Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Música
Publicidade

Kendrick Lamar levanta público com show eletrizante e cheio de hits

Além do rapper, Thundercat, Sofi Tukker, Iza e mais artistas se apresentaram em um festival de música neste domingo (5) 

Música|Giullyana Aya Lourenço, do R7

Kendrick foi aclamado por fãs durante o show
Kendrick foi aclamado por fãs durante o show Kendrick foi aclamado por fãs durante o show

O festival GPWeek — que teve a primeira edição no ano passado — aconteceu neste fim de semana, no Allianz Parque, em São Paulo, e contou com a presença de diversos artistas, tanto nacionais quanto internacionais. No dia 4 de novembro, o evento contou com shows de Halsey, Machine Gun Kelly, Swedish House Mafia, JXDN e Hodari. Já no dia 5, Kendrick Lamar, Thundercat, Sofi Tukker, Iza e Tasha e Tracie foram destaques.

No segundo dia de festival, a grande atração foi o rapper Kendrick Lamar. Porém, o primeiro show do evento foi o de Tasha e Tracie. As gêmeas do Jardim Peri, na zona norte de São Paulo, levaram o melhor do rap e do funk ao público, com o hit Sou Má, parceria com a Ludmilla, SUV e mais músicas.

As gêmeas cantaram o hit 'Sou Má', parceria com Ludmilla
As gêmeas cantaram o hit 'Sou Má', parceria com Ludmilla As gêmeas cantaram o hit 'Sou Má', parceria com Ludmilla

Iza foi outro destaque do dia. A cantora esbanjou simpatia e interagiu — e muito — com a plateia. Ela apontou para alguns fãs, fez "coraçãozinho" com a mão e mandou beijos. Além de cantar os hits mais antigos, como Pesadão e Dona de Mim, a artista inovou e fez um show diferente do usual. Ela chamou o rapper L7nnon para cantar a parceria Fiu Fiu, e o cantor aproveitou para dar uma "palinha" de Ai Preto,que "bombou" no ano passado e conta com mais de 350 milhões de visualizações nas plataformas de streaming.

Além disso, Iza correu no meio da plateia — que contou com a presença do músico jamaicano-americano Masego, dono do hit Tadow — enquanto cantava Sintoniza, parceria com o rapper Djonga. Ela cumprimentou fãs e tirou várias selfies. A equipe musical da cantora também fez um compilado de canções de Beyoncé, e, durante a apresentação inteira, ela não deixou de entreter o público.

Publicidade
Iza esbanjou simpatia durante o show e chamou o rapper L7nnon ao palco
Iza esbanjou simpatia durante o show e chamou o rapper L7nnon ao palco Iza esbanjou simpatia durante o show e chamou o rapper L7nnon ao palco

A dupla de música eletrônica Sofi Tukker (formada por Sophie Hawley-Weld e Tucker Halpern) conquistou o público, também com muita simpatia. Sofi falou em português o show inteirinho e mostrou que é apaixonada pelo país. Ela até cantou uma música especial que fez dedicada ao Brasil, toda em língua portuguesa.

Os dois também fizeram um jogo com a plateia, um tipo de competição entre o Brasil e os Estados Unidos, em que no telão apareciam os pontos de cada país, que consistiam em qual público era mais animado. E, é claro, o Brasil não decepcionou em nenhum momento. Para fechar, Sofi e Tukker levaram as brasileiras Mari Merenda e Sophia Ardessore ao palco para cantar a parceria Veneno.

Publicidade
Sofi Tukker fez 'batalha' entre Brasil e Estados Unidos
Sofi Tukker fez 'batalha' entre Brasil e Estados Unidos Sofi Tukker fez 'batalha' entre Brasil e Estados Unidos

O multi-instrumentista Thundercat, do hit Them Changes, ou "Nobody move, there's blood on the floor", que virou trend no TikTok, provou que vai muito além de "modinhas" das redes sociais. Ele deixou o público de boca aberta e vidrado com a qualidade impecável do show, cheio de solos de baixo e piano e influências de jazz, de hip-hop americano e até de músicas de videogame dos anos 1990.

Thundercat também cantou a música Overseas, que fala sobre viagens ao redor do mundo. Ele disse que a letra da canção foi escrita após uma viagem dele ao Brasil e deixou claro que todos os seus músicos favoritos são daqui. O show foi um ótimo precedente de Kendrick Lamar, até porque o rapper é superamigo do músico, que inclusive foi o baixista do álbum To Pimp a Butterfly, um dos clássicos de Kendrick.

Publicidade
Thundercat deixou os fãs vidrados com espetáculo
Thundercat deixou os fãs vidrados com espetáculo Thundercat deixou os fãs vidrados com espetáculo

A última e grande atração da noite foi Kendrick Lamar. O show do rapper lotou o estádio e foi de arrepiar, além de ter sido aclamadíssimo pelo público, que não parou de pular por um minuto sequer. N95, sucesso do álbum Mr. Morale & The Big Steppers, foi a música escolhida pelo artista para iniciar a apresentação. Teve até "mosh pit" — como é chamada a rodinha formada no meio de shows em que os fãs se empurram e dançam energicamente —, de tanto que a plateia ficou emocionada.

A banda de Kendrick ficou "escondida" na lateral do palco, o que fez com que o rapper tivesse o espaço inteiro para si. Porém, demorou pouco para que os dançarinos dublês do artista entrassem no palco para fazer uma espécie de dança robótica. O show foi recheado de hits e não se restringiu apenas ao álbum Mr. Morale & The Big Steppers, o mais recente do cantor. A sequência de Loyalty e DNA, hits do álbum Damn, levaram os fãs à loucura.

Kendrick também mostrou muita simpatia e diversas vezes elogiou o público brasileiro, além de assinar o disco de vinil To Pimp a Butterfly de um dos fãs que estavam na plateia. Depois desse momento, o rapper ainda chamou Thundercat para o show e fez um momento icônico acontecer: a primeira vez em que os dois estiveram em um palco juntos, mesmo com tantos anos de amizade e parceria. 

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

Assine a newsletter R7 em Ponto

Antes de encerrar o show, Kendrick ainda fez uma surpresa para os fãs brasileiros. Ele saiu do palco e fingiu, por alguns minutos, que a apresentação havia acabado. Porém, voltou com tudo e fez o chão do Allianz Parque estremecer com Be Alright. "Brasil, eu amo vocês. Essa noite foi especial, de verdade, eu vou voltar", disse Kendrick antes de dar o "verdadeiro adeus".

Kendrick mostrou genialidade e emocionou os fãs durante show
Kendrick mostrou genialidade e emocionou os fãs durante show Kendrick mostrou genialidade e emocionou os fãs durante show

Perrengue até o último minuto! Fã de RBD quase fica sem ingresso após esquecer senha do cartão

" gallery_id="63dd7347416eb9f00d000062" url_iframe_gallery="entretenimento.r7.com/musica/gpweek-kendrick-lamar-levanta-publico-com-show-eletrizante-e-cheio-de-hits-06112023"]

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.