pesquisa e valorização de referências musicais, a Orquestra Ouro Preto tem como proposta a oferta de uma programação permanente e o desenvolvimento de repertório diversificado em gênero e época, buscando a formação e a ampliação de público.

SERVIÇO

Diogo Nogueira e Orquestra Ouro Preto: Concerto Popular Brasileiro

Data: 12 de agosto de 2023

Horário: 17 horas (Abertura dos portões: 14h)

Local: Parque Villa-Lobos (Av. Professor Fonseca Rodrigues, 2001, Alto dos Pinheiros)

Ingressos: Retirada de ingressos com antecedência no Sympla (sujeito à lotação do espaço).

Link:https://bit.ly/3YjOJ0o

Informações:www.orquestraouropreto.com.br

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.