Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Homem que agrediu Victor Meyniel é indiciado por lesão corporal e porteiro por omissão de socorro

No último fim de semana, o ator foi espancado na portaria de um prédio na zona sul do Rio de Janeiro

Famosos e TV|Do R7

Victor Meyniel foi espancado por homem que conheceu em balada
Victor Meyniel foi espancado por homem que conheceu em balada Victor Meyniel foi espancado por homem que conheceu em balada

Yuri Moura Alexandre, o homem que agrediu o ator Victor Meyniel, foi indiciado pela Polícia Civil do Rio de Janeiro. No último fim de semana, o comediante foi espancado na portaria de um prédio em Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro. O porteiro, que assistiu à cena e não interferiu, também foi indicado.

Yuri Moura Alexandre vai responder pelos crimes de lesão corporal, injúria por homofobia e uso de documento falso. Ele continua preso.

Já Gilmar José Agostini, o porteiro, foi indiciado por omissão de socorro. Nas imagens das câmeras de segurança, é possível ver que o porteiro estava ao lado do agressor e da vítima e não fez nada. Após o espancamento, ele apenas arrastou o ator para liberar a passagem.

• Compartilhe esta notícia no WhatsApp

Publicidade

• Compartilhe esta notícia no Telegram

Recentemente, o artista disse que tem pensado bastante na agressão e refletido sobre o que viveu. "Estou revisitando muito o acontecido. Às vezes é bom revisitar, reviver, porque é um ato de dessensibilização, que eu aprendi com a terapia, e é muito importante, até para superar traumas. A gente vai revisitando, revivendo e isso vai sendo dessensibilizado da gente. É uma etapa para a cura emocional do ocorrido", disse.

Publicidade

A agressão

O suspeito, que mentiu para a polícia dizendo que era médico militar, está preso, e o porteiro que trabalha no edifício e viu a cena vai responder por omissão de socorro.

De acordo com informações da Record TV Rio, a história começou quando Yuri de Moura Alexandre, o agressor, e Victor, a vítima, se conheceram em uma boate na noite anterior ao incidente. Yuri convidou Victor para ir ao apartamento dele.

Publicidade

A noite corria normalmente até que uma amiga do suspeito chegou e viu os dois. A partir desse momento, o homem começou a ser ríspido com o humorista e o expulsou do local.

Victor desceu para a portaria pelo elevador, e o agressor foi atrás, pela escada. Ao chegar, o ator foi agredido com diversos socos, e o momento foi flagrado pelas câmeras de segurança do edifício.

No vídeo, também é possível ver o porteiro imóvel diante das agressões. De acordo com a delegada Débora Rodrigues, ele vai responder por omissão de socorro, mas provavelmente não será preso.

O homem, que está detido no presídio de Benfica, na zona norte, responde pelos crimes de lesão corporal, falsidade ideológica e injúria homofóbica.

Início do mês é marcado por tragédias no mundo dos famosos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.