Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Viva a Vida
Publicidade

Ursa parda é salva do ‘corredor da morte’ na Itália

Gaia atacou e matou uma mulher. Por isso, poderia ser morta, mas houve protestos

Flipar

Flipar|Do R7


Uma ursa parda apelidada de Gaia foi a 'julgamento' por atacar e matar uma mulher de 26 anos. Ela seria morta, mas, após muita polêmica, a justiça decidiu mantê-la viva.
Uma ursa parda apelidada de Gaia foi a 'julgamento' por atacar e matar uma mulher de 26 anos. Ela seria morta, mas, após muita polêmica, a justiça decidiu mantê-la viva.
Em 5 de abril deste ano, a vítima corria na floresta de Monte Peller, na província de Trento, no norte da Itália.
Em 5 de abril deste ano, a vítima corria na floresta de Monte Peller, na província de Trento, no norte da Itália.
Gaia, também conhecida como JJ4, foi capturada no local onde vivia com seus três filhotes.
Gaia, também conhecida como JJ4, foi capturada no local onde vivia com seus três filhotes.
Os filhotes tinham aparentemente um ano e quatro meses quando ficaram sozinhos na floresta, após a captura da .
Os filhotes tinham aparentemente um ano e quatro meses quando ficaram sozinhos na floresta, após a captura da .
Com a morte da mulher, a ursa poderia ser abatida, mas o judiciário italiano revogou a decisão.
Com a morte da mulher, a ursa poderia ser abatida, mas o judiciário italiano revogou a decisão.
Agora, o animal deve ser mantido em cativeiro para evitar que as pessoas sejam vítimas de novos ataques.
Agora, o animal deve ser mantido em cativeiro para evitar que as pessoas sejam vítimas de novos ataques.
O conselho de estado italiano considerou
O conselho de estado italiano considerou
A LAV, associação que defendeu JJ4 do corredor da morte, pede que ela seja transferida para um refúgio de animais na Romênia.
A LAV, associação que defendeu JJ4 do corredor da morte, pede que ela seja transferida para um refúgio de animais na Romênia.
O conselho de estado da Itália estuda o pedido do grupo, que se ofereceu para transportar o animal.
O conselho de estado da Itália estuda o pedido do grupo, que se ofereceu para transportar o animal.
Maurício Fugatti, prefeito da província de Trento, defendia a ideia de matar a ursa. Mas ele enfrentou uma forte resistência.
Maurício Fugatti, prefeito da província de Trento, defendia a ideia de matar a ursa. Mas ele enfrentou uma forte resistência.
Muitos italianos foram às ruas para protestar cobrando que o animal fosse preservado.
Muitos italianos foram às ruas para protestar cobrando que o animal fosse preservado.
Pesquisas indicaram que 80% do povo italiano estavam do lado da ursa, para que ela continuasse viva.
Pesquisas indicaram que 80% do povo italiano estavam do lado da ursa, para que ela continuasse viva.
No entanto, moradores da região onde Gaia foi capturada sentem medo de novos ataques.
No entanto, moradores da região onde Gaia foi capturada sentem medo de novos ataques.
Gaia é parda. Ursos dessa espécie têm cauda curta e garras afiadas. A coloração da pelagem varia entre branco, dourado e castanho.
Gaia é parda. Ursos dessa espécie têm cauda curta e garras afiadas. A coloração da pelagem varia entre branco, dourado e castanho.
O peso e o tamanho da espécie podem variar conforme a região onde habitam, podendo chegar a três metros e 800 quilos.
O peso e o tamanho da espécie podem variar conforme a região onde habitam, podendo chegar a três metros e 800 quilos.
Originalmente, estes animais estão espalhados pela Sibéria, Alasca, norte do México, Himalaia e norte da África. Porém, como existem várias subespécies (mais de 90) podem ser vistos pelo mundo inteiro.
Originalmente, estes animais estão espalhados pela Sibéria, Alasca, norte do México, Himalaia e norte da África. Porém, como existem várias subespécies (mais de 90) podem ser vistos pelo mundo inteiro.
Ursos pardos podem correr em até 50km/h, nadar e subir em árvores.
Ursos pardos podem correr em até 50km/h, nadar e subir em árvores.
A espécie costuma se alimentar de frutas, larvas, peixes e pequenos roedores.
A espécie costuma se alimentar de frutas, larvas, peixes e pequenos roedores.
Costumam viver solitários e procuram parceiros apenas no momento da reprodução.
Costumam viver solitários e procuram parceiros apenas no momento da reprodução.
Essa espécie quase foi extinta da Itália em 1999. Mas, graças a um projeto, quatro machos e seis fêmeas foram levados para as florestas de Trento para reprodução.
Essa espécie quase foi extinta da Itália em 1999. Mas, graças a um projeto, quatro machos e seis fêmeas foram levados para as florestas de Trento para reprodução.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.