Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Robert de Niro está 'isolado e deprimido' após morte do neto

Segundo informações do portal britânico Mirror, o astro ainda não processou a perda do familiar e preferiu ficar sozinho em casa

Famosos e TV|Do R7

Robert De Niro está isolado após morte do neto
Robert De Niro está isolado após morte do neto Robert De Niro está isolado após morte do neto

O ator Robert De Niro estaria enfrentando uma tristeza profunda após a morte do neto Leandro De Niro Rodriguez. Segundo informações do portal britânico Mirror, o astro ainda não processou a perda do familiar e preferiu se isolar completamente em casa. A única vez que o ator falou sobre o ocorrido foi um dia após a confirmação da morte do neto. Em comunicado, De Niro afirmou estar "profundamente angustiado" e pediu privacidade aos fãs.

Leandro morreu no último dia 2, aos 19 anos. Ele era filho da primogênita de Robert, Drena De Niro. A mãe do jovem é filha do ator com a também atriz Diahnne Abbott. Assim como o avô, ele também atuava e chegou a participar do filme Nasce uma Estrela (2018), ao lado da mãe.

De acordo com uma fonte ouvida pelo site, o astro apoiava a carreira do neto e tinha muito carinho por ele. "Ele foi para um lugar muito escuro [com a morte de Leandro]. Todos estão rezando para que ele encontre a força de que precisa para continuar", também disse um amigo próximo.

A única aparição pública de De Niro após a confirmação da morte do neto foi no velório, na última sexta-feira (7). Cliques de paparazzi mostram que o ator entrou sozinho no local e parecia abatido. Além de pegar toda a família de surpresa, a notícia trágica veio logo após uma novidade animadora. Aos 79 anos, ele confirmou, em maio, o nascimento do sétimo filho.

Publicidade

Causa da morte foi confirmada

Leandro De Niro Rodriguez foi encontrado morto em seu apartamento, em Manhattan, Nova York, no último dia 2. No primeiro momento, a causa da morte não foi revelada. No entanto, a mãe do jovem respondeu um comentário no Instagram que especulava a possível causa do seu falecimento.

Em uma mensagem publicada no último domingo, 7, Drena De Niro afirmou que o filho morreu devido a uma overdose. "Alguém vendeu pílulas com fentanil para ele, mesmo sabendo que estavam misturadas", escreveu. A substância é um opioide sintético indicado para o tratamento de dores intensas. De acordo com a DEA (Drug Enforcement Administration), o fentanil é a principal causa da morte de americanos com menos de 50 anos.

Na rede social, Drena tem feito uma série de publicações em homenagem ao filho. Na mais recente, publicada na segunda 10, ela escreveu: "Estou com muitas saudades do meu garoto. Cada dia te entendo melhor. Você se foi e sempre será um presente. Cuide da nossa Daisy [animal de estimação da família] e deixe que ela também cuide de você".

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.