Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Bárbara Evans revela ter sofrido depressão pós-parto: 'Eu chorava muito e não sentia felicidade'

A modelo acredita que o desmame foi um dos gatilhos para a doença e que a tristeza apareceu cerca de três meses após o parto 

Famosos e TV|Do R7

Bárbara Evans teve a filha, Ayla, por fertilização in vitro
Bárbara Evans teve a filha, Ayla, por fertilização in vitro Bárbara Evans teve a filha, Ayla, por fertilização in vitro

Bárbara Evans decidiu falar abertamente sobre depressão pós-parto. A modelo deu à luz a primeira filha, Ayla, em abril deste ano e contou que o sentimento de culpa veio três meses após o nascimento da menina.

"Eu sentia muita culpa, culpa de estar tomando banho e não estar com a bebê. Culpa de estar me alimentando sem ela no meu colo. E isso começou a virar uma tristeza dentro de mim, que eu não consegui fazer mais nada se ela não estivesse perto de mim. E mesmo ela perto, eu chorava muito e não sentia felicidade. Me culpava de novo por ter uma filha perfeita e não me sentir feliz. Eu via ela sorrindo para mim, e eu chorava me sentindo culpada por ter tudo que eu sempre sonhei e mesmo assim estar triste. Foi horrível", começou ela.

A influenciadora acredita que o desmame tenha sido um dos gatilhos para a depressão. "Senti que ela não precisava mais de mim! Mas sabia que era o melhor para nós duas. Nós mães sabemos o que é o melhor para nosso bebê. E não vou colocar em pauta esse assunto porque cada mãe é única, e nós temos que respeitar umas às outras."

Uma seguidora questionou como ela conseguiu esconder a tristeza no Instagram, e ela respondeu: "Eu sempre contei tudo para vocês, mas eu não tinha vontade de pegar no telefone. Não tinha vontade de levantar da cama. Por isso não compartilhei na época. Eu nem queria conversar com as pessoas, mas era visível que eu não estava bem. Na verdade, eu nem conseguia aparecer aqui. Eu aparecia pouco, só quando eu estava melhorzinha! E não durou muito, procurei fazer coisas que me traziam felicidade. Uns 20 dias".

Bárbara disse que a família e a fé foram fundamentais para ela se recuperar.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.