Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Mancha Verde leva para a avenida a história de Mário Lago

A agremiação foi a terceira a entrar no sambódromo no primeiro dia

Carnaval 2013|Do R7


Viviane Araújo é a rainha de bateria da escola de samba Mancha Verde
Viviane Araújo é a rainha de bateria da escola de samba Mancha Verde MARCOS BEZERRA/FUTURA PRESS

Quarta colocada do Carnaval do ano passado, a escola de samba Mancha Verde trouxe para o Sambódromo do Anhembi o samba-enredo “Mário Lago — Um homem do século XX”. A agremiação foi a terceira a desfilar no primeiro dia do Carnaval em São Paulo e entrou na avenida por volta das 2h deste sábado (9).

A rainha da bateria Viviane Araújo, vencedora da última edição de A Fazenda, entrou na avenida com uma fantasia dourada, com plumas.

— Não tenho explicação do que eu sinto de estar aqui. Sou Mancha Verde até morrer.

Leia mais notícias sobre o Carnaval 2013

Publicidade

Veja fotos da Juju e de Vivi Araújo na avenida

Juju Salimeni, do programa Legendários, entrou na avenida com a fantasia de Aurora, música famosa de Mário Lago. A loira contou que tem pouco de Aurora, pois "tem vaidade".

Publicidade

Juju está com o corpo todo pintado e apliques azuis nas pontas dos cabelos. Ela contou que terminou a pintura na concentração e disse sobre a "dieta" que fez para o desfile.

— Passei fome para o Carnaval. Terminando o desfile, vou comer chocolate.

O desfile terminou pouco depois das 3h deste sábado e, com isso, a escola terminou sem atrasos.

Mário Lago

Grande compositor, é de autoria de Lago duas das marchinhas de Carnaval mais conhecidas do Brasil: “Aurora” e “Ai que saudades da Amélia”. Um homem de muitas facetas, ele também já foi advogado, poeta, radialista e ator.

Na década de 30, ele escreveu, junto com o compositor João de Barro, o roteiro da comédia musical “Banana da Terra”, em que Carmen Miranda aparece cantando o clássico “O que é que a banana tem”.

Como ator, fez sucesso em novelas como Selva de Pedra, Dancin’ Days e Pecado Capital. Morreu em 2002 na sua própria casa.

Quatro anos depois, o concurso nacional de marchinhas carnavalescas é criado na Fundição Progresso na Lapa, no Rio de Janeiro, com o prêmio Mário Lago.

Mancha Verde

Presidente: Paulo Serdan

Carnavalesco: Troy Orh

Rainha de bateria: Viviane Araújo

Intérprete: Fredy Vianna

Classificação em 2012: 4ª Colocada

Enredo: Mario Lago – Um homem do século XX

Veja mais notícias na nova home do R7

Leia também

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.