Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Bruna Marquezine relembra namoro conturbado com Neymar: 'Terminava uma vez por mês'

A atriz admitiu ter sofrido muito com as fofocas e a curiosidade da mídia em torno de sua vida pessoal, aos 18 anos

Famosos e TV|Do R7

Bruna Marquezine e Neymar viveram um romance marcado por algumas idas e vindas
Bruna Marquezine e Neymar viveram um romance marcado por algumas idas e vindas Bruna Marquezine e Neymar viveram um romance marcado por algumas idas e vindas

Bruna Marquezine relembrou seu crescimento em frente às telinhas desde que interpretou Salete, em Mulheres Apaixonadas. Durante sua participação no Quem Pode, Pod, comandado por Fernanda Paes Leme e Giovanna Ewbank, a artista disse ter sofrido com a objetificação de seu corpo depois que completou 18 anos e falou sobre seu namoro com Neymar, marcado por muitas idas e vindas entre 2013 e 2018.

"Foi muito sofrido. Ninguém te avisa e ninguém te prepara. Naquele momento, eu não recebi o suporte que eu precisava. Nem minha mãe sabia muito o que fazer e todos os dias tinham fofocas novas", disse ela sobre seu personagem Lurdinha, de Salve Jorge, que considera ter sido sua grande virada de criança para mulher.

"Logo depois disso tudo, junto com a Lurdinha, eu comecei a namorar outra pessoa muito famosa, e não era uma escolha nossa se o relacionamento seria exposto ou não, simplesmente era. Fui entendendo muita coisa ao mesmo tempo e não entendendo nada também. Quando chegou no fim, saí muito mais forte, mas muito machucada também. Foi um processo natural, fui entendendo que muito mais valia ser um exemplo real do que uma perfeição, que a gente sabe que não existe", contou.

Bruna afirmou ter tentado se encaixar em um padrão imposto pela mídia, mas gradativamente foi entendendo mais sobre si mesma e se importando menos com a opinião alheia.

Continua após a publicidade

"Tentava me enquadrar e tentar vender uma personalidade perfeita, num namoro perfeito, enquanto a gente terminava e voltava uma vez por mês, meu emocional estava no pé, com vários ataques. Não tinha nada de anormal na minha vida para uma menina de 18 anos, mas eu estava em uma lupa e isso rendia, e rende até hoje, cliques e vendas. Mas fui entendendo que não conseguia ser esse personagem e não tenho a menor paciência para ele", completou.

Assista ao vídeo:

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.