Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Mazzan e Zeca Baleiro lançam clipe de "Vai Ficar Tudo Bem"

Escrita e gravada por Mazzan e Zeca Baleiro, a canção lançada um dia antes do início do carnaval agora conta com um videoclipe, que...

Cartão de Visita|

Escrita e gravada por Mazzan e Zeca Baleiro, a canção lançada um dia antes do início do carnaval agora conta com um videoclipe, que também já está disponível nas plataformas

Cartão de Visita - Entretenimento
Cartão de Visita - Entretenimento Cartão de Visita - Entretenimento

créditos: Necka Ayala

Cartão de Visita - Entretenimento
Cartão de Visita - Entretenimento Cartão de Visita - Entretenimento

Para celebrar o lançamento de “Vai Ficar Tudo Bem”, os músicos Mazzan e Zeca Baleiro acabaram de lançar um videoclipe da música. Rodado no interior de São Paulo, no município de Piracaia, o registro audiovisual conta com direção, captação e edição assinadas pelo experiente Mateus Mello, da Caviar Filmes, parceiro de Mazzan de longa data.

A ideia da dupla ao desenvolver o conceito do clipe foi de que ele deveria ser gravado em meio à natureza, ambiente que contribuiria para elucidar a mensagem positiva da música que diz que tudo vai ficar bem. Com uma equipe enxuta, mas muito afinada, o clipe destaca bem a essência da canção e conseguiu demonstrar a sinergia entre os músicos e a obra.

Publicidade

“O clipe conseguiu sintetizar bem a ideia da música e a energia que estávamos naquela tarde. A gravação ocorreu durante uma tarde bem agradável entre amigos. Botamos o papo em dia, e fomos gravando de um jeito bem à vontade, bem como é a vibe do nosso single”, destaca Mazzan.

Sobre a canção

Publicidade

Foi depois de escutar “Heavy Metal do Senhor”, de Zeca Baleiro, que o músico Pedro Mazzan decidiu se aventurar na criação de uma canção. Ela serviu como uma inspiração inicial, mas sua criação seguiu por um caminho bastante diferente. O resultado é uma música com sonoridade híbrida, mantendo o estilo Trap, que possibilita bem a mistura de gêneros, como o reggae, metal, dubstep, o Hip Hop e até a música eletrônica, um dos estilos que contribuíram para projetar o trabalho de Pedro Mazzan. Ele é o nome por trás do projeto Mazzodellic, que já existe há 12 anos no mercado. Durante esse tempo, ele já se apresentou em mais de 500 festas e grandes festivais de todo o país voltados para promover a música eletrônica. 

“Vai Ficar Tudo Bem” foi escrita logo no início da pandemia, quando Pedro tinha trocado Porto Alegre por São Paulo. A ideia do músico foi criar uma canção que trouxesse uma mensagem positiva, que aliviasse a tensão dos momentos difíceis. Por conta do seu processo de trabalho, a batida foi criada antes da letra. Ele já tinha em mente que gostaria de convidar Zeca Baleiro para escreverem juntos esse trabalho. E essa parceria acabou dando certo! Eles já se conheciam, mas esta é a primeira vez que trabalham juntos. “Meus pais sempre viveram no meio musical e conheceram Zeca em BH, antes mesmo de eu nascer. Tocaram juntos em bares e encontros nos anos 90. Temos muitos amigos em comum. Uma delas é a Rossana Decelso, que também é cantora e foi empresária de Baleiro por muitos anos. Quando ele vinha para o Sul, eu sempre fazia questão de acompanhar as apresentações e dar um abraço no final. E num desses encontros, já tinha manifestado meu interesse em fazermos algo juntos”, sintetiza Mazzan.

Publicidade

Mazzan é um grande novo talento da música brasileira. Multifacetado, canta, escreve, programa, produz e cria a identidade visual dos próprios trabalhos. Tem se jogado na seara do Trap, uma onda que ganha força entre jovens ouvintes de música popular, mas ele pode se atirar em qualquer direção que o resultado será sempre bom. E como se não bastasse, é um poeta muito hábil. Para mim, foi um prazer dividir a composição e o canto com ele em “Vai Ficar Tudo Bem”. Já o acompanho há tempos e sei que há um lugar guardado para ele nessa grande babel musical do Brasil do século 21”, destaca Zeca Baleiro.

Sobre a experiência com o MazzodeLLic, Pedro salienta: “O MazzodeLLic foi uma grande escola pra mim. Aprendi muito sobre produção, mixagem, masterização, produção de diversos estilos musicais, como reggae, house, trap, dubstep, psytrance. Sempre amei todos esses estilos, e principalmente o fato de poder cantar e passar mensagens para as pessoas por meio da música. Meu trabalho autoral na interpretação e composição são resultados de toda essa vivência. Meu maior objetivo hoje é me conectar com as pessoas através da música.

A escolha pelo Trap acabou sendo algo natural durante o processo criativo. “Para mim, o Trap é como água, ele flui com todos os outros estilos musicais, se adaptando muito bem a tudo. Me identifico com essa coisa de não definir limites na música. E também tem o fato da novidade que é ter o Zeca Baleiro mandando um flow com mensagem em um Trap, que é algo que não se vê todo o dia por aí!”, destaca Pedro.

O lançamento ocorreu pela gravadora Kao King Records, criada por Pedro Mazzan para gerenciar sua obra e a distribuição ocorre pela Ditto Music.

Sobre Pedro Mazzan 

Mineiro de Belo Horizonte, Pedro Mazzan possui a música no DNA. Filho de músicos, ele foi criado no Rio Grande do Sul. O pai, Broder Bastos é um dos integrantes da badalada banda argentina Ciro y los Persas e a mãe, Rosane Scherer é produtora, escritora e poeta, além de ter trabalhado ao longo de vários anos como proprietária e redatora do Jornal Fala Brasil, especializado na cobertura da cena cultural. O primeiro violão veio aos 10 anos de idade, quando iniciou os estudos na área. Aos 12 anos, já compunha as próprias músicas. Durante a adolescência mergulhou no universo do rock, quando teve a oportunidade de tocar como baixista e guitarrista de algumas bandas autorais do Sul, além de bandas covers. O contato com a música eletrônica se deu aos 18 anos, ao perceber uma grande movimentação de jovens para uma festa rave na sua cidade (Porto Alegre). Tratou de garantir seu ingresso e aquela apresentação foi um divisor de águas na sua vida, uma vez que se encantou tanto pela música eletrônica que decidiu mergulhar de cabeça no seu universo. Depois de 2 anos produzindo em casa, decidiu se aventurar como DJ em festas. E a boa repercussão que obteve do seu trabalho deu origem ao MazzodeLLic, que se tornou uma referência no segmento.

Acompanhe nas mídias sociais:

http://soundcloud.com/mazzodellic

http://facebook.com/mazzodellic

http://instagram.com/mazzodellic

http://youtube.com/kaokingrecords

http://instagram.com/mazzan.trap

http://instagram.com/kaokingrecords

Serviço:

Mazzan e Zeca Baleiro lançam clipe da canção “Vai Ficar Tudo Bem”

A música está disponível em todas as plataformas digitais de música (Spotify, Deezer, Amazon Music, Tidal, Apple Music, Resso Music, Google Play, Youtube Music, Soundcloud, entre outras).

O clipe está disponível nos canais de YouTube de Mazzan e de Zeca Baleiro”

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.