Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Viva a Vida
Publicidade

Muito mais do que Sushi: Conheça a riqueza da culinária asiática

Flipar

Flipar|Do R7

A culinária asiática tem delícias típicas de diversos países do continente. Maravilhas de combinações que surpreendem.
A culinária asiática tem delícias típicas de diversos países do continente. Maravilhas de combinações que surpreendem. A culinária asiática tem delícias típicas de diversos países do continente. Maravilhas de combinações que surpreendem.
No Brasil, o sushi , feito com arroz e algas, é popular. Mas a Ásia tem muitas delícias pouco conhecidas, que são apreciadas pela população e atraem a atenção dos visitantes. Veja algumas:
No Brasil, o sushi , feito com arroz e algas, é popular. Mas a Ásia tem muitas delícias pouco conhecidas, que são apreciadas pela população e atraem a atenção dos visitantes. Veja algumas: No Brasil, o sushi , feito com arroz e algas, é popular. Mas a Ásia tem muitas delícias pouco conhecidas, que são apreciadas pela população e atraem a atenção dos visitantes. Veja algumas:
Guioza: tipo de dumpling, “bolinho em inglês”, comumente consumido na China e em outras partes da Ásia Oriental. Parece um pastelzinho fino vaporizado e recheado com carne moída de porco e/ou vegetais, servido com molho shoyu e óleo de gergelim.
Guioza: tipo de dumpling, “bolinho em inglês”, comumente consumido na China e em outras partes da Ásia Oriental. Parece um pastelzinho fino vaporizado e recheado com carne moída de porco e/ou vegetais, servido com molho shoyu e óleo de gergelim. Guioza: tipo de dumpling, “bolinho em inglês”, comumente consumido na China e em outras partes da Ásia Oriental. Parece um pastelzinho fino vaporizado e recheado com carne moída de porco e/ou vegetais, servido com molho shoyu e óleo de gergelim.
Sukiyaki: irmão do famoso Yakisoba, o Sukiyaki, porém, possui um caldo mais espesso. Típico do Japão, pode levar carnes (bovina e/ou suína) fatiadas, verduras, udon (macarrão japonês) e cogumelos (shiitake e shimeji).
Sukiyaki: irmão do famoso Yakisoba, o Sukiyaki, porém, possui um caldo mais espesso. Típico do Japão, pode levar carnes (bovina e/ou suína) fatiadas, verduras, udon (macarrão japonês) e cogumelos (shiitake e shimeji). Sukiyaki: irmão do famoso Yakisoba, o Sukiyaki, porém, possui um caldo mais espesso. Típico do Japão, pode levar carnes (bovina e/ou suína) fatiadas, verduras, udon (macarrão japonês) e cogumelos (shiitake e shimeji).
Lamen na China, “raamen” no Japão: sua origem é chinesa, porém foi integrado à culinária japonesa e hoje há diversas variações no seu preparo. Normalmente, é composto por um tipo de noodle chinês e um caldo forte à base de porco, peixe ou frango. Pode conter algas, ovo mollet, brotos de bambu, cebolinha e naruto (massa de peixe).
Lamen na China, “raamen” no Japão: sua origem é chinesa, porém foi integrado à culinária japonesa e hoje há diversas variações no seu preparo. Normalmente, é composto por um tipo de noodle chinês e um caldo forte à base de porco, peixe ou frango. Pode ... Lamen na China, “raamen” no Japão: sua origem é chinesa, porém foi integrado à culinária japonesa e hoje há diversas variações no seu preparo. Normalmente, é composto por um tipo de noodle chinês e um caldo forte à base de porco, peixe ou frango. Pode conter algas, ovo mollet, brotos de bambu, cebolinha e naruto (massa de peixe).
Curry indiano: a base para este prato é uma mistura de especiarias e ervas batidas em pilão. Famoso na Índia (pasta feita com cominho, canela, gengibre e cardamomo) e Tailândia (ingredientes frescos, como alho, gengibre e raiz de coentro), o curry pode ser incorporado ao iogurte natural ou leite de coco para marinar pedaços de frango, carnes ou peixe.
