Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Sony, Warner e Universal vão à Justiça contra empresa de Elon Musk nos Estados Unidos

Pedido de indenização por violação de direitos autorais, que prejudica criadores de música, é de cerca de R$ 1,2 bilhão

Entretenimento|

O bilionário naturalizado americano Elon Musk
O bilionário naturalizado americano Elon Musk O bilionário naturalizado americano Elon Musk

As maiores editoras musicais do mundo, como Sony, Warner e Universal, entraram, na semana passada, com uma ação judicial nos Estados Unidos contra a X Corp, empresa de Elon Musk, pelo uso de músicas no Twitter sem o pagamento de direitos autorais.

O pedido de indenização por infração desses direitos é de US$ 250 milhões, cerca de R$ 1,2 bilhão.

Um representante das editoras disse ao site Music Business Worldwide que o Twitter, do qual Elon Musk agora é dono, é a única grande rede social que não paga direitos às editoras pelo uso de músicas na plataforma.

VEJA MAIS: Elon Musk é retratado por IA aos beijos com robôs femininos

Publicidade

" gallery_id="6474baa0c012ad1acc000035" url_iframe_gallery="entretenimento.r7.com/sony-warner-e-universal-vao-a-justica-contra-empresa-de-elon-musk-nos-estados-unidos-18062023"]

Outros nomes de peso entre as plataformas, como Spotify, YouTube, Facebook, Instagram e TikTok, estão entre os que já fizeram acordo com as multinacionais do setor da música para licenciar o uso dessas faixas.

Publicidade

Compartilhe esta notícia no WhatsApp

• Compartilhe esta notícia no Telegram

Publicidade

Na denúncia, obtida pelo site, os editores argumentam que "o Twitter alimenta seus negócios com inúmeras infrações em relação a composições musicais, violando os direitos exclusivos dos editores e de outros sob a lei de direitos autorais".

Violações

O texto no processo acrescenta: "Embora vários concorrentes do Twitter respeitem a necessidade de licenças e acordos adequados para o uso de composições musicais em suas plataformas, o Twitter não o faz e, em vez disso, gera violações maciças de direitos autorais que prejudicam os criadores de música".

Até agora, Elon Musk e o Twitter ainda não se pronunciaram sobre a ação. 

VEJA TAMBÉM: Espiral de luz aparece no céu, e a principal suspeita é que tenha sido causada por foguete de Elon Musk

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.