Carnaval 2020 Rainha da Viradouro lamenta incêndio no barracão da escola

Rainha da Viradouro lamenta incêndio no barracão da escola

'Das cinzas retornaremos muito mais fortes', declarou Raissa Machado; fogo atingiu parte do barracão da agremiação na manhã desta quinta-feira (30)

  • Carnaval 2020 | Do R7

Raissa prestou homenagem para escola

Raissa prestou homenagem para escola

Reprodução/Instagram

Um incêndio atingiu o barracão da Unidos do Viradouro, localizado na Cidade do Samba na Zona Portuária do Rio de Janeiro, na manhã desta quinta-feira (30).

A agremiação se pronunciou sobre o ocorrido e confirmou que não há vítimas.

"Alguns poucos funcionários que entravam para organizar as fantasias do carnaval passado e buscar tecidos para a confecção de máscaras que a escola vem doando (por conta da pandemia, desde o início de abril), perceberam que havia fogo em uma das alegorias. Tentaram apagar e acionaram imediatamente o Corpo de Bombeiros, que controlou o incêndio rapidamente", diz parte da nota publicada no perfil oficial da Viradouro.

Ainda de acordo com o comunicado, a escola aguarda a liberação do local pelos bombeiros para poder contabilizar os prejuízos.

Raissa Machado, rainha de bateria da Viradouro, lamentou o incêndio.

"É muito triste acordar com uma notícia dessas, em meia a tantas outras tristezas que já estamos vivendo com toda essa pandemia do novo coronavírus. Ainda não foi possível ter uma noção do prejuízo, mas acalenta o coração saber que não tivemos feridos", desabafou a rainha, que enalteceu a força da comunidade.

"Somos fortes, perseverantes e muito unidos. Já vivenciamos o fogo e não caímos. Somos guerreiros, já superamos muitas coisas e não desistimos nunca. Somos um chão forte que não foge à luta e podemos correr atrás dos prejuízos materiais. Das cinzas retornaremos muito mais fortes"

Raissa recebeu apoio de amigos e fãs nas redes sociais. A cantora Lexa, que desfilou à frente dos ritmistas da Unidos da Tijuca em 2020, se solidarizou com a rainha e também com toda a escola.

Leia o comunicado na íntegra

Últimas