Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Mostra de cinema “Léa Garcia – 90 Anos” chega ao CCBB SP

“Léa Garcia – 90 Anos”, retrospectiva inédita de uma das figuras mais icônicas do cinema nacional, chega ao Centro Cultural Banco do...

Cartão de Visita|Do R7

“Léa Garcia – 90 Anos”, retrospectiva inédita de uma das figuras mais icônicas do cinema nacional, chega ao Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo

Com o objetivo de celebrar a obra de uma das figuras mais icônicas do cinema nacional e a sua importância histórica mundial, o Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo apresenta a mostra inédita "Léa Garcia - 90 anos", que acontece de 25 de maio a 23 de junho.

A retrospectiva apresenta 15 longas protagonizados por Léa Garcia, dentre os quais Orfeu Negro, de Marcel Camus, pelo qual a atriz foi indicada ao prêmio de melhor interpretação feminina no Festival de Cannes, e que abre a mostra no dia 25/05, sábado, às 17h. Baseado na peça de Vinícius de Moraes, o filme vencedor da Palma de Ouro em Cannes e ganhador do Oscar de melhor filme estrangeiro pela França, conta a trágica história romântica entre a jovem Eurídice e o motorista e músico Orfeu.

Com a curadoria de Leonardo Amaral e Ewerton Belico, a programação traz ainda os longas Ganga Zumba, de Cacá Diegues, Compasso de Espera, de Antunes Filho, O Forte , de Olney São Paulo, Feminino Plural, de Vera de Figueiredo, M8 - Quando a morte socorre a vida, de Jeferson De, Ladrões de Cinema, de Fernando Coni Campos, A Deusa Negra, de Ola Balogun, A noiva da cidade, de Alex Viany, Cruz e Souza - poeta do desterro, de Sylvio Back,  Mulheres do Brasil, de Malu di Martino, Um dia com Jerusa, de Viviane Ferreira e O Pai da Rita, A Negação do Brasil e As Filhas do Vento, de Joel Zito Araújo.

Publicidade

Além das projeções, a Mostra também traz três sessões comentadas por pesquisadores, realizadores e realizadoras que trabalharam com Léa Garcia, e que irão explorar a importância de sua trajetória e seu pioneirismo como protagonista negra no cinema brasileiro.

A primeira será no dia 01/06, sábado, às 14h, com o realizador Joel Zito Araújo logo após a exibição do filme "As Filhas do Vento" e a segunda no dia 08/06, sábado, às 14h, com a pesquisadora Mariana Queen Nwabasili após a exibição do filme "Compasso de Espera". Já no dia 21/06, sexta-feira, às 16h, acontece o bate papo com o professor e cineasta Juliano Gomes após a exibição do filme "Ladrões de Cinema".

Publicidade

Um catálogo online será disponibilizado ao público com crítica inédita, artigos raros dedicados à trajetória de Léa Garcia, seu ativismo, sua personalidade criativa e os filmes em que atuou.

Ao realizar esta mostra, o Centro Cultural Banco do Brasil oferece ao público a oportunidade de se aprofundar na carreira de uma artista brasileira conhecida por sua versatilidade e talento, além de valorizar a produção cinematográfica nacional, reafirmando seu compromisso de ampliar a conexão dos brasileiros com a cultura.

Publicidade

SERVIÇO

Mostra de cinema "LÉA GARCIA - 90 ANOS"

Local: Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo

Período25 de maio a 23 de junho

Ingressos gratuitos, disponíveis em bb.com.br/cultura e na bilheteria física do CCBB SP

Classificação indicativa: de Livre a 16 anos (consultar programação)

Endereço: Rua Álvares Penteado, 112 – Centro Histórico – SP 

Entrada acessível: Pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida e outras pessoas que necessitem da rampa de acesso podem utilizar a porta lateral localizada à esquerda da entrada principal.

Funcionamento: aberto todos os dias, das 9h às 20h, exceto às terças-feiras

Informações: (11) 4297-0600

Estacionamento: O CCBB possui estacionamento conveniado na Rua da Consolação, 228 (R$ 14 pelo período de 6 horas – necessário validar o ticket na bilheteria do CCBB). O traslado é gratuito para o trajeto de ida e volta ao estacionamento e funciona das 12h às 21h.

