Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Odair Braz Jr - Blogs
Publicidade

Depois de golpe de marketing com choradeira na TV, músicas de Luísa Sonza disparam nos streamings

Cantora (mais gravadora) atua agressivamente para divulgar seu mais novo disco, lançado há poucas semanas

Odair Braz Jr|Do R7

Luísa em show recente em São Paulo
Luísa em show recente em São Paulo Luísa em show recente em São Paulo

Deu certo! Deu supercerto. A revelação de Luísa Sonza num programa de TV, em que contou aos prantos que foi traída por Chico, seu namoradinho, deu resultado imediato. Neste momento, a música Chico, recém-lançada e dedicada ao seu agora ex, é a faixa mais ouvida da cantora num popular streaming de música. Já soma 27.391.681 execuções, que explodiram desde a revelação do caso. Ultrapassou fácil Campo de Morango, que foi lançada também há pouco tempo com um clipe superpolêmico que gerou muito debate na internet.

Outra música de Luísa que está em ascensão é Principalmente Me Sinto Arrasada, que já ocupa a quinta posição entre as mais ouvidas da moça na mesma plataforma, com quase 13 milhões de execuções.

No site de venda de músicas da Apple, Principalmente... está na primeira posição dos singles mais vendidos. Chico é a terceira colocada.

Não dá mesmo para negar que Luísa é muito boa marqueteira. Não dá ponto sem nó. Aliás, nem ela e nem sua equipe. Todo mundo de parabéns nesse caso. E considerando aqui que ela foi mesmo traída e que tem todo o direito de detonar o Chico, veja.

Publicidade

Em 2022, a Sony Music contratou Luísa a peso de ouro — fala-se em cifras em torno de R$ 100 milhões. Consegue entender agora a agressividade na divulgação deste trabalho mais recente da cantora? O nome do álbum, inclusive, é Escândalo Íntimo. Coincidências não existem.

Seja do jeito que for, a cantora precisa se manter em evidência, aparecer o máximo que puder na mídia, mesmo que isso custe, por exemplo, expor sua vida num nível inimaginável, como fez esta semana com o chororô fabricado na TV. E assim Luísa vai se popularizando, de polêmica em polêmica, de armação em armação, de exposição em exposição. No fim das contas, é o que ela tem a oferecer, porque se depender da música...

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.