Logo R7.com
Logo do PlayPlus
Publicidade

Casa impressa em 3D: a primeira casa construída com essa técnica já começou a ser fabricada

Construir casas usando a tecnologia 3D parece ser uma moda que veio para ficar, com cada vez mais empreendimentos imobiliários usando essa técnica para construir desde maquetes até casas completas.

Cartão de Visita|

Construir casas usando a tecnologia 3D parece ser uma moda que veio para ficar, com cada vez mais empreendimentos imobiliários usando essa técnica para construir desde maquetes até casas completas.

Cartão de Visita - Entretenimento
Cartão de Visita - Entretenimento Cartão de Visita - Entretenimento

Um dos projetos mais ambiciosos do gênero nos últimos tempos é realizado pelo estúdio de design americano Hannah, que começou a trabalhar na primeira estrutura impressa em 3D de vários andares a ser concluída nos Estados Unidos.

Chamado de House of Cores, o edifício é uma estrutura híbrida construída com um design de planta baixa robusto e construído inteiramente de concreto impresso em 3D combinado com estrutura de madeira. A casa, que foi projetada como uma casa unifamiliar de vários andares, tem 371 metros quadrados de área útil.

Conforme descrito pelo estudo, o projeto da casa é baseado em uma “série de núcleos impressos que contêm espaços funcionais e escadas”. Esses espaços serão conectados por estruturas de madeira para completar o todo com uma abordagem única.

Publicidade

O projeto mostra as possibilidades da tecnologia de impressão 3D, personalização em massa e soluções de design que integram métodos convencionais de construção”, disse Hannah.

O objetivo desta construção é aumentar a aplicabilidade desta tecnologia nos EUA, e os projetistas esperam que o conceito seja aplicado a mais construções multifamiliares e de uso misto no futuro.

Publicidade

Hannah trabalhou em conjunto com a empresa de construção 3D PERI 3D Construction, com sede na Alemanha, bem como com a empresa de engenharia CIVE para projetar a casa, usando uma impressora pórtico COBOD BOD2 e concreto imprimível para a construção.

O projeto procura não só satisfazer as necessidades dos proprietários, mas também simplificar a integração do sistema construtivo. A estrutura levará 220 horas para ser impressa, disse Hannah, e o estúdio moverá a impressora para três locais separados durante o processo para acomodar o site linear.

Publicidade

A tendência das casas impressas em 3D

O desenvolvimento de casas impressas em 3D tornou-se cada vez mais comum nos últimos anos. A primeira casa desse tipo fica na Bélgica e levou apenas 15 dias para ser construída. Tem 90 metros quadrados, dois andares e foi construída em uma única peça de concreto.

O projeto inovador, desenvolvido pela empresa Kamp C, foi realizado com a maior impressora da Europa. Localizado no terreno do Kamp C em Westerlo, foi construído no âmbito de um projeto europeu com o apoio do FEDER (Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional).

A principal característica deste tipo de tecnologia é permitir a criação de estruturas orgânicas e fluidas, mais adaptadas à natureza. Surpreendentemente, essas casas são três vezes mais resistentes do que uma construída com blocos de cimento pré-moldados. Enquanto isso, o sistema de fabricação permitiu economizar 60% de material, tempo e dinheiro.

Se essa técnica construtiva for incorporada no futuro, uma casa poderá ser impressa em apenas três semanas. Embora atualmente os custos de execução sejam altos, espera-se que com o tempo seja mais acessível que a construção tradicional, pois pode gerar economia em mão de obra e transporte de material.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.