Transporte público: O CCBB fica a 5 minutos da estação São Bento do Metrô. Pesquise linhas de ônibus com embarque e desembarque nas Ruas Líbero Badaró e Boa Vista.

Táxi ou Aplicativo: Desembarque na Praça do Patriarca e siga a pé pela Rua da Quitanda até o CCBB (200 m).

Van: Ida e volta gratuita, saindo da Rua da Consolação, 228. No trajeto de volta, há também uma parada no metrô República. Das 12h às 21h.

bb.com.br/cultura

instagram.com/ccbbsp | facebook.com/ccbbsp  |  tiktok.com/@ccbbcultura

E-mail: ccbbsp@bb.com.br

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

LÉA GARCIA – 90 ANOS  

25 de maio (sábado)

15h30 Abertura com Leonardo Amaral

16h Orfeu Negro, Marcel Camus (1959, 100’), 14 anos

26 de maio (domingo)

14h Ganga Zumba, Cacá Diegues (1963, 100’), 14 anos

16h O Dia de Jerusa, 12 anos

16h25 Feminino Plural, Vera de Figueiredo (1976, 72’), 12 anos

30 de maio (quinta)

17h A Negação do Brasil, Joel Zito Araújo  (2000, 92’), livre

31 de maio (sexta)

18h Billi Pig, José Eduardo Belmonte (2011, 98′), livre

01 de junho (sábado)

15h As Filhas do Vento, 14 anos/ Bate-papo com o realizador Joel Zito Araújo logo após a exibição do filme, 14 anos

17h30 O Pai da Rita, Joel Zito Araújo (2022, 97’), 12 anos

02 de junho (domingo)

14h Ladrões de Cinema, Fernando Coni Campos (1977, 127’), 12 anos

16h30 M8 – Quando a morte socorre a vida, Jeferson De (2020, 84’), 16 anos

06 de junho (quinta)

17h Cruz e Souza – O Poeta do Desterro, Sylvio Back (1988, 86’), livre

07 de junho (sexta)

17h A Deusa Negra, Ola Balogun (1978, 96’), 12 anos

08 de junho (sábado)

15h Compasso de Espera, Antunes Filho (1973, 94’) / Bate-Papo com Mariana Queen Nwabasili após a exibição do filme, 12 anos

18h Mulheres do Brasil, Malu di Martino (2006, 106’), 12 anos

09 de junho (domingo)

14h Ganga Zumba, Cacá Diegues (1963, 100’), 14 anos

16h15 O Pai da Rita, Joel Zito Araújo (2022, 97’), 12 anos

13 de junho (quinta)

16h As Filhas do Vento, Joel Zito Araújo (2005, 85’), 14 anos

14 de junho (sexta)

18h Mulheres do Brasil, Malu di Martino (2006, 106’), 12 anos

15 de junho (sábado)

15h O Forte, Olney São Paulo (1974, 90’), 12 anos

17h Cruz e Souza – Poeta do Desterro, Sylvio Back (1988, 86’), livre

16 de junho (domingo)

14h A Noiva da Cidade, Alex Viany (1978, 130’), 12 anos

16h30 M8 – Quando a Morte Socorre a Vida, Jeferson De (2020, 84’), 14 anos

20 de junho (quinta)

17h Feminino Plural, Vera de Figueiredo (1976, 72’), 12 anos

21 de junho (sexta)

16h Ladrões de Cinema, Fernando Coni Campos (1977, 127’) / Bate-Papo com Juliano Gomes após a exibição do filme, 12 anos

22 de junho (sábado)

14h O Forte, Olney São Paulo (1974, 90’), 12 anos

16h Compasso de Espera, Antunes Filho (1973, 94’), 12 anos

23 de junho (domingo)

14h A Noiva da Cidade, Alex Viany (1978, 130’), 12 anos

16h30 A negação do Brasil, Joel Zito Araújo (2000, 92’), livre

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.