Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Virou polêmica: make gringa é melhor que maquiagem nacional?

Assunto se tornou um dos mais comentados nas redes sociais; descubra a resposta abaixo

Makes e Afins|Mariana Morello, do R7 e Mariana Morello

Bruna Tavares é conhecida por antecipar tendências gringas
Bruna Tavares é conhecida por antecipar tendências gringas Bruna Tavares é conhecida por antecipar tendências gringas (Reprodução/Instagram @linhabrunatavares)

Após o post de uma internauta causar uma comoção digital, a pauta "make gringa versus maquiagem nacional" viralizou. E já vou começar indo direto ao ponto. A resposta para o questionamento é: depende. Seria muito fácil chegar aqui e falar que os produtos estrangeiros não são melhores, simplesmente exaltando as marcas nacionais. Porém, precisamos ser justos.

Antes que se crie outra polêmica, já vou avisar que, apesar de não afirmar categoricamente que as makes produzidas aqui no Brasil são melhores, também não estou dizendo que são piores. Longe disso, inclusive. Mas, vamos mais a fundo nesta discussão.

Um dos argumentos mais usados na hora de defender as marcas gringas é que existem muitas tecnologias e maquinários usados na produção de cosméticos que não são encontrados em território nacional. Porém, marcas nascidas e criadas aqui no Brasil, como a Linha Bruna Tavares e Mari Maria MakeUp, tanto usam matérias-primas importadas, como importam produtos prontos de outros lugares do mundo.

Mari Maria MakeUp esteve envolvida em uma polêmica em 2023 quando um de seus pincéis — desenvolvido fora do Brasil e lançado em 2018 — começou a ser vendido nos Estados Unidos pela marca da Kylie Jenner. Bruna Tavares também usa fornecedores gringos e é conhecida por antecipar tendências internacionais e comercializar produtos excelentes e inovadores.

Publicidade

Isso só mostra que as cabeças por trás de grandes marcas nacionais estão pensando à frente do seu tempo e fazendo até as gigantes estrangeiras comerem poeira, tudo isso com produtos bem mais acessíveis para o nosso bolso. Portanto, não se enganem pensando que o mais caro é melhor.

O produto de marcas gringas chega com valor mais alto aqui no Brasil pela diferença na cotação da moeda e pela inclusão de taxas, não só pelo uso de ingredientes ou técnicas supostamente melhores só encontrados em terras estrangeiras.

Publicidade

Além disso, no Brasil possuímos matérias-primas exclusivas riquíssimas e tecnologias desenvolvidas especialmente para as necessidades da brasileira, levando em conta características como clima, tipo de pele e hábitos, por exemplo.

Porém, mesmo com argumento e justificativas, tudo depende. Veja bem, cada pele é uma, e cada rotina é única. Posso me dar super bem usando um creme importado de R$ 600, enquanto uma amiga pode apresentar uma reação ruim e se adaptar melhor com uma versão nacional de R$ 60.

Publicidade

Por isso, a minha dica é sempre pesquisar antes de tomar uma decisão, seja ela de fazer um investimento em algo caro ou gastar pouco em outra opção mais em conta. Leia sobre, veja resenhas com produtores de conteúdo confiáveis e que são parecidos com você, tire dúvidas com profissionais, procure saber um pouco mais sobre os ingredientes e o que eles causam na pele. Conhecimento faz falta, mas nunca é demais.

Dito (tudo) isso, segue uma lista de marcas nacionais com produtos excelentes, liberados pela Anvisa e, muitos deles, veganos, livres de crueldade animal que foram testados e aprovados pela pessoa que vos fala:

- Linha Bruna Tavares

- Mari Maria MakeUp

- Vizzela

- Mahav

- Dailus

- Karen Bachini Beauty

- Oceáne

- Alchemia

- Contém1g

- Melu

- Negra Rosa

- Eudora

- Dalla MakeUp

- Bauny Cosméticos

- Hero Beauté

- Simple Organic

- Natura

- Nem Só de Blush Beauty

- Vic Beauté

- BM Beauty

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.