Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

ELO STUDIOS promove sessões sociais do filme "O Anel de Eva", em São Paulo

Produzido pela Latitude Filmes e estrelado por Suzana Pires e Odilon Wagner, longa será exibido no Circuito SPCine para mulheres do...

Cartão de Visita|Do R7


Produzido pela Latitude Filmes e estrelado por Suzana Pires e Odilon Wagner, longa será exibido no Circuito SPCine para mulheres do Instituto Dona de Si e para alunos da rede pública de ensino

Cartaz de "O Anel de Eva"

A ELO STUDIOS, distribuidora do longa-metragem mato-grossense "O Anel de Eva", irá promover sessões sociais no Circuito SPCine, em São Paulo, nos dias 27 e 28 de junho. No dia 27, a sessão será oferecida a alunos das escolas da rede pública de São Paulo às 15h, no Centro Cultural São Paulo (CCSP).

Já no dia 28, também no CCSP, o filme será exibido às 17h20 para as mulheres que integram o Instituto Dona de Si, criado pela atriz Suzana Pires, protagonista do filme, com o objetivo de acelerar e fomentar talentos femininos na economia criativa.

No longa, que estreou nos cinemas em 13 de junho, Eva Vogler (Suzana Pires) é surpreendida após a morte de seu pai ao receber um anel nazista com a inscrição "Eva, 1945", acompanhado de um bilhete: “abra-o somente se achar necessário”. Todas as certezas de Eva são postas em xeque quando sua investigação a conduz a uma propriedade arruinada, a Fazenda do Alpendre, onde a figura do velho alemão Martin Hirsch (Odilon Wagner) traz respostas e perigo para sua jornada.

O filme é dirigido por Duflair Barradas, produzido pela Latitude Filmes e conta com roteiro de Eduardo Ribeiro e Pedro Reinato. A produção foi filmada em diversas locações na Grande Cuiabá e em Cáceres, mesclando os gêneros de thriller e drama.

O elenco também conta com nomes como Laize Câmara, Sandro Lucose, Regina Sampaio, Lis Luciddi, Luciano Bortoluzzi, Rafael Golombek e Amauri Tangará.

A distribuição deste filme tem o apoio do Governo do Estado de São Paulo, da Secretaria da Cultura, Economia e Indústria Criativas, do Governo Federal, do Ministério da Cultura e da Lei Paulo Gustavo.

Serviço:

Centro Cultural de São Paulo - Rua Vergueiro, 1000 - Liberdade

Data e horário: 27 de junho, às 15h, e 28 de junho, às 17h20.

Sobre Latitude Filmes

A Latitude Filmes é uma empresa de produção audiovisual sediada no centro-oeste do país, atuando há mais de 17 anos no mercado. Especializada na criação de cinema, conteúdo para TV, Internet e VOD, além de produtos autorais e de arte, a Latitude tem se destacado pela qualidade narrativa e técnica de suas obras em diversos gêneros. Com um núcleo de projetos originais, a empresa já desenvolveu propostas notáveis, incluindo o longa-metragem "O Anel de Eva" e a série de TV "Mulheres", além de estar em preparação para os filmes "Coroa Branca" e "Religare", programados para filmagens em 2024 e 2025, respectivamente.

Além de suas produções, a Latitude estabeleceu-se como a principal locadora de equipamentos na região, suprindo uma necessidade anteriormente não atendida. A empresa tem como valores a inovação, responsabilidade com o mercado, parceiros e prestadores de serviços, além da diversificação de conteúdos, gêneros e mercados. A Latitude busca constantemente elevar o resultado final de suas produções, transformando ideias em realidade através de um compromisso com a excelência.

Sobre ELO STUDIOS

A ELO STUDIOS desenvolve, produz, e distribui conteúdos audiovisuais que representam a diversidade do público brasileiro e que buscam entreter e impactar positivamente a audiência. Focada em conectar ideias, criadores e talentos, a ELO STUDIOS possui produções originais como "Desafio Impossível” (Disney+), “Trace Trends” (Globoplay), “You are not a soldier” (HBO Max, Hot Docs 2021, “Brasil de Imigrantes”, “A Verdade da Mentira” (History Channel) e “Contar para Viver” (Unesco).

Possui mais de dez projetos em diversas fases de desenvolvimento e produção como o longa-metragem “Caindo na Real”, com roteiro de Bia Crespo e direção de André Pellenz (Minha Mãe é uma Peça); “Donas do Negócio” sobre empreendedorismo feminino; a animação Lupi e Baduki com Flamma, Birdo e Warner, e “Avenida Beira-mar”, coprodução com a Viralata e parceria com Telecine, vencedor do Prêmio Frapa e selecionado para o Produire au Sud, na França.

Desde 2005, a ELO STUDIOS distribuiu mais de 500 títulos de todas as regiões do Brasil, exibidos em mais de 100 países e premiados internacionalmente, como “O Menino e o Mundo” indicado ao Oscar. De seu catálogo, mais de 100 longas metragens foram exibidos em cinemas no Brasil como "Medida Provisória", de Lázaro Ramos - filme nacional mais assistido em 2022. Em 2024-2025 serão lançados mais de 20 filmes inéditos como “Viva a vida”, “Saideira”, “De repente, miss!”, “Madame Durocher”, “Caindo na real”, “Saudosa Maloca” e “Avenida Beira-mar”.

A ELO STUDIOS tem como valores a inovação artística e nos modelos de negócio, sempre buscando parcerias dentro e fora da cadeia do audiovisual. Também se destaca pela diversidade de modelos de negócio e financiamento que inclui institutos sociais, Funcine, pré-vendas, verbas de marcas, além dos recursos diretos da Lei do Audiovisual e editais. Para os próximos anos, a Elo produzirá cerca de 50 projetos, de diferentes gêneros e formatos, resultado de sua curadoria e conexão com diversos talentos e parceiros. 

Liderada por Sabrina Nudeliman Wagon e com uma equipe majoritariamente feminina desde a fundação, a ELO é responsável por iniciativas que valorizam a pluralidade de histórias na frente e atrás das telas. O SELO ELAS potencializa filmes brasileiros dirigidos por mulheres há sete anos - tendo atendido a mais de 40 diretoras.

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.