Logo R7.com
Logo do PlayPlus
RPet
Publicidade

Poodle: conheça a segunda raça de cachorro mais inteligente do mundo 

Especialistas apontam de onde vem a astúcia do animal e explicam origem, comportamento e cuidados de que esses bichos precisam

RPet|André Barbeiro*, do R7

A raça poodle teve origem na Alemanha, no século 11
A raça poodle teve origem na Alemanha, no século 11 A raça poodle teve origem na Alemanha, no século 11

Conhecidos como uma das raças mais inteligentes do mundo, os poodles datam do século 11, durante a Europa Medieval, e nasceram na região onde hoje fica a Alemanha. O animal foi inicialmente utilizado como cão de caça de aves aquáticas — ele inclusive ia atrás delas quando caíam na água. Sua pelagem encaracolada, segundo os especialistas, ajudava na proteção contra as baixas temperaturas.

A veterinária Livia Romeiro explica o motivo da famosa tosa "pompom": "Os pelos deveriam estar apenas nos lugares onde o cão precisa de aquecimento, deixando o resto livre para ele conseguir nadar sem complicações."

Clique aqui e receba as notícias do R7 no seu WhatsApp

Compartilhe esta notícia pelo WhatsApp

Publicidade

Compartilhe esta notícia pelo Telegram

"Na classificação de inteligência de cachorros, o poodle está em segundo lugar, perdendo só para o border collie", conta ela, citando a teoria de Stanley Coren no livro A Inteligência dos Cães: um Guia para os Pensamentos, Emoções e Vidas Internas de Nossos Companheiros Caninos, de 1994, que os avalia de acordo com obediência e inteligência de trabalho.

Publicidade

"Os poodles são cães que se adaptam bem a famílias com crianças. Eles são brincalhões e tolerantes, e gostam de se divertir. No entanto, é importante supervisionar as interações com os pequenos, pois os cães podem ficar agitados ou estressados com muitos estímulos", aponta Esther Halfon, veterinária integrativa.

Fernando Lopes, adestrador e comportamentalista animal, diz que esses pets precisam estar sempre em contato com os humanos, mas alerta: "É uma raça ciumenta. Em uma família, ele se apega a apenas um tutor e passa a proteger essa pessoa. Por isso, é um bicho que sofre muito de ansiedade de separação. É bom que o tutor tenha sempre ter mais de um, para que façam companhia um para o outro".

Publicidade

Cuidados com a saúde

Esther diz que os poodles são cachorros relativamente saudáveis, mas há alguns problemas de saúde que podem se destacar, como os oculares e os ortopédicos. "Com a idade avançada, a tendência de surgirem cataratas ou glaucomas é comum", cita.

"Mas, com uma alimentação bioapropriada, cuidados com modulação hormonal, exames de rotina e de saúde mental, todos esses problemas podem nunca surgir."

A veterinária lembra que cuidados regulares como banhos, escovação e tosa também são importantes. "A pelagem dos poodles deve ser escovada diariamente para evitar nós e emaranhados. A tosa deve ser feita a cada seis ou oito semanas, dependendo do tipo de pelagem", indica.

VEJA MAIS: Cezar Black, Rachel Sheherazade, Radamés e mais: veja os peões de 'A Fazenda 15' que têm pets

*Sob a supervisão de Vivian Masutti

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.