Curry indiano: a base para este prato é uma mistura de especiarias e ervas batidas em pilão. Famoso na Índia (pasta feita com cominho, canela, gengibre e cardamomo) e Tailândia (ingredientes frescos, como alho, gengibre e raiz de coentro), o curry pode... Curry indiano: a base para este prato é uma mistura de especiarias e ervas batidas em pilão. Famoso na Índia (pasta feita com cominho, canela, gengibre e cardamomo) e Tailândia (ingredientes frescos, como alho, gengibre e raiz de coentro), o curry pode ser incorporado ao iogurte natural ou leite de coco para marinar pedaços de frango, carnes ou peixe.
Pho: este prato representativo da gastronomia vietnamita trata-se de uma espécie de caldo claro, porém de sabor intenso, feito com ossos de boi, rabo de boi, carne, cebola e especiarias. É servido com macarrão de arroz e fatias finas de carne bovina crua, cebola roxa e folhas de louro.
Pho: este prato representativo da gastronomia vietnamita trata-se de uma espécie de caldo claro, porém de sabor intenso, feito com ossos de boi, rabo de boi, carne, cebola e especiarias. É servido com macarrão de arroz e fatias finas de carne bovina cr... Pho: este prato representativo da gastronomia vietnamita trata-se de uma espécie de caldo claro, porém de sabor intenso, feito com ossos de boi, rabo de boi, carne, cebola e especiarias. É servido com macarrão de arroz e fatias finas de carne bovina crua, cebola roxa e folhas de louro.
Bubble tea (“chá bolha”): também conhecido como chá de leite pérola, é uma bebida doce à base de chá, geralmente preto ou verde, clássica de Taiwan. Pode-se encontrá-la com sabores diferentes, porém no fundo do copo sempre há pequenas bolinhas ou pérolas mastigáveis da goma de tapioca (“boba”) provenientes da mandioca.
Bubble tea (“chá bolha”): também conhecido como chá de leite pérola, é uma bebida doce à base de chá, geralmente preto ou verde, clássica de Taiwan. Pode-se encontrá-la com sabores diferentes, porém no fundo do copo sempre há pequenas bolinhas ou pérol... Bubble tea (“chá bolha”): também conhecido como chá de leite pérola, é uma bebida doce à base de chá, geralmente preto ou verde, clássica de Taiwan. Pode-se encontrá-la com sabores diferentes, porém no fundo do copo sempre há pequenas bolinhas ou pérolas mastigáveis da goma de tapioca (“boba”) provenientes da mandioca.
Kimchi: fermentado de acelga ou couve chinesa consumido nas mais variadas refeições diárias nas Coreias do Sul e do Norte. Pode-se comê-lo puro ou adicioná-lo como ingrediente de outras receitas salgadas.
Kimchi: fermentado de acelga ou couve chinesa consumido nas mais variadas refeições diárias nas Coreias do Sul e do Norte. Pode-se comê-lo puro ou adicioná-lo como ingrediente de outras receitas salgadas. Kimchi: fermentado de acelga ou couve chinesa consumido nas mais variadas refeições diárias nas Coreias do Sul e do Norte. Pode-se comê-lo puro ou adicioná-lo como ingrediente de outras receitas salgadas.
Tsuivan: prato originário da Mongólia preparado com massa cozida ao vapor feita à mão, carneiro e vários vegetais (cebolas, pimentões, repolho, cenouras ou batatas). O carneiro pode ser substituído por carne de vaca, camelo e até carne de cavalo.
Tsuivan: prato originário da Mongólia preparado com massa cozida ao vapor feita à mão, carneiro e vários vegetais (cebolas, pimentões, repolho, cenouras ou batatas). O carneiro pode ser substituído por carne de vaca, camelo e até carne de cavalo. Tsuivan: prato originário da Mongólia preparado com massa cozida ao vapor feita à mão, carneiro e vários vegetais (cebolas, pimentões, repolho, cenouras ou batatas). O carneiro pode ser substituído por carne de vaca, camelo e até carne de cavalo.
Laksa: apreciado em Singapura e Malásia, esta receita possui diversas interpretações, mas basicamente consiste em um caldo de peixe ou leite de coco servido com ovo cozido, camarão (às vezes, lagosta, caranguejo, galinha), massa de arroz e folhas-de-laksa, conhecido como coentro-vietnamita.
