Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Carnaval 2017 escapa do fracasso e marca a valorização do samba

Escolas tradicionais do Rio de Janeiro e de São Paulo sagraram-se campeãs

Entretenimento|Thiago Calil, do R7


A Portela foi a campeã do Carnaval após 33 anos de espera
A Portela foi a campeã do Carnaval após 33 anos de espera

A expectativa para o Carnaval 2017 não era das melhores. A crise econômica acertou em cheio as escolas de samba, os patrocinadores foram sumindo, os repasses de verba e direito de imagem minguaram, o valor disponível para os foliões investirem também foi escasso. Mas, apesar de inúmeros acidentes trágicos na Sapucaí, o samba soou mais alto.

A vitória da Portela no Carnaval carioca colocou fim a um jejum de 33 anos sem título da águia altaneira. Mais tarde foi a vez da Império Serrano aumentar ainda mais a festa de Madureira e comemorar o retorno ao grupo especial após oito anos. 

Para quem não acompanha a fundo o assunto, a Portela, com 93 anos, é simplesmente uma das fundadoras do Carnaval carioca. É também a detentora da maior quantidade de títulos, com 22 campeonatos (contando com 2017).

A disputa foi nota a nota com a Mocidade Independente de Padre Miguel, outra agremiação com história gigante, que sofreu com uma forte crise administrativa e quase abandonou o Especial por conta disso. Há muito tempo a verde e branco não tinha reais condições de uma vitória.

Publicidade
A Acadêmicos do Tatuapé levou o título inédito em São Paulo
A Acadêmicos do Tatuapé levou o título inédito em São Paulo

Na mesa da Portela na Sapucaí, Tia Surica chegou a passar mal quando o título foi confirmado. É um dos baluartes do samba brasileiro, uma das mais ilustres integrantes da Águia.

Já a Império Serrano também não é nenhuma garotinha. São 69 anos de história, marcadas por sambas consagrados até fora do mundo carnavalesco. O último campeonato foi há exatos 25 anos: Bum-bum Paticumbum Prugurundum, assinado por Rosa Magalhães.

Publicidade
Império Serrano voltou ao Grupo Especial
Império Serrano voltou ao Grupo Especial

Em São Paulo, a Acadêmicos do Tatuapé levou um título inédito em 64 anos de escola — sim, é uma das mais antigas da capital paulista, apesar de soar “desconhecida” para muitos. A agremiação chegou a suspender as atividades no fim da década de 80 e, desde 1990, vem trabalhando para chegar no resultado que acaba de conseguir. 

No acesso paulistano, a X-9, outra gigante da elite da Terra da Garoa, comemorou o retorno ao grupo especial.

Em vez de fracasso, o resultado do Carnaval 2017 é uma vitória do samba brasileiro. A árvore só vai para frente se mantiver sua raiz forte. E o que aconteceu neste ano foi uma boa dose de adubo para uma das mais importantes marcas da nossa cultura.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.