Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Entre Pets e Beijos
Publicidade

Pequenos selvagens, verdadeiros pacotinhos de rancor!

Qual é a explicação para tanta bravura em corpos tão leves? Por que os pequenos são tão enfezados?

Entre Pets e Beijos|Do R7 e Lidiane Shayuri Hayashi


Valentia concentrada!
Valentia concentrada!

Pequenos, levinhos, com aparência frágil, mas cheios de personalidade. Aliás, a atitude é tudo no mundo animal. Quem aí já deparou com a cena de um baixinho botando gigantes para correr só na base da postura e do "bom gogó"? Há aqueles que certamente nunca pararam para pensar no seu real tamanho, e quando estão perto do tutor são capazes de partir para cima de um prédio de 20 andares! Eu mesma tenho um pacotinho de valentia em casa! Amora pesa pouco mais de 10 quilos, é a minha sombra e dentro de casa seria incapaz de atacar alguém, mas, quando eu saio para passear com ela na guia e ela percebe a presença de animais que podem imaginar qualquer tipo de aproximação... Aí literalmente o bicho pega! Sabendo disso e contando que ela sempre está bem segura com coleira e guia, às vezes eu permito que ela se sinta à vontade e faço flagrantes como esse abaixo. A falta de noção dela ao tentar afrontar um Dálmata me impressiona:

O que explica esse comportamento? Será que a raça, a criação ou fatores externos podem contribuir na formação de perfis tão alarmantes? Sabia que broncas podem ser um reforço para maus comportamentos? Pois é!! Veja agora o que fazer para que o próprio pet tenha uma postura menos estressante. O adestrador comportamental Guilherme Macedo explica essas questões:

Por aqui, ninguém solta a pata de ninguém!

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.