Laksa: apreciado em Singapura e Malásia, esta receita possui diversas interpretações, mas basicamente consiste em um caldo de peixe ou leite de coco servido com ovo cozido, camarão (às vezes, lagosta, caranguejo, galinha), massa de arroz e folhas-de-la... Laksa: apreciado em Singapura e Malásia, esta receita possui diversas interpretações, mas basicamente consiste em um caldo de peixe ou leite de coco servido com ovo cozido, camarão (às vezes, lagosta, caranguejo, galinha), massa de arroz e folhas-de-laksa, conhecido como coentro-vietnamita.
Apam Balik: na Malásia esta receita é feita a partir da mistura de farinha, ovos, açúcar, bicarbonato de sódio, leite de coco e água. Assemelha-se a uma panqueca grossa cozida recheada com amendoim, açúcar e milho doce.
Apam Balik: na Malásia esta receita é feita a partir da mistura de farinha, ovos, açúcar, bicarbonato de sódio, leite de coco e água. Assemelha-se a uma panqueca grossa cozida recheada com amendoim, açúcar e milho doce. Apam Balik: na Malásia esta receita é feita a partir da mistura de farinha, ovos, açúcar, bicarbonato de sódio, leite de coco e água. Assemelha-se a uma panqueca grossa cozida recheada com amendoim, açúcar e milho doce.
Pad Thai: na Tailândia o prato de massa de arroz frito geralmente é servido como comida de rua. Leva frango, carne de vaca ou tofu, amendoim, ovo mexido e brotos de feijão, entre outros vegetais salteados juntos numa panela wok com um molho agridoce de pasta de tamarindo.
Pad Thai: na Tailândia o prato de massa de arroz frito geralmente é servido como comida de rua. Leva frango, carne de vaca ou tofu, amendoim, ovo mexido e brotos de feijão, entre outros vegetais salteados juntos numa panela wok com um molho agridoce de... Pad Thai: na Tailândia o prato de massa de arroz frito geralmente é servido como comida de rua. Leva frango, carne de vaca ou tofu, amendoim, ovo mexido e brotos de feijão, entre outros vegetais salteados juntos numa panela wok com um molho agridoce de pasta de tamarindo.
Bakso: prato de almôndegas servido na Indonésia. Embora seja comumente preparado com carne moída e farinha de tapioca, também pode ser feito a partir de outros ingredientes, como frango, porco, peixe ou camarão. Sua textura, densa e homogênea devido ao tipo de trituração da carne, é o que difere esta receita de outros pratos de almôndegas.
Bakso: prato de almôndegas servido na Indonésia. Embora seja comumente preparado com carne moída e farinha de tapioca, também pode ser feito a partir de outros ingredientes, como frango, porco, peixe ou camarão. Sua textura, densa e homogênea devido ao... Bakso: prato de almôndegas servido na Indonésia. Embora seja comumente preparado com carne moída e farinha de tapioca, também pode ser feito a partir de outros ingredientes, como frango, porco, peixe ou camarão. Sua textura, densa e homogênea devido ao tipo de trituração da carne, é o que difere esta receita de outros pratos de almôndegas.
Fish Amok (Amok de peixe): conhecida receita do Camboja, trata-se de um peixe cozido com consistência de musse em molho de coco à base de curry servido com arroz. Entre as versões menos tradicionais podem ser encontrados frango, tofu, ou carne de vaca.
Fish Amok (Amok de peixe): conhecida receita do Camboja, trata-se de um peixe cozido com consistência de musse em molho de coco à base de curry servido com arroz. Entre as versões menos tradicionais podem ser encontrados frango, tofu, ou carne de vaca. Fish Amok (Amok de peixe): conhecida receita do Camboja, trata-se de um peixe cozido com consistência de musse em molho de coco à base de curry servido com arroz. Entre as versões menos tradicionais podem ser encontrados frango, tofu, ou carne de vaca.
Kare Kare: é um ensopado filipino apimentado de rabo de touro. Constitui-se por um caldo feito de amendoim com verduras, camarão e pode também levar tripa de boi, carne de cabra, frango ou frutos do mar.
