Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Ghabi compartilha sua experiência como jurada do "Canta Comigo" e dá conselhos aos novos artistas

A cantora revela os desafios de descobrir talentos e a importância de ser autêntico na busca pelo sucesso na música

Cartão de Visita|

A cantora revela os desafios de descobrir talentos e a importância de ser autêntico na busca pelo sucesso na música

Cartão de Visita - Entretenimento
Cartão de Visita - Entretenimento Cartão de Visita - Entretenimento

Ghabi, uma das promessas do pop nacional, teve sua estreia como jurada no reality musical "Canta Comigo", da Record. Ao fazer parte do time de avaliadores do programa, a cantora e compositora mergulhou em uma experiência transformadora, que impactou sua própria carreira artística e a fez refletir sobre o papel de ajudar outros talentos a seguirem seus sonhos musicais.

Segundo Ghabi, a sensação de participar do processo de descobrir novos artistas e auxiliá-los em suas jornadas foi única, mas também a fez refletir sobre a importância de ser cuidadoso ao lidar com sonhos. "Eu já estive nesse lugar de pedir aprovação, aliás acho que sempre estarei. Validar o talento alheio é algo realmente difícil, e eu tento sempre buscar algo de positivo nas apresentações, ainda que perceba que aquele candidato não está pronto", conta.

Na visão da artista, o mais importante é se entregar aquele momento, sem se aprisionar ao medo. "Na música, assim como na arte em geral, a emoção sempre vai superar a técnica. Então, o que aconselho a todos antes de se apresentarem é: divirtam-se, se joguem, sejam felizes e façam do palco um lugar emocionante no sentido literal da palavra", afirma.

Publicidade

Segundo a artista, a autenticidade é o maior conselho que poderia dar aos artistas que estão em busca de seu espaço na indústria musical. A cantora destaca a importância de cantar sempre a própria verdade, sem buscar coisas apenas por modismos ou tendências musicais passageiras. 

"Tentar fabricar uma persona que não corresponde ao que você é na vida real só porque um gênero musical x ou y está na moda, é a maior furada que tem. O público não compra e você, além de estar infeliz, não vai conseguir sustentar esse personagem muito tempo. Pense numa carreira consistente e longeva, porque isso é sucesso. O passageiro sempre será passageiro", finaliza a cantora.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.