Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Makes & Afins
Publicidade

Colocar o perfume no freezer aumenta a fixação? Especialista tira esta e outras dúvidas

Aprenda sobre composição, notas, durabilidade e a diferença entre os tipos de fragrância para fazer uma escolha certeira

Makes e Afins|Mariana MorelloOpens in new window

Especialista tira estas e outras dúvidas sobre perfumes (Reprodução/Instagram @o.u.i.paris)

Perfumes são o forte candidato para item mais eclético de beleza. São milhares de opções disponíveis para todos os gostos, bolsos e ocasiões. Mas, com tamanha variedade, como saber qual escolher? Entre as características de uma fragrância, duas das mais importantes são: fixação e quais notas combinam com cada momento.

Quando falamos em durabilidade da fragrância, vários elementos precisam ser levados em conta. “Existem certos ingredientes conhecidos por fazer um aroma durar mais na pele porque são notas pesadas”, começa Pierre Aulas, diretor olfativo de O.U.i Paris.

Especiarias como patchouli, baunilha, sândalo e almíscar ou âmbar são frequentemente usados para aumentar sua longevidade, por exemplo. Porém, segundo o especialista, isso é melhor na teoria do que na prática.

“Perfumes são alquimia! Por exemplo, se você tem abundância de almíscares, pode sufocar a fórmula e impedir que o perfume se difunda. Ele permanecerá por muito tempo na pele, mas não terá difusão.” E a difusão é a dispersão das moléculas aromáticas no ar, o que afeta diretamente na percepção do aroma.

Publicidade

“Também é importante notar que a longevidade de uma fragrância também pode depender da química corporal individual e de como o aroma interage com a pele”, explica Aulas.

A fixação de um perfume muda de pessoa para pessoa?

“A durabilidade de um perfume pode variar de pessoa para pessoa devido a diferenças na química da pele, na taxa de transpiração e até mesmo no estilo de vida”, conta Pierre.

Publicidade

O especialista ainda explica que pessoas com pele mais oleosa, por exemplo, tendem a reter o perfume por mais tempo, enquanto aquelas com pele mais seca podem perceber uma fixação mais fraca.

Por isso uma dica valiosa é sempre hidratar bem o corpo antes de aplicar uma fragrância.

Publicidade

A fixação de uma fragrância tem relação com o clima?

Segundo Pierre: Sim, a fixação de uma fragrância pode ser influenciada pelo clima. “Perfumes mais densos e orientais geralmente funcionam melhor em climas mais frios, pois o frio tende a retardar a evaporação dos óleos essenciais, prolongando assim a duração do perfume na pele”, explica.

Por outro lado, o espacialista conta que fragrâncias frescas e cítricas são mais adequadas para climas mais quentes, pois sua volatilidade se harmoniza com o calor, proporcionando uma experiência mais refrescante.

Deixar o frasco no freezer aumenta a fixação do perfume?

Que as redes sociais estão cheias de trends, desafios e dicas de beleza nós já sabemos. No universo perfumeiro, vários usuários começaram a colocar frascos de fragrâncias no freezer dizendo que o truque aumentava a fixação do produto na pele. Mas, será que isso funciona?

Pierre Aulas é direto e reto: não funciona. “O ato de colocar perfume no congelador para aumentar a fixação é mais um mito do que uma prática eficaz. Enquanto o frio pode retardar a evaporação do perfume inicialmente, uma vez aplicado na pele, o calor corporal irá aquecê-lo e fazer com que ele evapore normalmente”.

O especialista ainda alerta que temperaturas extremas podem alterar a composição do perfume e até mesmo danificar o frasco.

Qual é a diferença entre eau de parfum e eau de toilette?

A diferença entre eau de parfum e eau de toilette está principalmente na concentração de óleos essenciais. O eau de parfum geralmente tem quantidade entre 15% a 20%, enquanto a dos eau de toilette fica entre 5% e 15%.

Isso implica não apenas a intensidade do perfume, mas também sua fixação na pele.

Quais notas combinam com cada estação do ano?

Pierre conta que fragrâncias florais leves são populares na primavera, enquanto perfumes mais quentes e amadeirados são preferidos no outono e inverno. No verão, fragrâncias frescas e cítricas são mais adequadas devido ao clima mais quente.

‘No entanto, essas são apenas diretrizes gerais e a escolha do perfume é altamente pessoal e subjetiva’, finaliza.

Os textos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião do Grupo Record.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.