Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Odair Braz Jr - Blogs
Publicidade

Caso de Gabigol com a camisa do Corinthians mostra que futebol é habitado por gente com idade mental de 12 anos

Chega uma hora na vida que a gente, até mesmo no mundo do futebol, tem de deixar a 5ª série para trás

Odair Braz Jr|Odair Braz Jr.Opens in new window

A fatídica foto de Gabigol com a camisa do Corinthians (Reprodução)

O noticiário foi invadido na última quinta-feira (16) pela foto do jogador Gabigol vestindo a nova camisa número 2 do Corinthians e se instalou uma celeuma. Parecia que o assunto era uma urgência, uma questão de Estado ou mais importante que a tragédia no Rio Grande do Sul. Uma loucura generalizada e uma bobajada sem tamanho, vamos combinar.

Em primeiro lugar, onde é que está escrito que um jogador é proibido de usar a camisa de algum outro time que não o seu durante o horário de folga e na privacidade de sua casa? Tem isso em contrato? Alguém já decretou esta “lei” em algum momento da história? “Ah, mas moralmente não pode, é errado”. Sério? Quem disse? Onde está o crime?

Uma coisa é Gabigol, jogador do Flamengo, sair pelas ruas do Rio de Janeiro com a camisa de um outro time qualquer. Ok, não pegaria bem, afinal ele é contratado da agremiação da Gávea etc e tal. Outra coisa completamente diferente é ele vestir a camisa do Corinthians durante uma festa em sua casa. Errado não é Gabigol, mas sim o “amigo” que fez a foto e a espalhou.

VEJA TAMBÉM

Esta já foi uma atitude de idade mental de 12 anos do “broder” do Gabriel. E aí a coisa só foi escalonando. O jogador também mostrou que tem 12 anos mentais ao sair dizendo para a imprensa que a foto era falsa, coisa que obviamente não era. Assumisse logo o negócio e boa.

Publicidade

Depois disso foi a vez do Flamengo mostrar que tem dirigentes com 12 anos de idade ao se indignar e fazer beicinho por causa da tal foto. Só faltou chorar. O time carioca seguiu com a infantilidade ao punir seu atleta com a perda da camisa de número 10 que usa.

Sério isso, gente? Punir o jogador porque ele estava EM SUA CASA, em HORÁRIO DE FOLGA, usando a camisa 2 do Corinthians? Que, aliás é bem bonita e tem inspiração antirracista. Houve até quem pediu a rescisão do contrato de Gabigol com o Flamengo. Olha isso!

Publicidade

E, vamos lá, nem corinthiano Gabriel é. Precisava mesmo de todo esse exagero? Estava apenas vestindo uma das centenas de camisas de outras equipes que qualquer jogador ganha. Ele não pode usá-las nunca? Nunquinha?

Às vezes, mesmo no futebol, é legal ter atitudes maduras tomadas por adultos. Chega uma época na vida em que a gente tem de deixar a 5ª série, amigos.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.