Logo R7.com
Logo do PlayPlus
RPet
Publicidade

RGA: saiba o que é e como tirar o documento do seu pet

Animais também precisam de identificação e registro auxilia na localização dos responsáveis caso o bichinho se perca; em São Paulo é obrigatório por lei

RPet|Do R7

Coleira com plaquinha de identificação auxilia na localização dos tutores
Coleira com plaquinha de identificação auxilia na localização dos tutores Coleira com plaquinha de identificação auxilia na localização dos tutores

Como as pessoas, os pets também precisam ter um registro próprio, o RGA (Registro Geral Animal), que serve para identificar o bichinho com segurança e, no caso de desaparecimento, facilita a localização dos tutores.

Em São Paulo, o registro é obrigatório por lei (lei municipal nº 13.131/2001). O RGA é uma carteira digital, timbrada e numerada. O documento reúne os dados do tutor e do animal. Faz parte do registro uma plaqueta de identificação com número de identificação, que deverá ser fixada à coleira do animal. Por meio do documento é possível consultar o histórico de vacinas e outras atividades do pet. 

RGA também traz informações sobre vacina
RGA também traz informações sobre vacina RGA também traz informações sobre vacina

O documento pode ser solicitado gratuitamente. Para isso, os tutores precisam reunir os seguintes documentos:

- Foto do animal (que constará na carteirinha);

Publicidade

- Documento de identificação oficial do tutor (responsável) com foto e número de RG e CPF;

- Atestado de vacinação contra raiva do animal com assinatura de médico-veterinário particular ou comprovante de vacinação emitido pela prefeitura.

Publicidade

- Comprovante de endereço atualizado (emitido em até 90 dias) e no nome do responsável pelo animal;

Em São Paulo, o registro pode ser obtido pela internet no portal da prefeitura. Basta acessar o site, preencher o formulário e encaminhar, pelo próprio sistema, os documentos necessários. A carteirinha será enviada por email. Caso o tutor queira imprimir o documento, é possível baixar o arquivo.

Publicidade

Quem preferir pode fazer a solicitação presencialmente. Após agendamento, é necessário comparecer a uma das praças de atendimento (endereços no site da prefeitura) com os documentos obrigatórios.

O documento de identificação é único e permanente. Também é a maneira mais eficaz para identificar um animal perdido porque todas as informações do tutor estão contidas no documento.

Além do RGA, para facilitar a localização dos bichinhos, os responsáveis pelos pets podem colocar o nome e telefone na plaquinha presa à coleira.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.