Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Festival de Cannes: ‘Anora’, de Sean Baker, ganha Palma de Ouro

Prêmio do júri e o de atuação feminina foram dados a ‘Emilia Perez’; cineasta iraniano Mohammad Rasoulof levou prêmio especial

Cinema|Da Agência Estado

Sean Baker, diretor que venceu a Palma de Ouro do Festival de Cannes em 2024 (Reprodução/Instagram/@festivaldecannes)

O Festival de Cannes chegou ao fim neste sábado (25) com o anúncio da lista de vencedores e o ganhador da Palma de Ouro em 2024: Anora, do americano Sean Baker. Miguel Gomes levou a melhor como diretor com o Prix de la Mise en scène por Grand Tour. O Grand Prix do Festival de Cannes ficou para All We Imagine As Light, da diretora indiana Payal Kapadia.

Já Mohammad Rasoulof, que foi condenado por oito anos no Irã por “crimes contra a segurança nacional” por produzir filmes sem autorização do governo, recebeu um prêmio especial neste ano.

Os destaques de atuação ficaram para Jesse Plemons, de Kinds of Kindness, e um prêmio conjunto para cinco atrizes que integraram o elenco do longa Emilia Pérez: Adriana Paz, Zoe Saldaña, Selena Gomez. e Karla Sofía Gascón. Esta última, inclusive, foi a primeira mulher transgênero a ser premiada na categoria, e dedicou a estatueta “a todas as pessoas trans, que sofrem todos os dias”.

O Brasil também esteve presente no Festival de Cannes em 2024 com a exibição do longa Motel Destino, de Karim Aïnouz.

Publicidade

Os vencedores do Festival de Cannes em 2024

- Palma de Ouro: Anora (Sean Baker)

Publicidade

- Grand Prix: All We Imagine As Light (Payal Kapadia)

- Prix du Jury (prêmio do júri): Emilia Pérez (Jacques Audiard)

Publicidade

- Prix de la Mise en scène (melhor diretor): Grand Tour (Miguel Gomes)

- Prix Spécial: The Seed Of The Sacred Fig (Mohammad Rasoulof)

- Prêmio de interpretação masculina: Jesse Plemons (Kinds of Kindness)

- Prêmio de interpretação feminina: Adriana Paz, Zoe Saldaña, Karla Sofía Gascón, Selena Gomez (Emilia Pérez)

- Prix du Scénario (Roteiro): The Substance (Coralie Fargeat)

- Caméra d’or (melhor diretor estreante): Armand (Halfdan Ullmann Tøndel)

- Caméra d’or - menção especial: Mongrel (Wei Liang Chiang e You Qiao Yin)

- Palma de ouro de curta-metragem: The Man Who Could Not Remain Silent (Nebojša Slijepcevic)

- Menção Especial de curta-metragem: Bad For a Moment (Daniel Soares)

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.