Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Maria Lina se pronuncia sobre suposta dívida com faculdade: 'Me chamaram de caloteira'

Ex de Whindersson Nunes admitiu dever a instituição anos atrás, mas afirmou que os pagamentos foram todos feitos em 2020

Famosos e TV|Do R7

Maria Lina disse que a faculdade retirou o processo contra ela
Maria Lina disse que a faculdade retirou o processo contra ela Maria Lina disse que a faculdade retirou o processo contra ela

Maria Lina Deggan usou suas redes sociais para se pronunciar sobre uma suposta dívida que teria com a Fundação Universidade Regional de Blumenau (FURB) por falta de pagamento pelo curso de engenharia civil. Em uma sequência de Stories compartilhados em seu Instagram, a influenciadora disse que foi chamada de "caloteira".

De acordo com informações divulgadas pela colunista Fabia Oliveira, a influenciadora estava sendo processada pela instituição, onde começou a estudar em 2017, por conta de uma dívida de R$ 6,4 mil. O valor da causa ultrapassaria R$ 13 mil atualmente.

"É importante desmentir, falar a verdade. Nunca foi segredo nenhum que realmente sempre devi muito a faculdade. Não tenho nada contra quem deve por bolsa, sapato ou bolsa, mas eu nunca devi isso, sempre devi faculdade para estudar, para dar uma vida melhor para mim e para minha família. Queria ter um emprego melhor para quando tivesse um filho. Sempre pensei no futuro. Não tinha dinheiro, tentava bolsa, conseguia um pouco, conseguia financiamento, fazia dívida, renegociava. Sempre falei sobre isso, nunca escondi de ninguém", começou ela.

Maria Lina não desmentiu as dívidas, mas afirmou que todas foram pagas em 2020. "As minhas dívidas de faculdade foram absolutamente todas pagas em 2020, não sobrou um centavo para eu pagar. A notícia não era que eu tinha uma dívida com a faculdade. A notícia era que eu dei um calote e estava sendo processada porque não paguei a dívida. Me chamaram de caloteira, como se eu tivesse vivendo uma vida muito melhor do que vivia antes e não tivesse pago a minha dívida", disse.

Publicidade

Assim que viu a notícia sobre a suposta dívida, a influenciadora contou que procurou seu advogado, os dois ligaram para FURB, que confirmou os débitos. A ex-noiva de Whindersson Nunes contestou e enviou os comprovantes dos pagamentos realizados em 2020. 

"Mandei todas as notas e eles reconheceram que o pagamento foi feito. Removeram a ação contra mim, porque era uma ação indevida. Tudo certo e resolvido com a FURB. Fizeram uma nota esclarecendo a situação", completou.

Após a divulgação da notícia, a faculdade emitiu uma nota reconhecendo os pagamentos feitos por Maria.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.