Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Você sabe como é feita a caracterização de um personagem? – Especialista fala sobre a importância

A maquiagem é uma arte que tem o poder de transformar e criar personagens incríveis em filmes, novelas e séries

Cartão de Visita|

Malévola, interpretada por Angelina Jolie

A maquiagem é uma arte que tem o poder de transformar e criar personagens incríveis em filmes, novelas e séries. A caracterização é um processo complexo que envolve muitos elementos, como figurino e cabelo, mas a maquiagem, em particular, é uma ferramenta poderosa, já que pode ajudar a transmitir a personalidade, emoções e até mesmo a história de vida do personagem. 

“A maquiagem traz vida pro personagem. Geralmente as pessoas se identificam e acabam trazendo aquela parte da história para a realidade. Um exemplo clássico é a Malévola e seu icônico batom vermelho”, relata Beto Ramos, expert em maquiagem artística. 

De acordo com Beto, o processo de criação da make artística começa logo no início de um projeto, com diretores e autores da novela, filme ou série. “Recebemos um documento com os dados de cada personagem: classe social, onde mora, se é vilã ou mocinha, e toda esta construção vem com maquiagem e cabelo. Se a personagem é uma vilã assumida, por exemplo, ela é poderosa e anda sempre bem maquiada, e a partir disso criamos a sua identidade. Pode ser um batom vermelho, lápis evidentes nos olhos, entre outras características marcantes”.

Publicidade

“Quando o protagonista ou coadjuvante vive no campo, a escolha das sombras, pó, blush e toda a make tem que ajudar a mostrar essa imagem. Os tons serão mais terrosos para parecer mais rústico, sem muitas cores vivas, e assim vai de acordo com o contexto”, complementa.

No entanto, a representação de um personagem pode apresentar desafios, especialmente quando é inspirado em alguém que já existiu. Nesses casos, Beto explica que é preciso adaptar a maquiagem e outros elementos para que a ficção fique o mais próximo possível da realidade.

Publicidade

Na escolha dos elementos que vão dar identidade ao personagem, não há muitos critérios específicos. O mais importante é deixá-lo o mais próximo possível do que o autor imaginou. Além disso, Beto explica que a caracterização pode mudar ao longo de uma produção, mas o objetivo é sempre manter a identidade.

Fonte: Beto Ramos

Instagram: https://www.instagram.com/betoramos_oficial/

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.