Logo R7.com
Logo do PlayPlus
R7 Entretenimento – Música, famosos, TV, cinema, séries e mais
Publicidade

Espetáculo infantil de palhaçaria O Violinista Mosca Morta desembarca em São Paulo pela primeira vez

Com direção de Mafá Nogueira e atuação de Pedro Caroca, o trabalho ainda circula por Brasília, João Pessoa e Salvador

Cartão de Visita|Do R7

Com direção de Mafá Nogueira e atuação de Pedro Caroca, o trabalho ainda circula por Brasília, João Pessoa e Salvador 

Com recursos do Fundo de Apoio à Cultura da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal, o espetáculo O Violinista Mosca Morta circulará gratuitamente por quatro cidades brasileiras – São Paulo (SP), Brasília (DF), João Pessoa (PB) e Salvador (BA) ainda em 2024. A turnê em São Paulo, com quatro apresentações no Espaço Sobrevento, acontecerá nos dias 15 e 16 de junho, às 11h e às 16h.

Em cena, o palhaço Seu Cocó, interpretado por Pedro Caroca, se esforça ao máximo para deixar tudo perfeito para seu concerto de violino, no entanto uma mosca inconveniente e seu mau jeito em manipular os elementos de seu ofício de músico colaboram para o fracasso de sua performance.

Trava-se então uma luta entre o palhaço, a mosca e sua personalidade, do começo ao fim. E mesmo abalado, ele não desiste e segue até o último compasso, a última nota, o último zumbido.  No final, palhaço e plateia descobrem a verdadeira intenção do inseto.

Publicidade

Além de zombar de si mesmo, o ator brinca com a figura do músico concertista, tipicamente sério, virtuoso e concentrado. Aqui a postura, a afinação, a elegância e a erudição dos grandes violinistas são satirizadas para expor a fragilidade e humanidade do instrumentista.

O Violinista Mosca Morta ainda suscita reflexões sobre como as manias cotidianas, muitas vezes confundidas com o Transtorno Obsessivo Compulsivo (e vice-versa), podem atrapalhar a rotina das pessoas, ou simplesmente o quanto nos boicotamos e perdemos tempo querendo que algo seja perfeito, dentro do nosso controle, quando isso não é possível, por fugir de nossa governabilidade. E deixamos de ser surpreendidos pelo acaso!

Publicidade

Com direção de Mafá Nogueira, o espetáculo nasceu de uma oficina de criação de números com José Regino e estreou em 2019. Desde então já realizou dezenas de apresentações em teatros, escolas, festivais presenciais e online no Distrito Federal, Goiás, Paraíba, São Paulo, Ceará, Minas Gerais, Colômbia e Haiti. E com este projeto de circulação será a primeira vez da obra nas capitais paulista, paraibana e baiana.

Em cada cidade, será oferecida uma sessão acessível para pessoas cegas e surdas por meio de audiodescrição e interpretação em Libras. E em São Paulo, João Pessoa e Salvador, haverá um bate-papo com artistas ou grupos locais que desenvolvam trabalhos com a linguagem da palhaçaria, para troca de saberes e fazeres.

Publicidade

Ficha Técnica

Coordenação Geral e Atuação: Pedro Caroca

Coordenação de Produção e operação de som: Julie Wetzel

Gestão Financeira: Marino Alves 

Assistência de produção: Valéria Schmidt 

Produção local: Nascedouro Gestão Cultural

Direção do espetáculo: Mafá Nogueira 

Iluminação: Jullya Graciela

Efeitos sonoros: Mateus Ferrari

Maquiagem e figurino: José Regino e Pedro Caroca

Arte Gráfica: Nara Oliveira 

Fotografia: Matheus Alves

Assessoria de Imprensa: Pombo Correio

Intérprete de Libras: Fabiano Campos

Audiodescrição: Rosa Matsushita

Sinopse

O palhaço Seu Cocó se esforça ao máximo para deixar tudo perfeito para seu concerto de violino, no entanto uma mosca inconveniente e seu mau jeito em manipular os elementos de seu ofício de músico colaboram para o fracasso da performance.

Serviço

O Violinista Mosca Morta, de Pedro Caroca

Quando: 15 e 16 de junho de 2024, no sábado e domingo, às 11h e às 16h

Espaço Sobrevento – Rua Coronel Albino Bairão, 42, Belenzinho (Metrô Bresser-Moóca)

Ingressos: Entrada gratuita (retirada de ingressos pelo Sympla)

Reserva de ingressos em https://www.sympla.com.br/o-violinista-mosca-morta--sao-paulo__2442853

Acessibilidade: Dia 16 às 11h terá interpretação em libras e às 16h terá audiodescrição

Classificação: Livre

Duração: 40 minutos

Últimas

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com oAviso de Privacidade.