Kare Kare: é um ensopado filipino apimentado de rabo de touro. Constitui-se por um caldo feito de amendoim com verduras, camarão e pode também levar tripa de boi, carne de cabra, frango ou frutos do mar. Kare Kare: é um ensopado filipino apimentado de rabo de touro. Constitui-se por um caldo feito de amendoim com verduras, camarão e pode também levar tripa de boi, carne de cabra, frango ou frutos do mar.
Qabili Palau: iguaria do Afeganistão, variante do arroz pilaf, feita com carne de cordeiro, arroz basmati e uvas-passas. É temperado com especiarias, como cominho, canela e açafrão.
Qabili Palau: iguaria do Afeganistão, variante do arroz pilaf, feita com carne de cordeiro, arroz basmati e uvas-passas. É temperado com especiarias, como cominho, canela e açafrão. Qabili Palau: iguaria do Afeganistão, variante do arroz pilaf, feita com carne de cordeiro, arroz basmati e uvas-passas. É temperado com especiarias, como cominho, canela e açafrão.
Banh Mi: uma espécie de sanduíche feito com baguete do Vietnã abarca diversos recheios, como salsicha de porco, coentro, pepino e cenouras e daikon. Também é possível encontrar variações doces desse sanduíche, no qual o recheio salgado pode ser substituído por sorvete.
Banh Mi: uma espécie de sanduíche feito com baguete do Vietnã abarca diversos recheios, como salsicha de porco, coentro, pepino e cenouras e daikon. Também é possível encontrar variações doces desse sanduíche, no qual o recheio salgado pode ser substit... Banh Mi: uma espécie de sanduíche feito com baguete do Vietnã abarca diversos recheios, como salsicha de porco, coentro, pepino e cenouras e daikon. Também é possível encontrar variações doces desse sanduíche, no qual o recheio salgado pode ser substituído por sorvete.
Gua Bao: comido em Singapura, Malásia, Taiwan e na Chinatown de Nagasaki, trata-se de um pãozinho cozido no vapor e recheado tradicionalmente com barriga de porco coentro e amendoins moídos.
Gua Bao: comido em Singapura, Malásia, Taiwan e na Chinatown de Nagasaki, trata-se de um pãozinho cozido no vapor e recheado tradicionalmente com barriga de porco coentro e amendoins moídos. Gua Bao: comido em Singapura, Malásia, Taiwan e na Chinatown de Nagasaki, trata-se de um pãozinho cozido no vapor e recheado tradicionalmente com barriga de porco coentro e amendoins moídos.
Dolsot bibimbap: conhecido como
Dolsot bibimbap: conhecido como Dolsot bibimbap: conhecido como
Nasi Lemak: prato nacional da Malásia, o nasi é um arroz embalado em uma folha de bananeira e consumido como café da manhã. Os acompanhamentos podem ser frango, pepino, anchovas, amendoim e ovo.
Nasi Lemak: prato nacional da Malásia, o nasi é um arroz embalado em uma folha de bananeira e consumido como café da manhã. Os acompanhamentos podem ser frango, pepino, anchovas, amendoim e ovo. Nasi Lemak: prato nacional da Malásia, o nasi é um arroz embalado em uma folha de bananeira e consumido como café da manhã. Os acompanhamentos podem ser frango, pepino, anchovas, amendoim e ovo.
Som tam: proveniente da região nordeste da Tailândia, som tam é uma salada fria e bastante fresca de mamão verde com especiarias. Apresenta diversas texturas, além de ser também doce e picante, é servida com pimenta, alho, tomate e salpicado com molho de peixe.
Som tam: proveniente da região nordeste da Tailândia, som tam é uma salada fria e bastante fresca de mamão verde com especiarias. Apresenta diversas texturas, além de ser também doce e picante, é servida com pimenta, alho, tomate e salpicado com molho ... Som tam: proveniente da região nordeste da Tailândia, som tam é uma salada fria e bastante fresca de mamão verde com especiarias. Apresenta diversas texturas, além de ser também doce e picante, é servida com pimenta, alho, tomate e salpicado com molho de peixe.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.